26 de abril de 2012

Moving and Handling


Além das palestras que falei que temos que frequentar, sobre o que fazer em casa de incêndio, eDN (software do hospital), TM (software do meu departamento), suporte básico de vida, etc. Frequentamos também uma formação obrigatória no hospital, chamada: moving and handling. Que é uma formação só sobre transferências de doentes, desde cama para cama, de cama para cadeirão, cadeirão para a posição de pé e cama para a posição de pé. Não vos vou chatear com os detalhes aborrecidos mas, resumindo, aqui têm máquinas para mover os doentes e nós somos obrigados a usá-las pois o Sistema Nacional de Saúde (denominado de NHS) daqui não paga por lesões de coluna aos enfermeiros ou a qualquer profissional de saúde pois isso indica que são utilizadas posturas erradas, coisa que não devemos fazer pois temos aquela formação específica. No entanto, só vos digo que se uma das máquinas apresentadas a nós, que é utilizada para mover o doente que está sentado (tanto na cama como no cadeirão), fosse levada para Portugal, aquilo passaria a ser o Santo Graal. Acreditem! Era isso e um simples pano, que era miraculoso no posicionamento na cama! 

Daí, pelo facto de não pagarem pelas lesões de coluna, a formação foi sempre levada de modo a instrutora nos corrigisse, na prática, as más posturas, além de dar sempre dicas para salvaguardarmos as nossas costinhas. No entanto, o que me chocou não foi o facto de não pagarem pelas lesões ou por nunca podermos posicionar um doente sozinhos ou sermos obrigados a usar os utensílios… O que verdadeiramente me chocou foi uma coisa que a instrutora fez questão de dizer e sublinhar para a gente meter bem na nossa cabeça: se por acaso um doente tropeça ou qualquer coisa do género e vai cair, é deixá-lo cair, nunca na vida ir socorrer e amparar a queda ou ajudar seja como for pois iremos fazer mais mal que bem. Parece desumano e chocou-me mas pela explicação da instrutora, aquilo que ela dizia, fazia sentido tanto para o nosso bem como para o bem do doente, mas mesmo assim, chocou-me.

Por isso, não se admirem se por acaso caírem à minha frente e eu não mexer para vos ajudar ou amparar... Let it fall, let it fall, let it fall! LoL.

9 comentários:

Bernardo disse...

ai vida :)

Nokas disse...

Isso soa tão mal...

LOL aos 40 disse...

OH não...

é melhor não contar com a ajuda da mão ... «upa»!
; )
bjs
Fica bem

Denise disse...

É mesmo estranho. Olha que eu uma vez desmaiei numa sala cheia de gente e caí por cima de um homem, que me amparou. Se ele não estivesse ali, eu podia ter-me estatelado no chão e ficar magoada a sério.

Por isso é que achei muito estranho o que escreveste.

bjinho

*Nightwish* disse...

Logo eu que passo a vida a tropeçar... Já não te curto pah! xD
Bjs*

Lilá(s) disse...

Perdi o endereço do teu blogue, vim agora tropeçar nele...ups...não caí...
Bjs

Morning Sun disse...

Se tudo seguir em frente irei para França...
Um beijo.

Ana Ferreira disse...

aqui também tive essa formação exactamente nos mesmos moldes! e adorei esse lençol! mas depois desiludi-me quando percebi que eles não usam as ajudas que têm ao seu dispor a menos que a pessoa seja mesmo muito pesada! e essa de não ajudar a cair..também me ensinaram ;)

enfermeirouk disse...

Com que então a menina anda copiar o meu blog!? "Comigo foi assim", onde constam paragrafos idênticos aos meus? Que é da originalidade Corina? Sinto-me violado! Sinto que os meus direitos de autor foram atropelados lol Ao menos mete o meu nome na bibliografia lol Ai ai Corina!