28 de julho de 2012

Night and UK


Uma das coisas que mais me marcou foi mesmo sair à noite no UK, não pelo preço das bebidas em si ou por não haver um café aberto para estar com os amigos mas pela indumentária maioritariamente das inglesas. Por alguma razão quando compramos um vestido, entre nós portuguesas quando queremos dizer que o vestido é muito curto e que mais vale usá-lo como túnica ou camisola, dizemos que é um vestido à inglesa. 
Depois não é só isso! Houve uma vez que tive a infelicidade de ver uma moça com um vestido giro mas demasiado curto para o seu bem, a subir umas escadas e deparar que a menina não trazia cuecas. Além disso, nas discotecas está sempre uma rapariga de sutiã e cuecas a vender shots.
Não é que se vistam mal ou que haja muito azeite mas é só a questão que a maior parte dos vestidos são demasiado curtos... Quanto aos homens ingleses, o Mais-que-Tudo diz que se vestem de uma maneira pouco máscula. Eu até concordo porque algumas calças devem apertar-lhes o cérebro, definitivamente.

26 de julho de 2012

O caldeirão de culturas


Quando nos perguntavam se estávamos preparados para ir para o UK, seria normal mencionarem um diferente Sistema Nacional de Saúde, diferente hierarquia profissional, diferente modo de trabalhar, diferentes responsabilidades... O que eu nunca achei muito normal foi o facto de estarem sempre com paninhos quentes quando nos questionavam se estávamos preparados para a multiculturalidade. Tanto como turistas como pessoas a trabalhar.
Só para terem uma noção, eu numa só semana trabalhei com um médico de nacionalidade diferente, num dia foi britânico, noutro foi brasileiro, noutro foi coreano, noutro foi cipriota, noutro foi alemão, noutro foi indiano, noutro foi grego... E isto só nos médicos, quanto aos meus colegas enfermeiros e auxiliares, também há várias nacionalidades: filipinos, chineses, sul-africanos, irlandeses, ingleses, americanos, jamaicanos, nigerianos, etc.
Pessoalmente, acho isto fantástico, adoro a multiculturalidade! Aprendi imenso sobre as diferentes culturas que me rodeiam, não só a britânica (que supostamente é a oficial) e não só saber dizer asneiras em diversas línguas, LoL.

24 de julho de 2012

Tocha Olímpica





Quando regressei de Portugal da última vez que lá fui para festejar o meu aniversário, nesse mesmo dia estava a passar a tocha olímpica pela cidade. Só aí soube que numa outra cidade tentaram roubar a tocha... 
A minha pergunta é: porque raios é que se tenta roubar a tocha olímpica?  Sim, eu digo "tentar" porque com aquela segurança toda, ele esperava conseguir? LoL

22 de julho de 2012

24


Ainda não tinha tido a oportunidade de fazer um post alusivo o meu aniversário em Portugal. Para ser sincera este aniversário tinha tudo para não ser nada de especial e deprimente... O Mais-que-Tudo estava a trabalhar pois não tinha conseguido férias para essa altura, logo não ia comigo para Portugal, isto é, em 8 anos de namoro ia ser a primeira vez que ele não ia estar comigo para festejar o meu aniversário! Porém, apesar de estar um bocadinho triste por ele não estar comigo neste dia especial, os meus amigos fizeram o favor de fazer todas as palhaçadas e mais algumas para me fazer sorrir. Eu não consigo mesmo reproduzir em palavras a falta que vocês me fazem porque ninguém substitui ninguém e eu adoro o meu Gang do Farol
Só tenho a dizer: obrigada, meus amores e cá vos espero no UK para uma visitinha, eheheheh. apesar de algumas pessoas não estarem na foto, não quer dizer que eu me tenha esquecido delas, obrigada também a vocês!

P.S. - Bem sei que o blog tem andado assim meio paradito e nem tenho conseguido visitar os vossos cantinhos como deve ser, agora como as coisas estão mais calminhas a ver se se retoma o tempo perdido.

20 de julho de 2012

Shout!


(shout shout) 
Let it all out
These are the things I can do without
(come on)
I'm talking to you
(so come on)

In violent times...
You shouldn't have to sell your soul
In black and white...
They really really ought to know
(just don't know)
Those one-trick minds...
Who took you for a working whore
Kiss them goodbye...
You shouldn't have to jump for joy
(jump jump jump jump jump)

You shouldn't have to (shout) for joy(shout)

They give you life...
and in return you gave them hell
As cold as ice(no bitch your ice ice baby)
I hope we live to tell the tale
I hope we live to (shout) the tale(shout)

Will you never shout
I feel as though you're never gonna let it all out
Will you never shout?
I feel as though I know 
you're never gonna let it all out
will you never shout?
 
I feel as though I know you're never gonna let it
And when you've taken down your guard...
If I could change your mind...
I'd really love to break your heart
(break break break break break)

I'd really love to (shout) your heart(shout)

I'd really love to 
(shout shout)

Come on let me shout shout let me
Come on let me shout shout
Come on let me shout shout let me
Come on let me shout shout



Nota: já não ouvia esta cover há algum tempo, alguém ainda se lembra disto? LoL.

18 de julho de 2012

A pedido de alguns súbditos mais preocupados...


...tenho a dizer que a casa estava de pé e até relativamente limpinha! O Mais-que-Tudo até se esmerou, eheheh (e comeu a comidinha toda que eu lhe deixei, LoL).

17 de julho de 2012

And I'm back...


Bem, estou de volta ao nosso ninho e tão cedo, em princípio, não voltarei a Portugal mas espero que pelo menos Portugal venha até mim! Eheheheh. Agora, desculpem lá mas vou ver se a casa ainda está em pé porque homem sozinho em casa, não sei não... LoL

14 de julho de 2012

Let's celebrate!


Your birthday is a special time 
to celebrate the gift of 'you' to the world.


13 de julho de 2012

Friday 13


Não sei porquê mas adoro sexta-feiras 13! Acho que são dias que dão imensa sorte e até calha bem... LoL
Pena não conseguir ir à festança em Montalegre, isso é que era! Para quem puder ir, aconselho vivamente. É simplesmente a melhor festa de sempre, com a melhor temática! Eheheh.

8 de julho de 2012

Betadine, se faz favor...


Há dias magoei-me na unha do meu rico dedinho (vá, abri-a ao meio mesmo) e como nem sequer tinha pensos rápidos, lá fui eu a uma farmácia comprar uns pensos e betadine.
O primeiro pensamento que me assaltou foi: há betadine no UK? Há, até porque eu o utilizo no serviço. Ok... Então como eu não estava a ver frascos de betadine em lado nenhum, pedi lá à menina para me arranjar um. Ela muito simpática lá me trouxe um frasco de spray de iodopovidona e eu muito parvinha, pergunto: "Não tem em líquido?"
A rapariga muito parva a olhar para mim, diz meio incrédula: "Não vendemos betadine líquido há anos... Só temos spray!"

Isto há com cada uma... LoL

4 de julho de 2012

Arranjar casa no UK


Quando estava ainda à procura de casa, que no UK é relativamente fácil de fazer pois têm sites que servem como motores de busca para encontrar casa (tanto para alugar como para comprar) através de diferentes agências imobiliárias. Comigo e com o meu grupo foi assim mesmo, escolhemos umas determinadas casas que queríamos ver, fomos às agências ou enviámos email para combinar uma visita à casa e depois víamos efectivamente as casas para depois escolhermos a melhor. Em termos de agência, eu e o meu namorado ficámos muito bem servidos pois trataramnos de tudo, foram extremamente transparentes e tiveram sempre em conta que vínhamos de outro país com dinheiro limitado. Demorou 2 semanas, desde o “sim” à casa a termos as chaves da mesma, pois era preciso fazerem uma verificação de registo criminal, verificação do nosso contrato de trabalho, verificação das nossas referências para aluguer (sim, também tivemos que dar referências para a nossa casa, se bem que a minha manager já estava sensibilizada para o facto e mostrou-se logo no início disponível para ser minha referência e dos meus colegas de serviço) e receber a aprovação dos senhorios.
Convém terem em conta de que irão gastar bastante dinheiro nos primeiros tempos, pois é necessário pagar sinal e em alguns casos pagar a renda daquele mês, que se alugarem uma casa sem mobília, além do council tax, contas da luz, água e gás, é tudo a acrescentar. O que é um grande arrombo nas já tão frágeis finanças de um recém-empregado!

2 de julho de 2012

Crunchie


Epá, vocês não têm noção mas eu agora já não consigo olhar para o chocolate Crunchie da mesma forma! É que a sua estrutura, isto é, a sua aparência é tal e qual os ossos humanos... Aliás os médicos compram montes Crunchie, congelam e treinam no pobre do chocolate certas técnicas que mais tarde irão praticar em ossos verdadeiros. 

Agora não consigo comer Crunchie... (ó que chatice, LoL)