28 de fevereiro de 2015

For the Portuguese tour, please follow me...


Epá, pessoal... nestes últimos dias é que foi passear. Com a Afal cá, foi a perfeita desculpa de voltar a percorrer Londres a pé, passar pelos meus espaços favoritos e conhecer novos lugares. 

Como por exemplo, dar a conhecer a cadeia de restaurantes portugueses no UK, o famoso Nando's; fazer a tour pelos pontos principais de Londres (que no meu dicionário obviamente inclui Camden);  re-visitar os Harry Potter WB Studios; eu até incluí na tour a experiência de uma pessoa se perder em Londres (sim, isto aconteceu de verdade); fomos ver, pela primeira vez, o musical Wicked (que foi simplesmente brutalíssimo); entre muitas e muitas outras coisas. 

Mas o que realmente importa e que satisfez a minha alma, foi mesmo estar com uma grande amiga, que tem sempre um lugar especial no meu coração, com quem já não estava pessoalmente há quase 3 anos! Priceless...

26 de fevereiro de 2015

Alfabeto militar


Uma das coisas que tive que aprender quando vim para o UK foi o alfabeto militar. Não, eu não me juntei ao exército quando vim para cá mas os camónes usam-no para soletrar tudo, principalmente ao telefone.
E tendo em conta que os nossos nomes são extremamente estranhos para eles, temos que soletrar tudo. Ora experimentem lá... 

22 de fevereiro de 2015

Rescaldo do FSoG


Isto de terem feito o filme do Fifty Shades of Grey é tudo muito bonito mas quem tem que levar com os rescaldos somos nós! Já não bastava os rescaldos do livro, isto ainda ficou pior com o filme.

Em primeiro lugar, eu já estive a fazer as contas e vou fazer por evitar os blocos de obstetrícia em Novembro...
Portanto, além das habituais "remoções de objectos estranhos" a mais marcante até agora foi ter que literalmente pescar dois itens com formato fálico do intestino  de um homem, depois de uma sessão de divertimento com a sua mulher. Nada contra... mas não deixa de ser um tanto quanto traumatizante para quem tem que resolver a situação.

18 de fevereiro de 2015

Visitinhas



Coisa que mais gostamos é que nos venham visitar à nossa casa... e hoje vamos buscar a Afal ao aeroporto para ficar connosco durante uns dias!

16 de fevereiro de 2015

It's complicated...


Bem agora que o mel do dia dos Namorados já está a desaparecer um bocado, posso então debruçar-me sobre a verdadeira tese de doutoramento que são as relações. Isto porque estar numa relação hoje em dia é bastante complicado e complexo!

Por exemplo, é impressão minha ou já nenhuma relação é oficial se não estiver no Facebook? Isto provém principalmente daquele tipo de pessoas que diz que se não está na rede social é porque nunca aconteceu ou não é real. Já para não falar que se o casal não coloca um status/post em conjunto durante uma semana é porque a coisa está pelas ruas da amargura.
Outra muito boa que ouvi foi “é uma relação exclusiva mas não é oficial”… Hein?! Devo realmente ser um tanto quanto antiquada para pensar que uma relação se resume a duas pessoas decidirem estar juntas ou não. Quase que fazem as relações parecerem verdadeiros gatos de Schrödinger (fãs de The Big Bang Theory vão perceber a referência).

Claro que isto vai de muito encontro com as novas tecnologias mas há coisas que me intrigam que nada têm a ver com hi-tech. Como por exemplo, os namorados siameses. Tal e qual como duas pessoas pegadas pela cintura (ei, nada de badalhoquices, suas pessoas pecaminosas), um não vai a lado nenhum sem o outro. Queres ir comprar pão ali ao fundo da rua? Registar o Euromilhões? Tumbas, lá estão eles pegadinhos. Café com amigas? “Ai eu não vou se ele não for.” Ver uma futebolada? “Não posso ir porque ela está ocupada a pintar as unhitas dos pés.” 
Faço muitas vezes a questão filosófica de como é que estes casais vão à casa de banho… Vá, não me levem a mal, acho lindo que um casal goste de fazer as coisas mais mundanas juntos mas acho que deve haver tempo para tudo. Estar com a cara-metade, estar com amigos, estar sozinho (que acho que isso é o derradeiro problema desta questão), etc. 
Acho que no final acabam por se usarem um ao outro como bengalas, já não sabem ser eles próprios sozinhos, por isso precisam da bengala.

Um outro extremo tem mais a ver com "o(a) namorado(a)-marioneta", que é quando tens aquela pessoa que quando sai só com os amigos diz “não posso ir para ali porque o(a) namorado(a) não deixa/gosta”, ou seja, mesmo que o(a) namorado(a) não esteja ali os fios estão bem presentes. E quem diz sítios diz as mais variadas coisas, não deixar comer certas coisas, beber álcool sem a presença das caras-metades, entre muitas outras que de certeza vocês podem acrescentar por mim. 

Contudo, isto não é o que mais me irrita, acreditem. Então imaginemos que um casal está com um grupo de amigos ou até num double date. 
Sou sincera, a coisa mais que mais odeio é estar num grupo no meio de uma conversa tanto séria como trivial… e o casal se começar a comer à minha frente. Sim, posso até ter o meu namorado ao meu lado mas não deixo de sentir que estou a segurar vela. 
Nada contra o PDA (public demonstration of afection), apenas se estou com outras pessoas não vou começar trocar fluídos, quais células vegetais a fazer osmose… Credo!


Mas com certeza, vocês podem acrescentar por mim outros cenários... Digam lá de vossa justiça.

14 de fevereiro de 2015

Slowly and fastly


     "My dear,
Find what you love and let it kill you.
Let it drain you of your all. Let it cling onto your back and weigh you down into eventual nothingness.
Let it kill you and let it devour your remains.
For all things will kill you, both slowly and fastly, but it’s much better to be killed by a lover.
     ~ Falsely yours" - Charles Bukowski

12 de fevereiro de 2015

A sra. enfermeira disse... está dito!


Aqui no UK, existem Enfermeiros para tudo e mais alguma coisa... Existe o Enfermeiro da diabetes, Enfermeiro da asma, entre outros mas, especificamente, Enfermeiro da pele (tecido viável, tratamento de feridas, manutenção).
Recentemente fui a uma formação da Enfermeira da Pele, que disse que devíamos usar produtos na nossa pele que tivesse pH perfeito, que não tivesse perfume incluído (pois isso seca a pele)... resumindo? Disse que devíamos usar Dove, que dentro das marcas que se encontram disponíveis que a Dove é a melhor pois respeita a nossa pele em todos os níveis.

Agora se ela tinha contrato com a Dove eu não sei... mas se a senhora Enfermeira disse, então deve ser verdade, LoL.

10 de fevereiro de 2015

Elemental series


"My mother belives everything in existence has a consciousness," he said. "An awareness. As in, maybe it's not what you like." He reached out and touched her finger, which was still resting on the hematite. "Maybe it's what favors you."

Ok, esta saga Elemental da Brigid Kemmerer, está mesmo muito fixe, quase que chega ao gabarito da saga The Covenant. Ainda não está muito popular, porque só saiu recentemente, mas pessoalmente acho que vai ficar...

Resumindo, passa-se na actualidade onde existem pessoas que conseguem controlar os 5 elementos: ar, água, fogo, terra e espírito. Essas pessoas são "perseguidas" porque obviamente não é um poder natural e que pode causar catástrofes.
O enredo está muito bem construído sendo bastante intrigante, além de que a autora tenta explicar os "poderes" cientificamente, não deixando nada ao acaso! Apesar da idade das personagens, os livros não são de todo para o adolescente, o que é um grande bónus.

Adoro como a autora leva-nos a várias surpresas no enredo e mal posso esperar pelo próximo livro!

8 de fevereiro de 2015

A arte de comer


Depois do post sobre o fantástico Nando's gostaria de deixar uma nota sobre aquelas pessoas nojentas que não sabem comer como deve ser. 
Eu não sou uma daquelas gajas pirosas e nojentinhas mas isto é uma das coisas que me mete mesmo impressão. Coisa que mais odeio é estar ao pé de alguém que, por exemplo, não sabe comer de boca fechada. 
Não é a cena de conseguir fazer uma análise extensiva da degustação e trituração dentária da comida, além dum exame visual às amígdalas mas é o barulho, o som que me mete nojo.
Aliás, tenho uma colega no trabalho que se ela estiver perto de mim, mudo de sítio. Porque, por incrível que pareça, eu consigo ouvi-la a mastigar a comida por cima do barulho do pessoal na conversa na copa onde almoçamos.

6 de fevereiro de 2015

Even my perfume...


Até o meu perfume é tatuado, eheheh. Adoro o Loverdose Tattoo da Diesel!

Digam-me lá, qual é o vosso perfume de eleição?

4 de fevereiro de 2015

Nando's


Ora bem, quando os ingleses dizem que gostam imenso da nossa comida quando nunca foram a Portugal, eles referem-se ao Nando's que é a cadeia de restaurantes "portugueses". Vocês questionam, então e o que servem no Nando's? Cozido à portuguesa? Francesinha? Bacalhau à Brás? 
Não.
Preparados? Frango de churrasco! LoL.


E comem frango de churrasco como se não houvesse amanhã! Por acaso é bom, vendem Super Bock e natinhas mas para quem está habituado a pagar 10 euros por um par de frangos e batatas-fritas, chega ao Nando's, vê o preço e corta os pulsos, LoL.

2 de fevereiro de 2015

Vou-vos confessar uma coisa...


Umas das coisas que gosto de fazer nos meus intervalos no trabalho é ler os vossos comentários.

Boa semana, pessoal!