30 de março de 2016

Connects


O pior de trabalhar no Bloco Operatório é a falta de continuidade de cuidados, ou seja, eu não sei como ficaram os doentes depois da cirurgia. 
No início, isto perturbava-me, principalmente, em emergência pois apanhava com cada caso do arco da velha e depois não sabia se o doente sobreviveu, se melhorou ou piorou. Não sabia nadica de nada.

Mas acho que a veia "tuga" em mim pulsou mais forte e quem tem connects tem tudo! Além de que no meu hospital quase em cada enfermaria tem um português a trabalhar, então é fácil quando encontro colegas meus, pergunto sobre certos doentes e eles me dizem a sua evolução, umas vezes boa, outras vezes má. 
Isto demonstra-se mais com os Cuidados Intensivos pois são pegadinhos com o vasto departamento do Bloco Operatório, separados apenas por uma porta, tenho lá amigos a trabalhar, por isso volta e meia, faço lá uma visita e vejo os meus doentes. 

Porque, não desacreditando o trabalho dos Enfermeiros das unidades que é extremamente importante, o meu trabalho fica muita das vezes "esquecido" ou "ignorado" pois o doente, a maioria das vezes , está a dormir. Por isso, é mesmo bom ouvir de colegas meus a dizer: "epá, ó C. aquele doente que cuidaste, ta fino como o aço!"

21 comentários:

Ana disse...

O que seria dos hospitais sem os enfermeiros!!!

Bella Condessa disse...

És maravilhosa, nem todos os profissionais são assim, eu que o diga porque trabalhei na mesma área. Aqui na Estrela, o hospital militar, que agora está fechado vai ser um hospital de cuidados continuados. Quando isto vai acontecer não sei, mas que tem lá a informação tem. Mas em Portugal já sabes é para demorar.

Pensamentos Com Asas disse...

Você maravilhosa! Lida a sua profissão, pois eu trabalho também em hospital como técnica de laboratório. Já fiz curso de enfermagem também pois admiro.

Te desejo um lindo dia. Anjinha. Beijos

Sofia disse...

Eu acho que o trabalho dos enfermeiros é, em geral, muito subvalorizado... pelo menos, em Portugal, não sei como é aí.

Mas é bom saber que há pessoas como tu que se preocupam tanto com os doentes (=

Candybabe disse...

É sempre bom saber como correu!!!
Também ia querer saber*

Desbravador de Mundos disse...

Olá, C.
Deve ser interessante descobrir como ficou o paciente tratado.

Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

Aninha Ferreira disse...

e bom quando recebemos boas noticias

Sara com Cafe disse...

infelizmente muitos ainda nao valorizam como merece os enfermeiros... lamentável!

abraço e boa semana.

*Nightwish* disse...

Ah! sua bisbilhotona!! És tipo aquelas velhotas à janela, a passar tudo a pente fino!
Just kidding =P Acho incrível que te preocupes com os teus doentes depois de irem para outra enfermaria ^^
****

Janny disse...

enfermeira cuidadosa e preocupada é o que demonstras ser :)

Andreia Morais disse...

Isso só mostra o quanto te preocupas. De facto, deve ser mesmo complicado gerir toda essa situação emocional, em que deixas de saber o que se passa com o doente depois de sair da tua beira

Sara Berbigão disse...

Uou !! És enfermeira? Que giro! Eu também, vá tenho o curso pelo menos. Mas tanto o bloco como os cuidados intensivos me meteram sempre um bocado de medo.
Mas percebo perfeitamente essa tua curiosidade/ preocupação :) só mostra que és uma boa enfermeira.
Beijinho

A Lisboeta disse...

Eu admiro o vosso trabalho :) pela paciência e pela dedicação... por tudo

Cátia Rodrigues disse...

Isso mostra o quanto és boa pessoa, podias não te preocupar mais.. Isso diz mesmo muito de ti querida!
THE PINK ELEPHANT SHOE | FACEBOOK | INSTAGRAM |

CarlaC disse...

Não deve ser fácil trabalhar na sua área! Mas quando se é boa pessoa, é normal sentir-se assim talvez. Muito corajosa a menina :)

Obrigada pela seu comment <3

~ Carla'C
Coisinhas da Carla'C | Facebook | Instagram

Melissa disse...

Aqui, pelo que vejo atenção, parece que as pessoas não dão tanto valor aos enfermeiros, é como se fosse um papel secundário, quando não é de todo assim.
Se estivesse no teu lugar acho que também ia tentar saber sempre como ficaram os pacientes :)

Aquela foto foi tirada na Senhora do Monte, nos arredores de Leiria :p

Temos passatempo a decorrer :)
dontmakeusblush.blogspot.pt/2016/03/temos-um-novo-sorteio.html

Rita Teixeira disse...

Acredito que trabalhar no bloco operatório por vezes torna-se chato pois não podemos ver a evolução dos doentes...

http://imthefifthelement.blogspot.pt/

Rapaz Online disse...

Eu acho os/as enfermeiros/as mais simpáticos/as que os/as médicos/as.

Sunshine disse...

É muito querido o teu acto, a tua preocupação*

Beijinhoooo :)

Claudia Rodrigues disse...

Que bom saber que ainda há pessoas a trabalhar em hospitais assim como tu.. Saber que temos algum familiar no hospital e não saber o que se passa por de trás das portas é complicado, mas ainda bem que há sempre boas pessoas a ter um carinho especial por cada um deles :).

Joana disse...

Eu já tive num caso complicado e fiz toda a questão de agradecer a cada enfermeiro. Os enfermeiros aguentam e passam por coisas mesmo complicadas. Sim, é o trabalho deles (vosso) mas por vezes até custa assistir. Tenho pena que não sejam mais reconhecidos em certas situações. Beijinhos