20 de maio de 2016

Cilindros e Piolhos


Em primeiro vou explicar a pessoal que nunca trabalhou neste ambiente, que quase todos os hospitais, têm os cilindros (ou cápsulas) que são propulsionados por ar comprimido ou por vácuo, que servem como meio de enviarem material ou papelada para outros departamentos dentro do mesmo. 
E, agora sim, já posso contar a minha história... Então não é que estava a fazer noite e recebo uma chamada da Pediatria, a pedir que fosse lá entregar algum material. O quê em específico? Toucas. Nomeadamente as toucas que utilizamos para cobrir o cabelo no Bloco Operatório... Achei demasiado estranho porque é um pedido mesmo muito fora do normal e então sucedeu-se esta conversa com a Enfermeira de Pediatria (EdP):

Eu: Então mas para que é que precisam de toucas?
(EdP): Aaaah... sabe é que estamos com um surto de piolhos.
Eu: Aaaah... pois, estou a ver! Olhe portanto vou mandar por cilindro.
(EdP): Então mas não vem cá entregar? É que precisamos de bastantes toucas...
Eu: Ah, não se preocupe que nós temos muitos cilindros! 

Sim, era mesmo a minha pessoa que ia para a Pediatria, estando ela toda infestada de piolhos. É que não era a filhinha da minha mãe com certeza! Mas estava lá eu no meio dos cilindros e toucas, chega o Enfermeiro Chefe (EC) que estava comigo a fazer noite:

EC: Que se passa C.? Porque é que estás aí à volta dos cilindros?
Eu: Era Pediatria ao telefone a pedir que a gente levasse lá toucas porque estão com um surto de piolhos.
EC: Aaah... portanto, vou buscar mais cilindros então. Volto já!

E afinal não era só eu, LoL.

16 comentários:

Sofia disse...

Nunca tive piolhos e torço-me toda quando me aparecem pacientes que têm... Blhargh! Fizeste bem em manter-te longe!

Love Adventure Happiness disse...

Se há essa possibilidade eu faria igual!
Não estás soznha nessa opção ;)

Joana disse...

Desconhecia isso dos cilindros até à última vez que passei aqueles tais 3 dias dentro de um hospital e quase tive um mini ataque cardíaco porque estava sentada ao lado de um sítio desses sem saber e de repente... Cabum.... Catrapum... Caiu-me um cilindro mesmo ao lado e eu feita croma dei um salto :-) Ora, retirei o meu belo corpo daquela cadeira e fui sentar-me do outro lado do corredor... Mas a ideia que é genial, lá isso é!!! Beijinhos

Really Undecided - Diogo Mota disse...

Só para deixar claro que fiquei com comichões ao ler esta publicação. Fizeste muito bem, faria o mesmo.

Saltos Altos Vermelhos disse...

Até me dá comichão só de ler :D

Adriana R. disse...

Tomaste sem dúvida a melhor decisão! Eu faria o mesmo :P
beijinhos, The Fancy Cats

A Lisboeta disse...

Espertos são vocês! Ter piolhos deve ser uma dor de cabeça! :P

Lia disse...

Nunca na minha vida ouvi ou vi tais cilindros.
E os piolhos são nossos amigos, C. :p (oh para mim a coçar-me toda)

[daqui escreve alguém que está de saida para mais um turnozinho entre a Neonatologia e a Pediatria, onde os piolhos não têm aparecido faz tempo ahaha]

Lua disse...

Por deus, que agonia ><

Xica Maria disse...

Awww que medo!!!

Tim disse...

ai não xD mais vale prevenir

Janny disse...

brutal!

White Raven disse...

Não connhecia isso mas faz todo o sentido que exista, realmente! A enfermeira já devia estar infectada, não estava a perceber a questão x)

Portuguesinha disse...

Ahahah.

Hospitais são mesmo um fonte problemas.
A ideia de um adulto apanhar piolhos é algo que me desagrada como adulta. Claro que pode acontecer, quando se tem crianças principalmente. Mas é algo socialmente constrangedor.

À parte: considero o vácuo um excelente sistema de comunicação :) Barato e silencioso. Também é usado em bibliotecas. Mas devia ser o princípio até dos esgotos nas casas :)

*Nightwish* disse...

Piolhos e euzinha da Silva, na mesma frase, não combinam nem com molho de tomate!! Não sabia que existiam desse cilindros nos hospitais, mas abençoado seja quem os inventou!
****

disse...

ahaha ninguém quer apanhar piolho xD
No teu lugar, fazia o mesmo :)
Beijinhos e bom domingo ^^