30 de dezembro de 2016

A lista


Agora que estamos no final do ano, há muita gente (eu incluída) que pensa no que vai mudar no próximo ano. As tão famosas resoluções ou listas de coisas a fazer para um novo começo...
Contudo, devido a 2016 ter ficado reconhecido como um ano muito difícil, cheio de más notícias, acontecimentos terríveis ou assustadores, acho que é necessário não só olhar para a frente mas para trás também.

Ás vezes estamos tão concentrados com o que queremos, que não apreciamos o que temos... ou estamos tão desesperados para chegar a uma meta, que não consideramos o caminho que já percorremos.

Façam uma lista, mais não seja mental, das coisas boas que vos aconteceu em 2016. Vamos fazer as pazes com o ano passado, antes de entrarmos em 2017... Que dizem?

28 de dezembro de 2016

I am the master of my fate


Out of the night that covers me,
Black as the pit from pole to pole,
I thank whatever gods may be
For my unconquerable soul.

In the fell clutch of circumstance
I have not winced nor cried aloud.
Under the bludgeonings of chance
My head is bloody, but unbowed.

Beyond this place of wrath and tears
Looms but the Horror of the shade,
And yet the menace of the years
Finds and shall find me unafraid.

It matters not how strait the gate,
How charged with punishments the scroll,
I am the master of my fate,
I am the captain of my soul.



P.S. - adoro este poema e ainda por cima lido por Morgan Freeman? Perfeição!

24 de dezembro de 2016

Feliz Natal, queridos súbditos!


Vocês que me seguem há algum tempo, sabem que não gosto muito do Natal... mas, este ano, tive a grande oportunidade de ir a Portugal tanto para o Natal como para a Passagem de Ano, por isso vou tentar aproveitar ao máximo.
Pois o que realmente importa não é as prendas mas sim, as queridas memórias que criamos com a nossa família e amigos!

"When it comes to the holidays, it doesn't matter what kind of tree you've put up, so long as you've got the right people gathered around it."

22 de dezembro de 2016

The Classics: "Crocodile Dundee"


Quando fico assim meia adoentada, o que gosto mesmo de fazer é de me enrolar na manta, no sofá a ver filmes clássicos. Este é um deles, que me deixa sempre bem-disposta...

20 de dezembro de 2016

Immortals After Dark series



"You're the most malicious bitch I've ever known"
"Flatterer", she chirped - The Warlord Wants Forever
When he watched her sleeping he often thought, my heart lies vulnerable outside my chest. - A Hunger Like No Other
Regin answered with "Bridge. Uhura here." Kaderin sighed, then shook her head at the Star Trek reference. - No Rest For The Wicked
"Just jump!" Yeah, I'll get right on that. Ge-fucking-ronimo, bitches. - Wicked Deeds on a Winter's Night
And really, the medicinal values of Scotch and laughter were underrated. - Dark Needs at Night's Edge
In other words, the square root of fuckall is fuckall. - Dark Desires After Dusk
Hating me is like hating a sharp sword that cuts you. It can't help the way it was formed. - Kiss of a Demon King
My ego's on life support. Prognosis grim. - Deep Kiss of Winter
Well, maybe we need to Cesar Millan their asses and show them who's boos. Tsst, tsst! - Pleasure of a Dark Prince



Um amiga minha aconselhou-me esta colecção da autora Kresley Cole. Por acaso, ainda não consegui acabar a colecção toda... mas gostei do que li até agora! 
Quando comecei a ler e me apercebi da dinâmica dos livros (similar à Black Dagger Brotherhood mas com personagens femininas extremamente fortes e com um sentido de humor fantástico), pensei que me iria fartar ao fim do terceiro livro ou assim mas de facto isso não aconteceu pois a autora mantém-nos completamente colados à grande história.

Cada livro centra-se numa personagem, ou seja, num particular ponto de vista, o que se torna interessante pois o mundo que a autora criou tem tudo que é criatura de folclore ou fantasia: vampiros, fantasmas, lobisomens, bruxas, valquírias, elfos, demónios, duendes, deuses, etc. Cada facção tem a sua hierarquia e claro, há facções que são inimigas entre si. Contudo, apesar disto tudo, há um grande acontecimento que está cada vez mais perto e que significa que muita gente de todas as facções vão morrer! 

Portanto, cada livro é um passo cada vez mais perto desse tal grande acontecimento, que se chama Ascenção. E são de momento 16 livros! Se quiserem perder-se numa saga de livros, esta é uma excelente opção...


18 de dezembro de 2016

FR Happy


Uma das coisas que sentimos mais falta quando estamos longe, é da nossa comidinha portuguesa. Principalmente, quando somos do norte e sentimos aquela vontade imparável de comer uma francesinha. 

Então seria de esperar que pelo menos tentássemos encontrar um substituto para as francesinhas para não sentir tantas saudades. Já tínhamos experimentado comer francesinhas na Casa do Porto em Londres... jurámos para nunca mais e ficámos de tal forma traumatizados com o sabor daquilo que durante uns tempos só comíamos francesinha quando íamos a Portugal.

Recentemente, fui a um novo restaurante que abriu em Londres, uma casa de francesinhas chamada FR Happy... e fiquei impressionada. O sabor apesar de não ser o mesmo (o que é sempre difícil), era bastante agradável, o staff era super simpático e até tinham estudado na Bila! 

Como cereja em topo do bolo, tinha um maravilhoso de um café... que quem está fora, sabe o quanto o típico café se torna um Santo Graal.

16 de dezembro de 2016

The ashes you left to bury us


Cut through the fetters, reach the end
Only to fight yourself again
Who would believe that now you’re done
You carried the weight of everyone
After all the time we spent
Rewriting the rules that now we bend
The whole damn thing has turned to dust
You left us alone, defeated us

Why did you head out
Did you lack the love?
Hide from our eyes now
The reflection of

Once fell behind to carry me
You know it was never meant to be
Bled for the right to see it through
And now is the time to carry you
Why were we afraid to go?
We asked for the truth and now we know
The whole damn thing has turned to dust
The ashes you left to bury us

Why did you head out
Did you lack the love?
Hide from our eyes now
The reflection of

Nota: como já tinha mencionado, o álbum do Tremonti do ano passado não foi tão bom mas este ano... ai com o álbum deste ano ele redimiu-se, mesmo!

14 de dezembro de 2016

Conversas à mesa: o update, parte 3

Ora bem, estas não são bem bem umas Conversas à mesa... são mais a "azelhice" da vossa soberana, LoL. Mas decidi partilhá-las na mesma no facebook do Reino:


Está a vossa Soberana a ver um filminho para relaxar, nomeadamente o fantástico "The Rocky Horror Picture Show", depois de um fim-de-semana e segunda-feira de muito trabalho... 
Ao qual a vossa Soberana pensa, quando vê o Dr. Frank-N-Furter:

- Então mas pera lá... eu não me lembro do Freddy Mercury entrar neste filme...

*Pesquisa no IMDB*

- Ah... o actor é o Tim Curry. Hmmm... Se calhar é melhor ir dormir.

LoL

Em conversa com a Afal (a autora do blog "Fénix Renascida") sobre a Black Friday:
Afal: Olha eu comprei uma varinha mágica :D
Eu: A sério?! :o
Afal: Ah sim... andei a remoer o dia inteiro e acabei por comprar uma :)
Eu: Qual é que compraste? :o
Afal: Uma Braun.
Eu do outro lado quase a chorar de tanto rir pois pensei que a Afal estava a falar duma varinha de Harry Potter e não de um electrodoméstico... #geekproblems LOOOOOOOL


P.S. - não se esqueçam de fazer um likezinho na página do Reino pelo mundo encantado do facebook, sim?

12 de dezembro de 2016

WGC


Uma colega minha perguntou-me se, já estando há quase 5 anos no UK, conhecia o Gurning. Que por acaso desconhecia... Apesar de pelos vistos ser um concurso bastante famoso aqui no UK.
Ora bem, isto é basicamente um concurso em que as pessoas vão para lá fazer caretas das mais feias que conseguirem...  e isto é legítimo minha gente, LoL.

Os camónes são mesmo doidos.

10 de dezembro de 2016

As olimpíadas da casa



Há sempre aquele momento de tensão de quando um casal junta os trapinhos e vão viver juntos... Será que vai resultar num felizes para sempre? Será que vamos sentir a tentação de arrancar a cabeça um do outro?

Bem, em relação às mulheres, há toda aquela pressão de tornar uma casa num lar, pensar na decoração, manter a casa limpa, não deixar a roupa tornar-se no Monte Everest, manter o frigorífico cheio, etc. Em relação aos homens, principalmente agora no século XXI, tem que haver aquela transformação de mentalidade de "casa da mãe" para a "nossa casa". 
Não há cá "saco mágico" (o saco em que se mete lá dentro a roupa suja e ela magicamente aparece no quarto ou nas gavetas já limpa e passadinha) ou "pia mágica" (o mesmo princípio do saco mágico mas versão pratos, copos e afins lol), um casal quando vai viver junto tem que ser uma verdadeira equipa pois se ambos trabalham, ambos precisam de descansar mas há também que manter a casa como deve ser.

Dito isto, nesta evolução, há todo um momento que gostaria de comentar com vocês... Há todo um momento em que nós meninas estamos exaustas do trabalho, chegamos a casa e os nossos ombros já estão quase a tocar o chão de exaustão só de pensar no que ainda temos que fazer em casa. Abrimos a porta, o homem está à nossa espera com sorriso de orelha a orelha.

Ele fez uma tarefa. Ou lavou a loiça ou passou a roupa ou aspirou a casa mas o orgulho e o peito cheio, porque ajudou em casa, parece aquele momento de celebração dos Olímpicos, em que o atleta é recebido com louros, foguetes e medalhas, LoL.
É engraçado como os homens esperam uma recompensa se ajudam em casa ou pelos recognição pelo trabalho e connosco não há aplauso ou reconhecimento... apenas obrigação?


P.S. - e nós lá sorrimos e fazemos um bocadinho de festa pois um bocadinho de ajuda é melhor que nenhuma ajuda, LoL. Tadinhos, eles bem tentam, eheheheh.

8 de dezembro de 2016

Crafty Kaya


Como já mencionei antes, ir a Camden é fantástico... Acabamos por encontrar artistas brutais lá para o meio e um deles foi a Crafty Kaya, que faz peças de joelharia e decoração com flores dentro de vidro! Como será que fazem isto?

Claro que não resisti e tive que comprar um par de brincos. Adoro!

6 de dezembro de 2016

The gym wildlife


Ainda recentemente falei sobre os perigos de seguir ou procurar fitness experts... e por isso mesmo, venho mostrar-vos uns moços que já sigo desde que comecei a mudar o meu estilo de vida.
Descobri os Buff Dudes quando vi um dos seus vídeos que ficou viral, o "Gym Wildlife", que por acaso está hilariante... Contudo quando vi que eles faziam vídeos com exercícios, maioritariamente com pesos, fiquei bastante céptica.

O cepticismo passou num instante ao ver apenas um par de vídeos, eles além de serem extremamente engraçados, dando um importante traço de humor aos seus vídeos, são muito bons a explicar como fazer exercícios seguros com pesos: posição correcta, movimentos a evitar, exercícios errados, como e quando aumentar o peso, etc. Isto tudo podendo fazer em casa, há uma série de vídeos deles a explicar como fazer exercícios em casa ou no quintal.

Se quiserem adicionar pesos à vossa rotina de exercício, aconselho a darem uma vista de olhos pelo canal deles.


4 de dezembro de 2016

Bla bla bla, whiskas saquetas


No início do dia (ou antes do caso, no caso de emergência) o cirurgião informa a equipa do plano para a cirurgia e o que é que ele precisa. Há um debate entre nós relativamente a equipamento e depois lá vou eu qual "Dora, a Exploradora" em busca do equipamento escondido, LoL. 
Neste caso, a cirurgia envolvia um ombro, por isso, o material era bastante específico. Que fica guardado no outro lado do departamento (imaginem um shopping e ir de uma ponta à outra só para buscar um instrumento ou uma sutura). Então para poupar as pernas ao pessoal anotei tudo o que ele precisava, chegando a ser um bocadinho exaustiva demais mas tendo em conta que iria ser eu a estar instrumentada, não queria que faltasse nada.
Eu e o resto da equipa estivemos durante meia hora a reunir tudo que foi mencionado, preparar o bloco, reunir próteses... até ao momento em que o doente está na mesa, eu estou feita Ferrari no ponto de partida, prontíssima a arrancar.

Até o cirurgião me perguntar porque é que eu tinha X em vez de Y na minha mesa de trabalho... 
Eu: Erm... J. então foi o que me disseste ainda à bocado.
Ele: Ai, não... Não disse nada disso!
Eu: Olha desculpa lá mas a não ser que tenha ficado maluquinha por 5 minutos, tu concordaste que era para ter X e não Y. Mas não te chateies, não seja por isso e vai-se buscar Y.

Passado um bocado e estando uns 2 minutos à espera do que ele queria...
Ele, diz-me baixinho, a rir-se: Ah, sabes quando me perguntaste se queria X se calhar até disse que sim mas eu não estava a ouvir nadinha do que disseste...

Só não lhe bati porque além de ser um dos meus cirurgiões preferidos... ele até foi honesto, vá. LoL


2 de dezembro de 2016

Harry Potter: Hogwarts Library


Em seguimento do que mencionei num post anterior, decidi mencionar nas Crónicas de uma Leitora Compulsiva esta parte da fantástica colecção Harry Potter.

Ora bem, o novo filme desta colecção é "baseado" (note-se as aspas) no livro Fantastic Beasts and Where to Find Them. Digo baseado com aspas pois o livro é como se fosse um manual escolar, ou seja, é como se fosse uma introdução às criaturas mágicas, identificando-as mas como um verdadeiro livro escolar, foi "graffitado" pelo Harry, Ron e a Hermione, com algumas observações, LoL.

Outro livro também em estilo de manual escolar é o Quidditch Through the Ages. Tal como o título diz, explica o que é o Quidditch e a sua evolução ao longo dos tempos. Fala em algumas equipas, regras do jogo, tal como é mencionado no Harry Potter and the Goblet of Fire

O último livro desta colecção é o The Tales of Beedle the Bard, o livro e contos infantis mencionados no Harry Potter and the Deathly Hallows. Tal como vocês sabem, este livro tornou-se crucial para a derrota do Voldemort e nós podemos ler os contos completos! Há ao todo cinco contos: The Tale of the Three Brothers, The Fountain of Fair Fortune, The Warlock's Hairy Heart, The Wizard and the Hopping Pot e Babbitty Rabbitty

Pessoalmente, eu sempre vi estes livros (que já estão disponíveis há imenso tempo, não percebi a surpresa quando saiu o filme) como uma espécie de glossário, uma explicação mais extensa do grande e vasto mundo de Harry Potter!