29 de setembro de 2009

Pensamentos



"Posso ser multado por aquilo que estou a pensar? Não? Então eu penso que você é um idiota!" - Jimmy Arias


Como eu gostava de dizer a certas e determinadas pessoas que são estúpidas todos os dias! Aproximar-me, como quem não quer a coisa, agarrar nos ombros, abanar forte e feio, como se não houvesse amanhã... para ver se acordavam! E acho que mesmo assim, não iria funcionar.
Estou farta desta escola tacanha. Farta de quase me sentir claustrofóbica. Farta dos mexericos. Farta de ver sempre as mesmas caras e sempre a falar da mesma coisa. Porra, este país assim não vai mesmo evoluir se não mudarem (pelo menos) o tópico da conversa!

Preocupem-se com a vossa vida! Sim? Pode ser?!

Estamos combinados?

Boa!

... amanhã aprendemos as cores.

27 de setembro de 2009

A loucura



Frase dita por um doente da Psiquiatria:

"Somos loucos pois o mundo não merece a nossa lucidez."

Não podia estar mais de acordo! E é destas coisas que nos faz pensar... Que nos faz olhar em volta e começar a ver realmente que cometemos loucuras todos os dias.

Loucos... de preconceito!

Loucos... de inveja!

Loucos... de ciúme!

Loucos... de ódio!

Loucos... de raiva!

Loucos...

Os doentes psiquiátricos ainda hoje são muito discriminados mas cada vez mais acho que os loucos, somos nós!

25 de setembro de 2009

Praxes '09


Conheçam as "minhas" gêmeas siamesas! Sim, fui eu que as juntei. Uma porque a voz dela parece o menino do reclame da Toque & Fresh e a outra porque não sabe ler português (meaning, não saber ler/dizer o meu nome).
E então, como gêmeas inseparáveis (pelo menos até serem baptizadas) dizem o seguinte quando os doutores estão descontentes:
"Caloira 'Sabel: Isto está uma m*rda!
Caloira Mafauwinha: Ui, ui, ui... cheira tão mal!"
Pena ainda não ter gravado... mas quem sabe, não trate disso.

24 de setembro de 2009

Sala de cinema: P. E. & Inglorious Bastards


Sinceramente, esperava mais... Tanta publicidade, tanta publicidade e afinal é uma coisa "sem sal". Um argumento muito pobre mesmo e demasiada expectativa, acho eu.
[Spoiler] Acho que a parte mais fixe do filme é mesmo quando o ladrão (o Depp) entra no departamento que está a caçá-lo, dá uma voltinha por lá, pergunta o resultado do jogo que está a dar na rádio e vai-se embora. Viva a competência dos polícias! [Spoiler]
De resto, não é um filme que aconselho ver.



Um filme só mesmo de Tarantino: espectacular!
Tanto pelo enredo como pelo elenco de peso. Até fiquei surpresa porque pouco é o inglês que se fala, coisa pouco habitual num filme americano... mas ainda bem! Foge à rotina e é totalmente mordaz!
[Spoiler] Cheguei mesmo a uma altura em que me questionei se por acaso aquilo tinha ou não acontecido na realidade e se por acaso tinham-se baseado em factos reais. Mas quando chega ao fim e eles conseguem mesmo matar Hitler, é quando percebo que é ficção. Lol. [Spoiler]
Aconselho vivamente.

21 de setembro de 2009

Mestre



Já é oficial! Sou Mestre de caça!
E hoje... vou caçá-los todinhos! LoL.
Abre-se assim a época de caça ao caloiro!

17 de setembro de 2009

Sala de cinema: Da Vinci c. & A. and D.

Eu junto este dois filmes por serem do mesmo "género" e baseados em obras do mesmo autor. Os livros do Dan Brown ficaram conhecidos pela controvérsia do Código de Da Vinci, contudo o primeiro livro que ele escreveu foi mesmo o livro Anjos e Demónios.Do filme Código de Da Vinci não tenho nada de especial a apontar, porque não li o livro (yah, yah... sou uma inculta, blá blá blá wiskas saquetas blá blá blá), no entanto tenho alguma coisa a dizer sobre o Anjos e Demónios pois li o livro. O livro prende-nos do início ao fim, como já é hábito de Dan Brown, o filme tentou captar isso e até que conseguiu mais ou menos isso. A única coisa que tenho a reclamar do filme é o facto de terem mudado o final... Coisa mais estúpida, burra e vá-se lá saber que mais adjectivos eu posso dizer sem começar a dizer asneiradas! Por amor de Deus, mudarem precisamente a melhor parte do filme?!Mesmo assim, aconselho-vos a ver os filmes mas aconselho ainda mais a lerem os livros, neste caso, o do Anjos e Demónios, pois desse tenho uma opinião formada.
Ah! E acho que fizeram uma excelente escolha para o actor que representa o Robert Langdon. Muitos parabéns nesse aspecto, o Tom Hanks mostrou-se mais do que à altura!
Bom filme!

14 de setembro de 2009

De volta à vida académica...

É oficial. Estou mesmo de volta à vida académica!
Hoje além da integração (sabermos o que nos espera este ano), reunião de praxe, comecei logo com aulinhas. Enfim.
O que vale é que para a semana as praxes começam... e a doer!



O meu caderninho este ano é tão fofinho, não acham? :) E quem o protagoniza é um gato Russian Blue cinzento escuro a olhar-me com aqueles olhinhos... Vou passar as aulas a olhar para o caderno em vez de olhar para os profs. Lol

12 de setembro de 2009

Sofrer antes do tempo


Sou pessoa de sofrer por antecipação.

Eu sei que é estúpido e que não vale a pena, mas faz parte de mim. E por isso ando a sofrer já há uma semana, quase como contagem decrescente, para o começo das aulas.
Não quero! Quero mais férias!
Começar outra vez as entediantes aulas, a azafama dos trabalhos, o stress das frequências... Para não falar das escolhas de estágio, que essas se esperam deveras "divertidas". Mas além do começo do novo ano lectivo, é como que se fosse o início de um novo ciclo ou etapa de vida, obrigando-me a pensar que estou no 3º ano e para o ano será o meu último ano como estudante a tempo inteiro. Depois será a procura do primeiro emprego, que já só isso me dá umas voltas valentes ao estômago... Lá estou eu a sofrer por antecipação!
Bem que dizem que Setembro é propício a depressões, pois é o começar do trabalho, do stress e o acabar do verão.

Pois é, o verão está a acabar... Finalmente! Para ser sincera já estava farta do calor.
Gosto mais do frio, só que tendo a ficar deprimida no Inverno porque nesta terra ou é 8 ou é 80, ou é um inferno ou é um pólo glaciar. Mas definitivamente, gosto mais do frio e talvez seja isso que me esteja a dar alento neste momento depressivo.

11 de setembro de 2009

Makeover

E assim, a reconstrução fica completa... agora tem mais a ver comigo, não acham?

Estava mesmo a precisar de uma carinha lavada este meu blog, já que está a servir para um propósito muito diferente do que apenas publicar as minhas obras.


Talvez um incentivo a uma mudança mais pessoal... who knows?

10 de setembro de 2009

Sala de cinema: The proposal


A proposta é uma bela proposta de filme... Sei que parece um filme todo "remélico" e não sei quê (e até é) mas a escolha de actores foi tão bem feita, que apesar da remelicidade, há uma conjectura muito boa de humor. Como seria de esperar da Sandra Bullock, apesar de que ela tenta revelar neste filme que não é uma actriz apenas para papéis somente cómicos (mulheres desastradas, distraídas e afins), mas até que este papel possui alguma profundidade e isso nota-se. No entanto, notava-se ainda mais profundidade no filme Lake House (juntamente com o Keanu Reeves).
De resto... meninas, é sempre bom ver o Ryan Reynolds como veio ao mundo mas eu, pessoalmente, gosto mais de morenos.

3 de setembro de 2009

Sala de cinema: GI Joe

Ok, eu quando vi este cartaz disse cá para mim: mas que estupidez de filme que vai sair daqui. Até que vi o trailler... Aí já me pareceu razoável e eu sou apologista de ver para criticar, por isso lá fui eu à salinha de cinema.
Quando virem este filme não pensem que vão ver uma profundidade de filme, é a verdade, mas não deixa de ser um filmito que se veja para passar o tempo ou até mesmo lembrar a nossa infância, quando víamos desenhos animados ou (para os meninos) quando se brincava com Action Man.

Anda por aí uma onda de se fazer os filmes da Marvel, Hasbro ou whatever:
  • Spider-Man - acho que as sequelas estão muito boas, tanto cinematograficamente (efeitos e essas coisas) como o argumento. Eu via os desenhos animados quando era pequena e pelo o que me lembro, não fogem muito à história mas claro, posso estar enganada. No entanto, não deixam de ser filmes potentes, até porque vai ficar na história o beijo no Spider-Man 1.

  • Catwoman - se fizeram um "remake" do Hulk porque o primeiro estava bastante mau, porque é que ainda não fizeram um para a Catwoman? Hein? Só porque tem a Halle Berry pensam que já é um filme interessante? Não é que a história não esteja engraçada mas... há certas coisas que naquele filme não jogam, até porque a Catwoman usava o cabelo comprido e branco, e no filme ela usa cabelo curto e... castanho claro? Iack! Nem vou dizer o que me parece, acho que vocês chegam lá. Eu compreendo que não quizessem usar quase o mesmo look da Storm da saga de X-Men, onde a Halle Berry entra também. Não queriam igual? Contratavam outra actirz! Geez, tanto pessoal no desemprego e escolhem logo a Halle Berry (não desfazendo a mulher porque até é uma actriz mais ou menos). Ah! E alguém se lembra se por acaso a Catwoman era... mulata?

  • Iron Man - simplesmente genial e prende-nos do início ao fim! Tanto pelo enredo como pelos efeitos. Ah! Achei excelente a escolha para as personagens e para falar verdade, estou ansiosa pelo segundo! Dizem que a estreia está para breve.

  • Transformers - ok, para não voltar a cair no mesmo, vou tentar dizer algo além de "fantástico", "genial", "excelente"... Hmmm... "Brutal"? Acho que descreve bem esta saga. Aqui entre nós, não seria de esperar outra coisa quando o senhor Spielberg está metido no assunto.

  • Mask - Jim Carrey, que mais preciso eu de dizer? Excelente escolha para o actor principal, acho que mais maluco que o J.C. não há! Só não gostei foi quando tentaram (e friso o tentar) fazer um Mask 2. Simplesmente, patético.

  • Fantastic Four - muito bom, por acaso. Boa escolha para as personagens (imagino que os meninos estejam a acenar afirmativamente, tendo em conta que a Jessica Alba faz parte do elenco).

  • X-Men - excelente seria dizer pouco! Uma distinta escolha de actores, enredo que prende qualquer um e efeitos fantásticos. Que mais posso eu dizer?... Cá para mim vai haver um X-Men 4.

  • Ghost Rider - uma escolha... estranha, talvez, para o actor principal. Não quer dizer que não tenha funcionado mas não imaginava o Nicholas Cage num filme destes (mas duvido que os meninos pensem o mesmo da Eva Mendes, of course).

  • Blade - uma escolha de actor que funciona muito bem, os efeitos são muito bons e o enredo com bastantes detalhes nas sequelas todas. Aficionados em vampiros, estes são os vossos filmes. (nota: o Drácula é bom comó milho) Blade III: "I was born ready, motherfucker."

  • Hulks - até fizeram dois filmes, porque o primeiro não prestava. E acreditem, não prestava mesmo! Já o segundo aproveita-se bastante bem... no entanto, eu não deixei este filme para último por acaso, é que no final deste filme, depois de um pouco de créditos, vê-se o "Iron Man", ou seja, Tony Stark, a ir ter com o General e perguntar-lhe se estava interessado em criar uma "liga". Não são bem estas palavras mas dá uma forte ideia de um filme sobre a Liga da Justiça, ou coisa assim, quem sabe uma junção das personagens de BD caracterizadas já em filme.


    • Bom filme!