30 de maio de 2018

Ódios de estimação, versão mãe


Acho que não estou a dizer nada de novo quando digo que muita coisa muda quando somos mães… até novas coisas para odiar ou que nos chateiam como se não houvesse amanhã.

O meu primeiro ódio de estimação como mãe não acontece muito no UK mas acontece muito quando vamos a Portugal, os passeios. Andar com um carrinho de bebé pelos passeios, principalmente de Portugal, é super difícil, são estreitos, com buracos, com árvores mesmo no meio, com falta de rampas e ainda pessoal que estaciona nos passeios (muitos deles já estreitos).
Outro, enorme, ódio é qualquer e eu quero mesmo dizer qualquer coisa que acorde o bebé. Pode ser uma mota, obras, vizinhos, telefone, camião do lixo ou até mesmo nós que deixamos cair qualquer coisa. Nunca mas nunca se acorda um bebé!
Outro ódio é qualquer peça de roupa de bebé que não tenha alguma elasticidade. Roupas um pouco mais rijas ou que não se dão, são assim um pesadelo para vestir pois qualquer bebé gosta de se despir mas não gosta mesmo nada de se vestir. E se tivermos uma roupa que não ajuda em vez de termos apenas um bebé não muito contente, passamos a ter um bebé versão O Exorcista.
Constipações e gripes passaram a ter um grande ódio da minha parte. Claro que ninguém gosta de estar doente mas pior que nós ficarmos doentes, são os nossos bebés doentinhos. Grande ódio!
Acho que isto é um ódiozinho de estimação para qualquer mulher muito sinceramente mas principalmente para uma mãe… o cuidar da casa que parece que nunca mais acaba. Um caso especial quando nós mães estamos a organizar a casa e atrás de nós vem o furacão que é o nosso filho, deixando um rasto de destruição.
Este ódio acho que qualquer pessoa não aprecia contudo quando se tem um bebé a chorar aos berros dentro do carro, isto torna-se um grande problema. Trânsito! Quando estamos felizes que o Síndrome do Cu Tremido está em acção ou quase a entrar em acção, a última coisa que queremos que apareça é trânsito! Devia haver uma faixa, tal como há para os autocarros, para carros com bebés e crianças, LoL.
E, chegamos por fim, o meu ódio de estimação favorito: palpites, palpitinhos, palpiteiras. Tudo serve para mandar palpite. É a forma como educas a tua criança, como cuidas do teu bebé, etc etc etc. A lista é interminável porque (infelizmente) este povo arranja qualquer coisa para dar um palpite.

Na verdade, isto é um serviço público avisar o pessoal que se vir uma mãe furibunda, significa que se encontrou com um dos seus ódios de estimação, qual leoa a proteger a sua cria. 

E vocês, acrescentariam mais algum ódio? Concordam com os que mencionei? Digam de vossa justiça!

28 de maio de 2018

American Pickers



Desde o início da minha licença que comecei a ver mais televisão e um dos programas que adorava (e adoro) ver é o American Pickers (acho que em Portugal se chamam os Caça Tesouros).
Basicamente o programa é sobre o Mike e o Frank que viajam pelos EUA (e em alguns episódios pela Europa também) à procura de peças para comprar e depois vender na sua loja Antique Archaeology
É brutal ver as peças que encontram e principalmente as pessoas que encontram, que parecem ser de um culto que não deita nada fora, LoL.
Se nunca viram, aconselho vivamente, eles são super engraçados e acabamos por aprender sempre um bocadinho de história!

26 de maio de 2018

Sunshine Blogger Award



Pois é, adivinharam... Fui duplamente desafiada! As donas do cantinhos Há Amores Assim e Jus à Ju desafiaram-me para participar no Sunshine Blogger Award. Muito obrigada meninas!
Não tem nada que saber... o desafio consiste em responder a 11 perguntas (feitas pela blogger que nos nomeou, que no meu caso serão 22, LoL) e nomear outros 11 bloggers para responder a 11 perguntas feitas por nós.

1. O que te levou a criar um blogue?
Na verdade, inicialmente, eu criei este blogue em 2004 para divulgar o que escrevia na altura, textos, histórias, que lentamente fui parando de escrever... Então em 2009 decidi renovar o blogue, dando-lhe uma nova cara, utilizando-o mais como blogue pessoal pois sentia falta de escrever, não querendo sentir, ao mesmo tempo, a obrigação de escrever necessariamente uma história.

2. Prosa ou poesia?
Definitivamente Prosa se bem que gosto de alguma Poesia mas é raro.

3. Qual é o livro da tua vida?
Ui, mas isto é difícil... tenho sagas favoritas e tal como já devem ter percebido pelo Crónicas de uma Leitora Compulsiva, as que estão no top são Harry Potter, A Herança e The Covenant.

4. Pôr-do-sol ou amanhecer?
Sempre gostei muito de pôr-do-sol, se bem que à conta do meu Príncipe tenho visto muitos amanhaceres, LoL.

5. Um dia perfeito é...
No sofá a ler um livro ou enroscada com o Mais-que-Tudo a ver um filme (que devido ao cansaço de momento acabamos por ver para dentro, ahahah).

6. Um amor para a vida ou uma vida cheia de amores?
Um amor para a vida, definitivamente!

7. Se a tua vida fosse um livro, qual seria o título?
As aventuras e parvoíces da C.

8. Canela ou chocolate?
Ui difícil... em que contexto? Em que quantidade? É informação pertinente, LoL.

9. O que dirias àquela menina de quinze anos que foste um dia?
Não mudes para outras pessoas, sê tu mesma e continua assim.

10. Campo ou cidade?
Difícil porque adoro poder "visitar" a cidade mas adoro a calma do campo.

11. Qual é o teu maior sonho?
O meu maior sonho de momento é pagar a minha casa, LoL. Lame, I know mas é a mais pura das verdades!


1-Se tivesses de escolher uma profissão no dia de hoje, qual escolherias? Porquê? 
Acho que escolheria na mesma Enfermagem pois adoro o que faço mas se fosse outra coisa, talvez design ou fotografia. São áreas que adoro mas só tenho conhecimento base/amador, gostava de saber mais.

2-Sem usar frases feitas, qual o teu lema de vida (valores/princípios pelos quais te reges para alcançar os teus objetivos)?
Talvez, trata os outros como gostarias que te tratassem a ti.

3-Salgado ou doce?
Doce.

4-Diz uma marca/loja/estabelecimento que não recomendarias e porquê.
Não recomendo de todo a Pantene... Todo um incidente, LoL.

5-Numa situação de desemprego prolongado, qual era o primeiro corte nas despesas a que te propunhas?
Saídas e passeios muito provavelmente.

6-Casamento de manhã, tarde ou noite?
Tarde com festa noite dentro!

7-Qual a tua cor favorita?
Bordeaux .

8-Em que situações te tremem as pernas (agachamentos não conta)?
Cirurgias pediátricas. Toda eu é stress!

9-Música da tua vida.
Mais uma vez difícil... mas uma música que me deixa sempre a cantar e bem disposta é Bohemian Rhapsody

10-Comprar ou arrendar?
Comprar.

11-Qual o teu maior sonho?
Já respondi nas outras perguntas e volto a dizer: pagar a minha casa e não dever nada ao banco, LoL.





Regras do Sunshine Blogger Award
1. Agradecer à blogger que nomeou
2. Responder às 11 questões feitas
3. Nomear 11 bloggers e fazer 11 perguntas
4. Colocar as regras e o logótipo no post

As minhas perguntas:
1. O que mais gostas no que toca a ter um blog/vlog?
2. Qual foi a melhor coisa que te aconteceu relacionada com o blog/vlog?
3. Diz 3 dos teus blogs/vlogs favoritos.
4. Qual é o teu hobbie favorito?
5. Se escolhesses uma personagem de livro, série ou filme para te sentares e tomares um cafézinho, quem seria?
6. Se fosses um X-Men que super-poder tinhas?
7. Se pudesses visitar um lugar fictício, qual seria?
8. Há alguma coisa que ficou por tu dizeres ou te dizerem a ti?
9. Se pudesses ressuscitar alguém, quem seria e porquê?
10. Que línguas falas?
11. Para onde foi a tua última viagem?


24 de maio de 2018

Síndrome do Cu Tremido


Todos os santos pais adoram este Síndrome e muitos é a única coisa que em certas fases dos pequenos, que manteve a sua sanidade mental.

E o que é o Síndrome do Cu Tremido? É quando os bebés passam de bebé Chucky para um anjinho a dormir com o movimento do carro ou do carrinho. Parece quase como que medicinal, o carro começa a andar e todos os males do mundo desaparecem para os bebés, LoL.
Pensam que estou a exagerar? Isto é tão verdade verdadinha que a Ford criou um berço que imita o  som e movimento do carro! Para ajudar os pobres dos pais na demanda que é acalmar um bebé ou adormecê-lo.
E como é que funciona este Síndrome perguntam vocês também? Ora bem... dizem os entendidos que o interior do carro é calmante pelo facto de não mudar. A mãe ou o pai estão por perto, o ruído e a vibração do carro cria um movimento monótono que permite ao bebé relaxar pois não há nada novo para ver, sentir, ver, ouvir.
Então a estimulação sensorial é reduzida e com o movimento relaxante, o bebé sente-se seguro e eventualmente adormece. E é neste momento em que há todo um suspiro de alívio dos pais, LoL.

Já conheciam a beleza que é o Síndrome do Cu Tremido? 

20 de maio de 2018

A revolta do corpo



Tal como vos tinha contado no "Eu quero o meu corpo de volta" pode parecer um bocado vaidoso da minha parte mas quero voltar minimamente ao que era. 

Desde o início desta jornada, tive alguns contratempos, isto é as minhas costas demoraram muito tempo a sarar e se forçasse algum workout, sentia logo de imediato. Infelizmente, eu queria o meu corpo de volta mas o meu corpo ainda não estava pronto para voltar...  E se o corpo diz que não, tu tens que ouvir!
Uma amiga minha lembrava-me muitas vezes: o teu corpo demorou 9 meses a criar um bebé e depois trazê-lo ao mundo, por isso vai demorar uns meses até voltares ao ponto inicial. E foi basicamente este mantra que andou em repeat na minha cabeça pois quando tinha que andar mais devagar, sentia-me desanimada e derrotada. 
Agora já consigo fazer longas caminhas e alguns exercícios com pesos mas numa coisa eu não me descuidei, que foi na alimentação. Como ainda estou a amamentar, não podia fazer nenhuma dieta maluca (nem queria. muito sinceramente), então tentei reduzir um bocado o meu intake de calorias e a certo ponto deixei de comer hidratos de carbono, comendo mais vegetais e fruta (o que, estando a amamentar, é o ideal). Contudo, mesmo com a dieta, tinha direito a uma "asneira" por semana pois senão entramos em depressão alimentar, LoL.

Depois disto tudo, ainda só já perdi 5 kilos... Devagarinho, eu sei mas eu vou chegar ao meu objectivo e ainda nem sequer estou a 100% em termos de recuperação!


Nota: muito obrigada, de coração mesmo, pelas mensagens no post "Eu quero o meu corpo de volta", as mensagens positivas e a força que mandaram pelos comentários, foram super preciosos!

18 de maio de 2018

A parede



Fiquei um bocadinho receosa quando nos mudámos para a nossa casinha... eu acho que não tenho assim muito jeito para decorar, contudo havia uma coisa que tinha a certeza que queria fazer.
Na parede das escadas para os quartos gostava de a preencher com fotografias! Tudo com molduras diferentes, tal como na fotografia... Adoro!

16 de maio de 2018

Aqua babies


Ainda grávida que queria inscrever o Príncipe nas aulas de natação para bebés... não consegui inscrevê-lo mais cedo pois houve a recuperação do parto, recuperação dos baby blues, depois as festividades, seguido das férias em Portugal... Por isso só conseguimos começar as aulinhas em Abril, quando o Príncipe fez 6 meses. 

Em primeiro lugar as aulas de natação são com aulas muito reduzidas, máximo 5 bebés e respectivos papás. O bebé tem que ter duas camadas, uma fralda própria para nadar e um fatinho ou calção de banho. Não vá ter algum acidente e assim há duas camadas de protecção, LoL.
De resto não precisa de mais nada, a não ser o pai ou mãe com o bebé na piscina... nós decidimos que seria uma excelente oportunidade para o Mais-que-Tudo estar com o Príncipe na piscina. Nós mães acabamos por ter uma relação mais chegada com o bebé, especialmente se amamentamos, então também é importante os pais criarem laços em momentos tipo esse.
Então lá foram o Mais-que-Tudo e o Príncipe para a piscina aquecida, cheia de brinquedos e eu a ver ao lado... a primeira aula foi sobre os comandos de voz, criar uma rotina de o que fazer na piscina: pedalar, segurar na borda, aprender a segurar a respiração para mergulhar.

Durante as aulas, o Príncipe porta-se imensamente bem, responde muito bem aos comandos e como se está sempre na brincadeira está sempre a sorrir. Definitivamente continuaremos com as aulas se conseguirmos! 

14 de maio de 2018

PoTD: update 9

Ora cá estamos para mais um update ao desafio Photo of The Day, que tal como já tinha explicado antes, consiste em colocar no Instagram uma foto por dia: que vai desde as minhas aventuras pelo UK, como das viagens que fiz ou ainda dos meus guilty pleasures fotográficos e muito mais... Espero que gostem!





Nota: não tenho o meu Instagram público mas se me quiserem seguir basta adicionarem @her.royal.highness742.

12 de maio de 2018

Black Dagger Brotherhood series: The Chosen


"Okaaaaay, you want to talk about f-bombs? It was like each and every one of the Brotherhood had had a piano dropped on his fricking foot and was using the word "f*ck" as an analgesic."

Este é o livro mais recente da saga Black Dagger Brotherhood da J.R. Ward. Pois é, caros súbditos, enquanto o Príncipe deixar eu vou tentando manter as leituras, LoL.

Este livro já tinha começado enquanto grávida, então imaginem o quanto tempo eu não demorei! O livro até está mais ou menos mas não era sobre personagens que me interessassem muito... contudo, deu um cheirinho do próximo livro.
Acho que desta saga, que já vou no 15º, o único defeito é mesmo a história central estar a demorar a desenrolar... mesmo assim, estou viciadíssima no sentido de humor e sempre à espera de saber mais das minhas personagens favoritas!



E vocês, já ouviram falar desta saga?

8 de maio de 2018

O décimo círculo do Inferno



Eu sei que o título parece algo saído de um romance pós-apocalíptico mas para qualquer pai que tenha passado por isto vai dizer que até é um eufemismo. Pois qualquer pessoa vos vai dizer que as cólicas são coisas do demónio!

É que há muito pouco que a gente possa fazer... o bebé está com dores, a berrar, contorcer-se de dores durante tempos infinitos, mesmo depois de massagem, mudar tantas vezes de posição que só nos falta fazer o pino, entre muitas outras coisas que a gente espera que resulte. É extremamente angustiante, já para não falar da impotência que se sente.
O caso do Príncipe não foi diferente, um choro que aprecia que deitava a casa abaixo e contorcia-se de dores... Até que, por recomendação de uma amiga, comecei a dar Lactase.
Tenho a dizer-vos que a Lactase salvou a nossa sanidade mental! E mamãs, vocês sabem do que eu estou a falar... Basicamente, a Lactase é uma enzima que ajuda na digestão do leite. Nós não começamos logo de imediato a produzir esta enzima, daí as cólicas. Então quando comecei a dar Lactase ao Príncipe, notei uma diferença enorme! De um bebé tirado do filme "O Exorcista", virou um bebé tipo dos anúncios "Dodot", super sorridente e a dormir melhor.

Obviamente não estou a dizer para darem medicação aos vossos pequenos sem consentimento médico mas uma mãe informada é uma mãe descansada... Não há nada como partilhar experiências pois nem sempre a massagem ou diferente posição funciona e é tão bom saber/ter mais opções.
E é isso que espero com este post, ajudar-vos!

6 de maio de 2018

Cartas



Pois é, em terra de Messenger e/ou Whatsapp, quem escreve e envia uma carta, é rei! LoL.

Mesmo com a moda digital, numa altura em que mal pegamos numa caneta e papel, continua a ser tão bom escrever e receber uma carta, seja ela num papel trabalhado ou num simples. Claro que o mais conveniente continua a ser as mensagens e emails mas não há nada como escrever uma carta para alguém. Acaba por ser até terapêutico!

Há quanto tempo não recebem ou escrevem uma carta?

4 de maio de 2018

Breaking Bad



O Mais-que-Tudo aos anos que me chateava para  eu ver esta série e não sei bem porquê, ficou sempre de lado... Recentemente, decidi ver finalmente a série e de facto percebo agora o porquê da insistência do homem, LoL.

A série está simplesmente brutal! Imagino quando esta série saiu os professores de química tenham ganho um estatuto de estrelas de Rock n' Roll.
Para quem não conhece a história é em volta de um professor de química, que antes de ser professor era um crânio da química! E a história evolui e ele torna-se um "cozinheiro" de metanfetamina... com muitas peripécias, intrigas, etc.

Excelente série! Realmente não sei o porquê de ter demorado tanto tempo a ver... aconselho vivamente! E vocês, já tinham visto?

2 de maio de 2018

Pintarolas & Smarties


Não me recorda se alguma vez mencionei isto no Reino mas o Mais-que-Tudo cresceu em Macau. Nasceu em Trás-os-Montes e com menos de um ano a família emigrou para Macau enquanto ainda pertencia a Portugal e regressou quando deixou de o ser, ou seja, quando já estava na adolescência.

Portanto, é normal que lhe tenha escapado certas coisas que para nós que crescemos em Portugal. Uma dessas coisas foi uma coisa tão simples como as Pintarolas.
Na primeira vez que falei nas Pintarolas, o Mais-que-Tudo corrigiu-me, dizendo Smarties. Eu disse: "Não. Estou a falar das Pintarolas... a versão portuguesa dos Smarties."
Ele não se acreditou, dizendo que estava a inventar, LoL.

E vocês? Lembram-se das Pintarolas? Ajudem-me a provar-lhe que eu não andei a sonhar, LoL.