30 de dezembro de 2013

Até para o ano, máfia!



O Natal lá passou e o meu pessoal foi-se embora ontem de malinhas cheias de prendas! Este ano depois dos saldos do Boxing Day, posso oficialmente dizer que não tenho espaço para mais roupa e sapatos... mas ainda tinha espaço para um chapéu!
Agora sim o look mafioso está completo, eheheheh.

28 de dezembro de 2013

Pearl Jam



Waitin', watchin' the clock, it's four o'clock, it's got to stop
Tell him, take no more, she practices her speech
As he opens the door, she rolls over
Pretends to sleep as he looks her over

She lies and says she's in love with him, can't find a better man
She dreams in colour, she dreams in red, can't find a better man
Can't find a better man

Talkin' to herself, there's no one else who needs to know
She tells herself, oh
Memories back when she was bold and strong
And waiting for the world to come along
Swears she knew it, now she swears he's gone

She lies and says she's in love with him, can't find a better man
She dreams in colour, she dreams in red, can't find a better man
She lies and says she still loves him, can't find a better man
She dreams in colour, she dreams in red, can't find a better man
Can't find a better man

She loved him, yeah, she don't want to leave this way
She feeds him, yeah, that's why she'll be back again

Can't find a better man

Nota: quando é que poderei ver estes grandes senhores ao vivo, hein?

24 de dezembro de 2013

Merry Christmas


Mais um ano em que o Natal se passa no UK mas felizmente tenho uma família que num abrir e fechar de olhos faz 2 mil e tal quilómetros só para estar comigo nesta ocasião. Para quem me segue há algum tempo sabe que não sou fã do Natal mas agora estou a começar a gostar, talvez porque é uma desculpa para ter a minha família na minha casa e comigo. 
Deixo-vos com uma publicidade da Jack Daniels que retrata brilhantemente o espírito Natalício.

"Some people prefer natural trees. Other choose artificial. 
We like ours made out of whiskey barrels. (...)
It's a seasonal symbol of good times, good friends and damn good whiskey! 
Because when it comes to the holidays, it doesn't matter what kind of tree you've put up, so long as you've got the right people gathered around it.
Happy Holidays..."

22 de dezembro de 2013

20 de dezembro de 2013

High as a kite


Tive um doente que depois de acordar da anestesia virou-se para mim e queria fazer-me desesperadamente a seguinte pergunta: "Pode-me dizer se é preciso algum pré-requisito de beleza para trabalhar no Bloco Operatório? Vocês são todos lindos!"

Não há mais drogas para a cama 3!

16 de dezembro de 2013

Christmas Party


Ultimamente mal tenho tido tempo para respirar, entre trabalho e festas de Natal, gostava de hibernar durante uns tempos... LoL.
Mas no último jantar de Natal a que fui, aconteceu algo deveras interessante. Após um belo jantar no restaurante português aqui da zona, fomos a um bar onde sucedeu o seguinte. Mal chegámos ficamos nas imediações do bar e vi-mos um rapaz a sair a correr do bar e a ser perseguido por dois seguranças que envergonhavam alguns armários do IKEA. 
Obviamente o gajo não vai longe e é com alta placagem que o metem no chão pois ainda tentou bater nos seguranças. Enquanto um dos seguranças o aguentava no chão, o outro prendia-lhe as mãos com qualquer coisa de plástico e levam-no para a berma da estrada (pois a placagem deu-se no meio da rua) para o sentarem, dizendo-lhe que tinha que se acalmar.
O gajo senta-se e depois de respirar fundo, levanta-se, começando a correr (com as mãos atrás das costas) e, vá-se lá saber como, vai em alta velocidade contra o vidro de uma montra duma loja em frente. 

Não sei o que o gajo fez ou o que se passou mas a cena toda, apesar de obviamente ter sido extremamente dolorosa para o rapaz em questão, eu cá para mim só pensava: pronto, e é por isto que nunca fico sem trabalho.
Podia ser pior, LoL.

12 de dezembro de 2013

Faroladas


Neste último fim-de-semana recebemos uma visitinha de amigos nossos, que deu para colocar a conversa em dia, muito passeio, matar saudades e imensas palhaçadas... Cá vos esperamos outra vez brevemente!

10 de dezembro de 2013

Give me piercing eyes or give me death!


Aquele momento em que estás a aplicar eyeliner com uma precisão cirúrgica e alguém te assusta ou te toca nos cotovelos... Acredito que a pena de morte seria de considerar nestes casos.

6 de dezembro de 2013

4 de dezembro de 2013

Mais um lote de aventureiros


O hospital onde trabalho, contratou mais 50 portugueses que irão ser distribuídos pelas enfermarias e 5 desses portugueses foram meus caloiros...

30 de novembro de 2013

The merry life of scrubs


Reparei há pouco tempo que raramente falo do trabalho.
Não que não seja animado, ou que seja a mesma coisa todos os dias. Eu tenho muitas histórias, muitas mesmo! Uma melhor que a outra, LoL.
Na verdade, as histórias mais animadas desenrolam-se principalmente ao fim de semana e, geralmente, envolvem: vibradores, pepinos, garrafas, bolas-chinesas, cabos de telefone… É só imaginação este pessoal, acreditem!

28 de novembro de 2013

O2 academy Brixton


Não tenho grandes palavras para o concerto dos Imagine Dragons. apenas que foi  simplesmente brutalíssimo! Obviamente que tocaram as músicas mais conhecidas On Top of The World, Radioactive, Round, It's Time... Mas tivemos direito ao inédito de uma cover deles de uma música dos Blur e outra dos U2.


Deixo-vos, com um pedacinho do fantástico concerto, a cover da música Song 2 que deitou a casa abaixo!

26 de novembro de 2013

Imagine Dragons


Estão a ver o concerto de Imagine Dragons em Londres que os bilhetes já esgotaram há meses? Eu vou! 
Supostamente eram apenas para ser dois dias de concerto mas como os bilhetes se foram tão depressa tiveram que adicionar mais um dia à tour e acho muito bem, eheheheh. 
E pronto era isto... LoL. Hoje lá vou eu para Londres para mais um concerto!

24 de novembro de 2013

The Mortal Instruments series


Ora bem, tenho a dizer que li os livros desta saga da Cassandra Clare mas não gostei muito... Apesar do enredo em si, ser bom e o mundo que a autora criou está também muito bom, contudo, a escrita e a abordagem é um bocado mais a nível adolescente e então aborreceu-me um bocado.Se querem uma saga de fantasia com uma vertente mais adolescente, então leiam.
O filme do primeiro livro estreou em Agosto/Setembro e acho que saiu um pouco ao lado mas quando se trata de adaptações a filme, já sabemos o que a casa gasta.


22 de novembro de 2013

Fui num pé e vim no outro!


Fui passar uns diazinhos a Portugal, que parece que nunca são suficientes para ver e estar com toda a gente... Deu, no entanto, para comer muita comidinha saborosa (incluindo a bela da Francesinha), muita bebida da boa, cafézinho da moda e acima de tudo companhia fantástica!

Gostaria também de acrescentar que nesta viagem à Bila, tive a oportunidade de conhecer uma súbdita assídua aqui do Reino, tendo-a iniciado na arte de comer Covilhetes. Peço desculpa pelo encontro meio a fugir mas, infelizmente, o tempo nesta pequena visita foi bastante escasso... Espero que tenhas gostado!

20 de novembro de 2013

My disaster button


A little after twelve
The function suite was full
Of people I had never seen before

Ripped up ticket stubs
Confettied on the floor
It dawned on me I'd seen it all before

Cool your beans my son
You look a fucking mess
No ones getting out of here tonight

Hit that button there
The one that just says wrong
We'll lose our minds to all our favourite songs

Throw forward to later 
you look light on your feet
When you whirled in the room
I was nailed to my seat

I'm like a prisoner 
getting ready to talk
I feel the blood in my hands
and the threat in your walk

And suddenly
it lifts the roof off the place
It puts a vault in my step
And a grin on my face

It can't contain me
but you'll need an army
To get me back in my box
Or snap the branches off me

A little after four
The function suite is dead
And I am just a ripped up ticket stub

But heres a helping hand
A voice that's far to close
And I am up and on my broken limbs

Throw forward to later 
you look light on your feet
When you whirled in the room
I was nailed to my seat

I'm like a prisoner 
getting ready to talk
I feel the blood in my hands
and the threat in your walk

And suddenly
it lifts the roof off the place
It puts a vault in my step
And a grin on my face

It can't contain me
but you'll need an army
To get me back in my box
Or snap the branches off me

And suddenly
it lifts the roof off the place
It puts a vault in my step
And a grin on my face

It can't contain me
but you'll need an army
To get me back in my box
Or snap the branches off me

15 de novembro de 2013

Sinto a cidade porque...



Sem palavras para descrever isto... sim porque Trás-os-Montes não é uma aldeia pegada como fazem passar nos media.

10 de novembro de 2013

Publicidade, marketing, propaganda... e eu lá no meio!


Há uns dias, estava a dar umas voltas pelo centro da cidade e vi que na High Street estavam várias pessoas vestidas de igual com uma t-shirt de um ginásio local e estavam a oferecer panfletos desse mesmo ginásio, supostamente, aleatoriamente às pessoas na rua. Como ainda estava longe, estive a apreciar a situação toda…

A escolha não era de todo aleatória,davam a pessoas com um nadinha de peso ou com um andar mais desleixado e se por acaso encontravam uma pessoa que realmente tinha bastante peso a mais, davam um panfleto a uma pessoa magra logo de seguida, para mostrar de imediato: isto é aleatório e com fins publicitários.
Outro ponto interessante é que das pessoas que estavam a oferecer os panfletos, a maioria eram homens, que no pico do Outono em que já temos que levar um casaco mais quente, estavam de mangas cavas para mostrar toda a sua musculatura e no caso das mulheres todo um sports-bra decotado. 

Voltando ao caso dos homens… Eu comecei a pensar. E vocês como meus seguidores, já devem saber que quando eu penso é porque não vai dar coisa boa, certo?
Mas pensei assim, imaginem que uma senhora ou um senhor mais seguro de si, recebe um daqueles panfletos e desata a disparatar com os homens? Até mesmo chegando a prometer porrada?
Só que nada disso acontece, não é? Foi aí que pensei que aquele músculo todo à mostra não é marketing mas sim segurança. Obviamente que ninguém se vai meter com um gajo que com um sopapo te faz ver estrelas!
Então as pessoas lá aceitam os panfletos e continuam a sua vidinha sem poder mandar os gajos à merda por insinuarem que precisam de ir queimar calorias para o ginásio. Não está fácil esta vida…

E agora vocês perguntam, o que raios é que a foto está relacionada com o texto? Nadinha… mas é muito boa de se olhar, LoL.

Nota: quando passei pelo homem-armário, ele olhou para mim e não me deu um panfleto. Yes! Yes! Freaking yes!

8 de novembro de 2013

Estou a ficar muito inglesa...


...porque estou a levar o meu chá muito a sério. 

Encontrei uma marca de chá fantástica! Além de ter um chá de frutos vermelhos que é qualquer coisa de divinal e um chá de menta muito bom, fazem também assim uns sabores mais alternativos. 
Estes são os novos sabores para os dias mais frios que se avizinham: chocolate e pipocas!

6 de novembro de 2013

Roundhouse




Ora bem, tenho a dizer que os concertos foram brutalíssimos! Com a surpresa da adição de Katatonia, que estava bastante de pé atrás porque já os tinha visto ao vivo num festival e fiquei bastante desiludida... Mas fui surpreendida pela positiva porque o som estava fantástico e eles soaram como eles próprios, gostei!
Depois Lacuna Coil que foram uns verdadeiros animais no palco e a maior parte das músicas que tocaram foram dos álbuns antigos que são os que eu mais gosto, por isso estava que nem podia, eheheh.
Por fim, foram os Paradise Lost que faziam 25 anos e iam gravar um álbum ao vivo na Roundhouse. Uma noite fantástica, de facto!


Quanto ao espaço em si, a Roundhouse é simplesmente uma casa de espectáculos sensacional, o palco é gigante, imenso espaço e ainda espaços sentados na parte superior. Além disso, ainda estava decorada a preceito, aranhas gigantes nas paredes, monstros gigantes nos cantos, montanhas de teias de aranha a percorrer as paredes e ainda uma casa de horrores na parte exterior. Agora percebo porque é que todos os concertos na Roundhouse são espectaculares...

3 de novembro de 2013

Paradise Lost, Lacuna Coil & Katatonia


Hoje é dia de concerto! Mas desta vez na famosa Roundhouse em Londres, com a presença de três das minhas bandas favoritas: Paradise Lost, Lacuna Coil e Katatonia.
Muita expectativa! Porque já é sabido que os concertos na Roundhouse são assim para lá de brutais... Espero não ir com as expectativas muito altas.

Agora com licença que vou comer uma caixa inteira de mebocaína para poder berrar a plenos pulmões! LoL

30 de outubro de 2013

Now is my time...



My shadow's
shedding skin and
I've been picking
Scabs again.
I'm down
Digging through
My old muscles
Looking for a clue.

I've been crawling on my belly
Clearing out what could've been.
I've been wallowing in my own confused
And insecure delusions
For a piece to cross me over
Or a word to guide me in.
I wanna feel the changes coming down.
I wanna know what I've been hiding in

My shadow.
Change is coming through my shadow.
My shadow's shedding skin
I've been picking
My scabs again.

I've been crawling on my belly
Clearing out what could've been.
I've been wallowing in my own chaotic
And insecure delusions.

I wanna feel the change consume me,
Feel the outside turning in.
I wanna feel the metamorphosis and
Cleansing I've endured within

My shadow
Change is coming.
Now is my time.
Listen to my muscle memory.
Contemplate what I've been clinging to.
Forty-six and two ahead of me.

I choose to live and to
Grow, take and give and to
Move, learn and love and to
Cry, kill and die and to
Be paranoid and to
Lie, hate and fear and to
Do what it takes to move through.

I choose to live and to
Lie, kill and give and to
Die, learn and love and to
Do what it takes to step through.

See my shadow changing,
Stretching up and over me.
Soften this old armor.
Hoping I can clear the way
By stepping through my shadow,
Coming out the other side.
Step into the shadow.
Forty six and two are just ahead of me.


Nota: Esta sim, era uma das bandas que gosta mesmo imenso de ver... Tool, uma das minhas favoritas!

26 de outubro de 2013

Aquela coisa chata chamada miopia...



Aqui no UK, há toda uma mania dos contratos e isso estende-se a tudo! Desde os telemóveis, que já nos foi dito é raríssimo venderem telemóveis a pronto, a comprar roupa e sei lá que mais. Geralmente não sou de fazer contratos… talvez porque em Portugal não há esse costume, não sei. Contudo houve um contrato que fiz e estou muito contente com ele. 

O contrato que fiz foi com a Vision Express (VE), que é como se fosse uma espécie de clinica-óptica, pois precisava de ter as lentes aqui no UK, em vez de ir buscar a Portugal, além de que aqui é muito mais barato. Contudo é preciso um serviço seguro e de confiança porque com a visão é preciso ter todos os cuidados e mais alguns! A primeira vez que fui à VE gostei imenso do atendimento e fiquei imensamente surpreendida quanto às consultas em si. Nem em Portugal, e eu ia a um oftalmologista privado, me fizeram tantos testes como me fizeram na VE. Foi tudo possível e imaginário! Quanto foi na altura de pagar, pensei: isto agora é que vai ser um arrombo… O meu contrato ficou estupidamente barato, com lentes quinzenais, líquido das lentes gratuito, consultas anuais gratuitas e ainda desconto na mudança de óculos. 

 Será que também temos contratos destes em Portugal e eu é que não sabia?

24 de outubro de 2013

It really is...


É tão bom, de vez em quando, passar um dia inteiro com o meu Kindle e uma chávena de chá...

22 de outubro de 2013

Anneke @ Jazz Cafe


O concerto foi simplesmente brutalíssimo... Anneke é simplesmente uma força no palco e o facto de o espaço não ser imensamente grande, tornou o concerto muito mais intimo com os fãs.

Quanto ao local em si, o Jazz Café em Camden Town é super fácil de localizar porque fica mesmo em frente à estação do Tube, LoL. E gostei bastante do espaço... mas claro, nós sendo portugueses, tinha que haver mais história.
Quando fui pedir uma bebida dentro do Jazz Café, antes de o concerto começar, pedi a bebida e enquanto esperava, estava na conversa com os meus amigos e quando o empregado me traz a bebida e diz o preço em português... Claro que nós tínhamos que ser atendidos por um português, nós estamos em todo o lado! LoL


19 de outubro de 2013

Anneke & Camden Town


Hoje vou ver a Anneke Van Giersbergen (ex-vocalista dos The Gathering), além de ela ser fantástica há também outra coisa em ter em conta... Este vai ser o meu primeiro concerto em Camden Town! 
Já sei que vai ser qualquer coisa de outro mundo. Mal posso esperar!

16 de outubro de 2013

Miminhos gastronómicos


No fim-de-semana passado fomos almoçar com o meu tio a Londres a um restaurante português. O meu miminho gastronómico não foi nada mais nada menos que uma bela duma carne de porco à alentejana, uma garrafinha de Casal Garcia e para finalizar um belo dum café português!
Ai que me soube pela vida...

14 de outubro de 2013

Where my demons hide...


When the days are cold
And the cards all fold
And the saints we see
Are all made of gold

When your dreams all fail
And the ones we hail
Are the worst of all
And the blood’s run stale

I wanna hide the truth
I wanna shelter you
But with the beast inside
There’s nowhere we can hide

No matter what we breed
We still are made of greed
This is my kingdom come
This is my kingdom come

When you feel my heat
Look into my eyes
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide
Don’t get too close
It’s dark inside
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide

Curtain’s call
Is the last of all
When the lights fade out
All the sinners crawl

So they dug your grave
And the masquerade
Will come calling out
At the mess you've made

Don't wanna let you down
But I am hell bound
Though this is all for you
Don't wanna hide the truth

No matter what we breed
We still are made of greed
This is my kingdom come
This is my kingdom come

When you feel my heat
Look into my eyes
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide
Don’t get too close
It’s dark inside
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide

They say it's what you make
I say it's up to fate
It's woven in my soul
I need to let you go

Your eyes, they shine so bright
I wanna save that light
I can't escape this now
Unless you show me how

When you feel my heat
Look into my eyes
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide
Don’t get too close
It’s dark inside
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide 

10 de outubro de 2013

The Divergent Series


"I might be in love with you." He smiles a little. "I'm waiting until I'm sure to tell you, though."
"That's sensible of you", I say, smiling too. "We should find some paper so you can make a list or a chart or something."
Para quem adorou The Hunger Games, tem que ler estes livros da Veronica Roth... Não vou explicar grande coisa à cerca destes livros porque no início de 2014 sai o filme do primeiro livro! Eu acho, na minha opinião que os livros do Hunger Games estão melhor concebidos mas Divergent não se fica atrás por muito... É a minha modesta opinião. Aqui fica o trailer do filme:


8 de outubro de 2013

And I wonder...



 Hello
I've waited here for you
Everlong

Tonight
I throw myself into
And out of the red, out of her head she sang

Come down
And waste away with me
Down with me

Slow how
You wanted it to be
I'm over my head, out of her head she sang

And I wonder
When I sing along with you
If everything could ever feel this real forever
If anything could ever be this good again

The only thing I'll ever ask of you
You've got to promise not to stop when I say when
She sang

Breathe out
So I can breathe you in
Hold you in

And now
I know you've always been
Out of your head, out of my head I sang

And I wonder
When I sing along with you
If everything could ever feel this real forever
If anything could ever be this good again

The only thing I'll ever ask of you
You've got to promise not to stop when I say when
She sang

And I wonder
When I sing along with you
If everything could ever feel this real forever
If anything could ever be this good again

The only thing I'll ever ask of you
You've got to promise not to stop when I say when
She sang


Nota: provavelmente é um bocado cliché mas é a minha música favorita de Foo Fighters. Simplesmente brutal!

6 de outubro de 2013

Nando's: review


Neste fim-de-semana, eu e o Mais-que-Tudo fomos pela primeira vez à cadeia de restaurantes portugueses: Nando's. Especialidade da casa? Frango de churrasco e o resto do menu roda tudo à volta disso, muito sinceramente.
Esta foi a nossa sobremesa, uma naughty nata!

2 de outubro de 2013

As saudades da vida académica



Estava a evitar ao máximo não fazer este post mas já se está a tornar ridículo não o fazer... A razão pela qual estava a evitá-lo é porque vai-se tornar obviamente num post saudosista e do género no-meu-tempo-é-que-era-bom. 
Tenho imensas saudades da vida académica. Ponto
Eu cresci rodeada pela vida académica, quando entrei na universidade fiz por tentar viver o espírito académico ao máximo e apesar de esse tempo já ter passado, tenho saudades de sentir o peso da minha capa nos meus ombros, ver uma serenata, ver praxes e praxar… 
Quando via este tipo de comentários ou posts aqui na blogosfera, pensava, na altura, que isso para mim ainda estava longe, que ainda faltava muito tempo… Mas o que é certo é que os meus 5 anos de universidade passaram a correr e quando me apercebi já era finalista a chorar baba e ranho na missa de Bênção das Pastas. 
Por isso o meu conselho a todos os que iniciaram a sua vida académica ou que estão a meio dela ou que vão acabar este ano: vivam ao máximo o espírito académico e se souberem o que isso implica, deixem-no semeado nos caloiros, nos colegas (colegas são as P****), etc. porque infelizmente está-se a perder o grande espírito académico. 
Aproveitem porque o tempo passa a correr, depois terão outras responsabilidades e vão começar a olhar para esses anos como os melhores anos da vossa vida!


Nota: foto de há séculos atrás, LoL.

28 de setembro de 2013

The Lux Series


"There was something soul-burningly beautiful about being on the brink of losing control, tumbling over into the unknown, and I wanted to fall and never resurface."

Como simplesmente amei The Covenant Series, quis ler uma outra série da mesma autora, a Jennifer L. Armentrout, porque simplesmente adoro a forma de ela escrever. O que pensei é que não ia conseguir ler nem um livro desta série porque é assim um tema muito syfy. Estes livros são sobre aliens, não como o ET mas com aparência humana e com certos poderes... Não me quero estender muito para não fazer nenhum spoiler!
O que é certo é que li a série toda e já estou a roer as unhas à espera do 6º livro que deve só deve ser publicado lá para 2014. 

Contudo, há novidades:  The Covenant Series vai virar uma série televisiva e vão lançar o filme do primeiro livro da The Lux Series, mal posso esperar!

De momento, tenho assim uns livros "despernados" para ler mas voltarei a ler livros desta autora porque ela, como super-heroína que é, está a escrever não sei quantas sagas ao mesmo tempo, por isso vou ter muito para ler.

24 de setembro de 2013

Aniversário da Ana


É tão bom quando as meninas se juntam! Não estavam todas mas fizemos a festa à mesma, LoL. Muito orgulhosa do meu vestido da Warehouse...

22 de setembro de 2013

About the Portuguese...

The Portuguese tend to underestimate their own country. They will tell you that it is always in crisis, that it is badly managed, their bureaucracy is a nightmare, everything is so expensive, and so on. But actually, despite the current crisis, it compares very well to most other countries I’ve spent time in, so much so that I’d quite happily see out the course of my natural life here. You can buy fantastic bottles of wine for a few euros, the transport system is well-designed and aesthetically pleasing, it is constantly sunny over summer, and people are very polite and helpful. The result of all this is that many Portuguese want to escape to another country, while everyone else seems to want in!    http://popanth.com/article/ten-things-ive-learned-about-the-portuguese/

É extremamente interessante saber como é que as pessoas de fora nos vêem, cliquem no link se quiserem ler o artigo completo! 

18 de setembro de 2013

Lembrando velhos tempos...


Desta última vez que fui à Bila, estive com pessoas com quem não estava há anos! Lembrando outros tempos, pessoas e momentos, é nestas alturas em que nos apercebemos que, apesar do que muda nas nossas vidas, há certas coisas que nos ficam gravadas no coração.
Lembrei-me uma época da minha vida em que fui muito feliz e nem sequer me apercebia do quão feliz era. 

16 de setembro de 2013

Raízes vs Independência



Acho que já tinha dito aqui no Reino que apesar de já ter passado 1 ano e meio, não se torna fácil dizer adeus (que é mais um “até já”) a Portugal. Não se torna mais fácil despedirmo-nos da nossa família, amigos, etc. Torna-se, sim, é mais tolerável… No entanto, começou algo inesperado. Começou a ser difícil despedir-me do UK! Agora, se calhar, vocês pensam que sou maluca, principalmente o pessoal que está no UK a contar os dias (tal e qual como numa prisão, o que acho deprimente) até ir para Portugal, que dizem isso mesmo, que sou maluca mas faz-me todo o sentido. 

Fico de coração apertado quando me vou embora de Portugal porque é lá que estão as minhas raízes, foi lá que eu fui criada e educada, estarei para sempre ligada ao meu país, principalmente ao meu Reino Maravilhoso, porque uma vez Transmontano, Transmontano até morrer! Apesar dos seus defeitos como país, devíamos estar muito orgulhosos da nossa alma lusa… 

No entanto, também vou de coração apertado do UK porque foi aqui que conquistei a minha independência. Claro que obviamente a independência financeira está acima de tudo mas (nisto o pessoal que foi estudar para fora ou esteve a viver fora da casa dos pais, vai perceber em parte) uma coisa é começar a trabalhar em Portugal onde a nossa família e amigos nos podem dar apoio moral. Quando uma pessoa vai para o estrangeiro todo esse apoio se desvanece (em parte) e somos obrigados a ser independentes. 
Para mim foi uma mudança bastante exponencial pois sempre me considerei uma pessoa independente, contudo, tive colegas que esse choque os deitou muito a baixo e outros que o facto de ser independentes ainda os assusta. 

Torna-se assim difícil despedir-me dos dois… De um lado as minhas raízes e do outro lado a minha independência.

14 de setembro de 2013

De volta ao UK...


Deu para matar saudades de Portugal e o que é bom, acaba depressa... Agora, toca a trabalhar!

2 de setembro de 2013

The Covenant Series



"My bitch switch was flipped and, well, my sense of self-preservation went right out the window." - Daimon 

"Two people see each across a room or their skin brushes. Their souls recognize the person as their own. It doesn't need time to figure it. The soul always knows... wether it's right or wrong." - Half-Blood 

"I guess there were two types of people in the world, those who sat around a fire, staring into the flames, and those who started the fire." - Pure 

"Emotions that are forced always end in tragedy." - Deity 

"Love is such a wild and reckless creature. It cannot be planned or threaded. It cannot be controlled. Love can coexist with Fate, or it can undo it. Love is the only thing more powerful than Fate." - Elixir
  
"Release the Kraken!" Several sets of eyes settled on me. "What?" I gave a lopsided shrug. "I've always wanted to yell that since I saw that movie. Seemed like the perfect moment.” - Apollyon

Isto agora com o Kindle, não quero outra coisa... É só ler, ler e ler. E nestes dias acabei de ler uma saga que adorei! A saga chama-se The Covenant e é de Jennifer L. Armentrout.

Não quero revelar muito, por isso digo apenas que o tema dos livros revolve à volta da mitologia grega nos dias de hoje e que existe todo um mundo paralelo ao nosso que vive seguindo as suas regras, com poderes e afins mas o que é fantástico é a maneira de escrever da autora que além de te fazer querer saber mais e mais, é hilariante!

"The Hematoi descend from the unions of gods and mortals, and the children of two Hematoi pure bloods have godlike powers. Children of Hematoi and mortals--well, not so much. Half-bloods only have two options: become trained Sentinels who hunt and kill daimons or become servants in the homes of the pures."

Para quem gosta de fantasia, têm que ler esta saga... É, sem dúvida, uma das minhas favoritas! E se calhar por isso mesmo, não consiga dizer grande coisa sem fazer um mega spoiler. Simplesmente, leiam!

30 de agosto de 2013

One pound fish



O pessoal aqui no UK andava a delirar com este homem... Uma curiosidade à parte, pelos vistos o senhor ficou tão famoso que a polícia descobriu que ele é um imigrante ilegal e tendo sido depois deportado. Coitado, LoL. Mas vejam o vídeo, o reportório dele é mesmo impressionante e fica tudo no ouvido, por isso se andarem a cantar isto o dia todo, eu assumo a culpa!

28 de agosto de 2013

Beer & Cider Festivals


No típico British Summer (metade chuva e metade sol, ou as duas coisas no mesmo dia), principalmente quando faz bom tempo, começa-se a ver os cartazes dos Festivais da Cerveja e da Cidra. Tenho a dizer que eles levam a parte de "festival" mesmo a sério! LoL.
Como nestes dias tive assim um aglomerado de folgas, aproveitei e fui a um festival desses a um excelente pub que fica mesmo ao pé de minha casa... Montes de barris tudo cheio de diferentes cervejas e cidras, ao ponto de uma pessoa pensar: será que há assim tanta diferença. Afinal há e de que maneira! Aquilo é cerveja com sabor a canela, cerveja envelhecida a cascos de rolha, cerveja que-nem-lembra-ao-menino-Jesus, já para não falar da panóplia de sabores de cidra.
Por acaso em Portugal não tinha muito hábito de beber cidra, tendo em conta sou orgulhosamente Transmontana, quando chegava o verão e queria beber qualquer coisa fresca ia logo para o meu rico Favaios. Por isso, quando vim para o UK descobri o mundo encantado da cidra e tenho a dizer, adoro! Aliás, tanto eu como o Mais-que-Tudo ficámos rendidos... A nossa favorita é a da imagem, que por ter um nome valentemente esquisito mas sabe tão, tão bem! Além do sabor a morango a de sabor a manga é simplesmente qualquer coisa.

24 de agosto de 2013

É já amanhã!


Amanhã vou ao Notting Hill Carnival! Já no ano passado quando soube deste festival, queria muito ir mas quando soube já foi muito em cima da hora e não consegui trocar folgas... desta vez foi diferente, por isso este ano promete música, dança, comidinha e muito divertimento. Aqui vou eu!

22 de agosto de 2013

20 de agosto de 2013

A aventura de ter 25 anos em Inglaterra


Ok, há toda uma história engraçada dos meus 25 anos aqui em Inglaterra... Aqui nos pubs tem que se ter mais que 21 anos para se beber e eles levam isso muito a sério. Nas lojas ou supermercados aparecia muitas vezes se tivesses menos que 25 tinhas que apresentar a ID e eu já tinha sido abordada por ter menos de 25 anos.
Quando fiz 1/4 de século o que é que fui fazer primeiro? Comprar álcool, claro! LoL. Só para depois os meus colegas de trabalho me dizerem que sempre pude comprar desde os meus 21 anos, que o 25 anos é apenas de apresentação de ID e não é uma proibição.
Acabaram de matar a minha única felicidade de fazer 25 anos, LoL.

18 de agosto de 2013

Please just save me from this darkness...



 Please don't let this turn into something it's not
I can only give you everything I've got
I can't be as sorry as you think I should
But I still love you more than anyone else could

All that I keep thinking throughout this whole flight
Is it could take my whole damn life to make this right
This splintered mast I'm holding on won't save me long
Because I know fine well that what I did was wrong

The last girl and the last reason to make this last for as long as I could
First kiss and the first time that I felt connected to anything
The weight of water, the way you told me to look past everything I had ever learned
The final word in the final sentence you ever uttered to me was love

We have got through so much worse than this before
What's so different this time that you can't ignore
You say it is much more than just my last mistake
And we should spend some time apart for both our sakes

The last girl and the last reason to make this last for as long as I could
First kiss and the first time that I felt connected to anything
The weight of water, the way you told me to look past everything I had ever learned
The final word in the final sentence you ever uttered to me was love

The last girl and the last reason to make this last for as long as I could
First kiss and the first time that I felt connected to anything
The weight of water, the way you told me to look past everything I had ever learned
The final word in the final sentence you ever uttered to me was love

And I don't know where to look
My words just break and melt
Please just save me from this darkness

And I don't know where to look
My words just break and melt
Please just save me from this darkness

16 de agosto de 2013

A minha nova aquisição


Já andava a namorar um Kindle há imenso tempo mas sempre receosa de perder aquela sensação de ler um livro, folhear as páginas, etc. Mas depois de experimentar ler num Kindle, fiquei convencida pois o ecrã não é como um tablet, aliás não tem nada relacionado, até a bateria. Um aparelho destes mesmo estando a ler todos os dias (sem wi-fi ligada, obviamente), a bateria dura pelo menos 1 mês! Além de levares todos os livros sempre contigo, o que faz toda a diferença quando se vai de férias.
Onde fiquei confusa foi escolher entre o Kindle Basic ou o Kindle Paperwhite mas depois de consultar vários peritos acabei por comprar o Kindle Paperwhite.  O Basic não tem luz o que devido às definições do aparelho, te ajuda a não esforçares os olhos, o que é óptimo e o Paperwhite é touch em vez de funcionar com botões, além de ser mais leve também.
Estou muito contente com a minha escolha e já tenho uma autentica livraria pois outra descoberta que fiz, é que os livros kindle edition são mais baratos. Para vos dar um exemplo, o último livro da J.K. Rowling "Casual Vancancy" custa, de momento, apenas 3 libras (que deve ser mais ou menos, 5 euros)! Já para não falar dos livros kindle gratuitos... Só vantagens!

Resumindo, vale mesmo a pena!

14 de agosto de 2013

Visual 1/4 de século



Já há algum tempo que queria fazer algo de diferente... até que me lembrei de fazer uma franjinha, LoL.

12 de agosto de 2013

The Hunger Games


My hands slide up his wrists to claps his. "Don't let him take you from me."
Peeta's panting hard as he fights  the nightmares raging is his head. "No, I don't want to..."

I clench his hands to the point of pain. "Stay with me."

His pupils contract to pinpoints, dilate again rapidly, and then return to something resembling normality. "Always", he murmurs.

Na semana passada acabei de ler a trilogia The Hunger Games da Suzanne Collins e tenho a dizer que gostei bastante pois houve mesmo alturas em que não conseguia pousar os livros... No entanto, pessoalmente não gostei de como acabou mas como não quero fazer muitos spoilers, aconselho apenas a lerem pois é viciante!

8 de agosto de 2013

Latin Night



Qualquer desculpa é boa para sair e tomar uns copos com o pessoal... então quando se junta a despedida de um membro da equipa e um pub que já provou ser fantástico para uma night out. Isto porque tem noites alternadas de música jazz e música latina, tudo ao vivo! Nesta noite em particular foi música latina e a banda tocou, obviamente, a música Volare, ao qual todo o povo tuga presente (que ainda éramos uns quantos) respondeu com fervor, cantando em plenos pulmões.
A parte interessante é que obviamente tinha pessoas de todas as nacionalidades e achei engraçado como colegas estrangeiros e britânicos vinham ter connosco a perguntar que música era aquela e o que significava... 

Que descrição vocês dariam? 

6 de agosto de 2013

Emirates Cup


Fomos ao estádio do Arsenal ver a Emirates Cup, principalmente, para ver o nosso grande FCP! Pena ter perdido o jogo naquele dia mas enfim, não se pode pedir tudo, LoL.


22 de julho de 2013

O pior de ir de férias...

...tratar da roupa! LoL

E assim, estamos de volta ao nosso cantinho, com imensa roupa para lavar e passar. O que vale é que aqui não é como a Bila (que estava 40 graus à sombra), também está bom tempo mas é algo mais como 30/35 graus sempre com uma brisa fresquinha!