11 de agosto de 2020

One True Loves (opinião SEM spoilers)

I think that perhaps everyone has a moment that splits their life in two. When you look back on your own timeline, there’s a sharp spike somewhere along the way, some event that changed you, changed your life, more than others. A moment that creates a “before” and an “after.”

Então aqui estou eu na demanda de ler todos os livros da autora Taylor Jenkins Reid que logo com o primeiro livro, ganhou uma grande fã. 
Neste livro ela voltou a não me desiludir mas vamos por partes... Relativamente à premissa, que ficamos logo a saber no primeiro parágrafo, uma mulher que está noiva, recebe do nada uma chamada telefónica do seu marido... que toda a gente pensava que estava morto há 2/3 anos. E com essa chamada fica a saber que ele está a regressar. 

Portanto, vocês podem-me dizer que o livro é apenas sobre um triângulo amoroso mas a verdade é que a situação é tão única... aliás a situação em si é única e por isso mesmo vos conto a premissa de imediato pois além de ser o romance maduro já esperado da TJR, com questões e situações difíceis de digerir, é um daqueles triângulos que poderia nunca acontecer pois uma das pessoas é presumida morta. Ou seja, acaba por dissecar o conceito de "amor verdadeiro" (true love), como ele evolui e persiste, como nos define e também nos molda, especificamente depois da sua perda.

Mais uma vez, a autora demonstra uma maturidade e um zelo pela realidade na sua escrita, que torna a história por si difícil de conceber, numa coisa palpável ao ponto de as nossas emoções, relativamente ao que acontece, serem viscerais. Já para não falar da qualidade da escrita em si, que mais e mais penso que é excelente!

Por isso, em termo de conclusão, se quiserem um romance adulto e se gostam de triângulos amorosos mas estão fartos do arroz, LoL. Ou seja, estão já cansados de ler sempre o mesmo, aconselho vivamente este livro da TJR, que colocou na sua escrita maravilhosa esta dinâmica.tão singular.

Audiobook: aconselho o livro neste formato pois a história é super fácil de acompanhar e o vocabulário não é complicado.

Review em vídeo: não se esqueçam de visitar o Instagram do Reino para verem a review em vídeo.

8 de agosto de 2020

Temas Polémicos dos Livros, ep. 11

Esta é a continuação da nova rúbrica no Instagram do Reino, chamada Temas Polémicos dos Livros, onde tendo a falar de todos os temas tabu ou controversos ou não... do mundo literário.


Episódio 11 - Gostos literários


6 de agosto de 2020

BookMedia, episódio 1



The Phoenix Flight (Youtube): https://www.youtube.com/c/ThePhoenixFlight/


O BookMedia é um projecto criado pela soberana do blog "O Meu Reino Da Noite", para dar a conhecer a comunidade livrólica portuguesa, independentemente da plataforma que os entusiastas dos livros usam para chegar até nós, como blog, youtube, instagram, podcast, tiktok, et cetera. Em estilo podcast visual, cada episódio é uma entrevista a alguém que partilha o seu amor pelos livros online, com o intuito de dar a conhecer um pouco mais da pessoa por detrás de cada conta. Mas com um pequeno twist... o entrevistado é quem decide quem é o próximo convidado! Por isso, venham daí descobrir a BookMedia comigo.


2 de agosto de 2020

Bem-vindos ao BookMedia

O BookMedia é um projecto criado pela soberana do blog "O Meu Reino Da Noite", para dar a conhecer a comunidade livrólica portuguesa, independentemente da plataforma que os entusiastas dos livros usam para chegar até nós, como blog, youtube, instagram, podcast, tiktok, et cetera
Em estilo podcast visual, cada episódio é uma entrevista a alguém que partilha o seu amor pelos livros online, com o intuito de dar a conhecer um pouco mais da pessoa por detrás de cada conta. Mas com um pequeno twist... o entrevistado é quem decide quem é o próximo convidado!



Por isso, venham daí descobrir a BookMedia comigo!

30 de julho de 2020

Expecto Patronum



Amanhã assinala-se uma data importante para todos os Potterheads, mas este ano gostaria de deixar o aviso de que, apesar de concordarem ou não com polémicas da autora, a obra continua a merecer o seu mérito e tanta gente tem esta saga no coração, pois significa efectivamente mil e uma coisas. Se és uma das pessoas que não concorda com o que a autora diz fora dos livros, amanhã quando vires pessoal a celebrar os livros, lembra-te da empatia e gentileza que eles ensinam.

Dito isto, amanhã é o aniversário do nosso Harry Potter e como disse, esta saga está e estará no coração de muita gente.
Seja porque se sentiram menos sozinhos, ou porque se sentiram incluídos, ou porque se tornaram em pessoas melhores ao lê-los. Seja como for, estes livros e todo o universo que a autora criou, marcou várias gerações. E apesar de a saga já estar completa há uns valentes anos, ainda hoje tiramos ensinamentos dela ou nos apercebemos de um novo detalhe.

Uma particularidade deste universo que várias pessoas concordam que está muito bem capturado, são os Dementors.
Para quem não sabe ou está esquecido, os Dementors são criaturas das trevas que sugam sentimentos felizes, podendo ainda consumir a alma, deixando a pessoa num estado vegetativo.
E se isto não é a melhor personificação de depressão, eu não sei o que é!

Sermos reduzidos às coisas más da nossa vida, aos nossos pensamentos negativos, fazendo-nos sentir frios e solitários. Ficando assim prisioneiros, não num mero edifício, mas no nosso próprio corpo.
Contudo, Dementors podem ser combatidos, usando o feitiço "Expecto Patronum", que em latim significa mais ou menos: eu espero o meu protector. Na verdade, coloca ênfase de que, quem está a lançar esse feitiço, não está necessariamente à espera de um protector pois eles são os seus próprios defensores contra Dementors.

Um Patronus é criado mobilizando as nossas memórias e pensamentos positivos, criando um escudo à nossa volta, fazendo-nos ver que nem tudo na vida são trevas mas que dentro de nós está uma luz poderosíssima que nos define. Aliás, um Patronus completamente corpóreo, na minha cabeça, é o spirit animal da pessoa e ninguém me pode dizer o contrário, LoL.

Devido a esta particularidade me ter tocado tanto na altura dos livros, como ainda nos dias de hoje, gostaria de deixar uma pequena mensagem.

Para toda a gente que sente que tem todo um Dementor sempre à volta, por favor que levante a sua varinha, fecha os olhos e pensa nas coisas boas que tens na tua vida das quais tu te sentes grato, e pensa também num momento que te deixou imensamente feliz e em paz.
Pensa, visualiza... e antes de enunciares o feitiço, diz ao teu Dementor que tu é que és dono da tua alma, que és único(a), que és mais do que o desespero que sentes, que és amado(a), que és suficiente, que és válido(a), que és forte mesmo que procures ajuda, que tu não estás sozinho(a), que tu és livre...

EXPECTO PATRONUM!!!

28 de julho de 2020

TAG - Deuses do Olimpo


- Zeus, Deus do céu e da trovoada – Rei dos Deuses:
Livro Preferido

- Poseidon, Rei dos mares e dos tremores de terra:
Livro que te afogou em sentimentos

- Hades, Deus do Submundo e dos mortos:
Livro preferido com um enredo obscuro

- Hera, Deusa da Família e do casamento:
O casal fictional mais querido

- Atena, Deusa da Sabedoria e da estratégia militar:
Saga com a melhor construção de mundo

- Afrodite, Deusa do Amor e da Beleza:
A capa mais bonita 

- Ares, Deus da Guerra:
O livro mais violento que já li

- Hefesto, Deus dos Ferreiros e do Fogo:
Uma personagem quente e merecedora de desmaios

- Artemisa, Deusa da Caça e da Virgindade:
A Heroína preferida de todo o sempre

- Apolo, Deus do Sol e da cura:
Uma sequela que redimiu uma saga

- Hermes, Deus dos Ladrões e do comércio:
Livro com a melhor mensagem

- Héstia, Deusa da Lareira e do Lar:
Livro com a história com que mais te identificas

- Deméter, Deusa da Fertilidade e da Agricultura:
O melhor bookish setting

- Dionísio, Deus do Vinho e da celebração:
O livro mais antecipado 

Nota: visitem o Instagram do Reino para verem a minha resposta em vídeo!