30 de março de 2020

The Book Swap 2020 (ADIADO)



Tinha decidido voltar a organizar o The Book Swap em 2020. Contudo devido à conjectura do momento, decidi adiar.

Sim, adiar esta mega celebração do Dia Mundial do Livro porque, na verdade, este dia é como o Natal: é quando a gente quiser!
Portanto quando as coisas estiverem melhor, o The Book Swap volta em força! Até lá vamos lendo que temos nas nossas bibliotecas pessoais. 

Descobrindo novos mundos, tendo aventuras fantásticas, sem sairmos de casa... Por isso, o que estão a ler de momento?

28 de março de 2020

Book recommendations for your Hogwarts House

Vi estas recomendações em vários blogs e então decidi partilhar com vocês para ver se as nossas leituras vão de encontro com a nossa casa de Hogwarts! Vamos a ver se corresponde?

Gryffindor: 
You might belong in Gryffindor,
Where dwell the brave at heart,
Their daring, nerve, and chivalry
Set Gryffindors apart.

Os livros mencionados para esta casa são Night Circus de Erin Morgenstern, Ready Player One de Ernest Cline, A Court of Thorns and Roses de Sarah Maas, Sadie de Courtney Summers, The Book Thief de Markus Zusak e Illuminae de Kaufman & Kristoff.


Hufflepuff:
You might belong in Hufflepuff,
Where they are just and loyal,
Those patient Hufflepuffs are true
And unafraid of toil.

Os livros mencionados para esta casa são Fangirl de Rainbow Rowell, Perks of being a wallflower de Stephen Chbosky, The Kiss of Deception de Mary Pearson, To all the boys I've loved before de Jenny Han, Caraval de Stephanie Garber e Six of Crows de Leigh Bardugo.

Ravenclaw:
Or yet in wise old Ravenclaw,
if you’ve a ready mind,
Where those of wit and learning,
Will always find their kind.

Os livros mencionados para esta casa são Jonathan Strange + Mr. Norrell de Susanna Clarke, Aristotle and Dante discover the secrets of the universe de Benjamin Saenz, Dark Matter de Blake Crouch, War Cross de Marie Lu e Pride and Prejudice de Jane Austen.

Slytherin:
Those cunning folks use any means
To achieve their ends.
And power-hungry Slytherin
Loved those of great ambition.

Os livros mencionados para esta casa são 3 dark crowns de Kendare Blake, A darker shade of magic de VE Schawab, Angelfall de Susan Ee, The cruel prince de Holly Black, Murder on the orient express de Agatha Christie, The Godfather de Mario Puzo e Miss Peregrine's Home for Peculiar Children de Ransom Riggs.


Que acharam destas recomendações? Quantas delas já leram ou estão na vossa lista de livros para ler?

26 de março de 2020

Temas Polémicos dos Livros, ep. 8

Esta é a continuação da nova rúbrica no Instagram do Reino, chamada Temas Polémicos dos Livros, onde tendo a falar de todos os temas tabu ou controversos ou não... do mundo literário.


Episódio 8 - Ereaders


24 de março de 2020

The Shack/A Cabana


Antes de sequer começar a falar deste livro, escrito pelo autor William P. Young, tenho que vos contar a história por detrás dele.

Ano passado decidi organizar, juntamente com amigos, um evento livrólico, o The Book Swap, que foi basicamente uma troca de livros com imenso significado para nós. Quem ficou de me enviar o livro foi a Brenda do blog Momentos de Ataraxia, que já nos seguíamos há já uns aninhos e com a minha ida para o Instagram, acabamos por nos tornar mais próximas.
Então ela explicou-me que o livro dizia-lhe imenso, relendo quando estava em baixo e ao ponto de ter várias edições do livro.

Quando li a sinopse, tenho que ser extremamente honesta e dizer que não seria um livro que fosse ler espontaneamente. O livro é sobre Mac, que sofre um evento traumático onde perde a filha mais nova, acabando por ter mais tarde uma conversa com Deus.

Só isso me faria a não ler o livro, não porque tenho algum problema em ler sobre religião ou por achar controverso, simplesmente porque normalmente estes livros fogem para a instituição da Igreja em vez da própria teologia.

Dito isto, por incrível que pareça, eu gostei desta leitura. 

Em vez de ser um livro debitando ideologias, é uma história de um homem que passa por algo bastante traumático e horrível (que sendo mãe me custou imenso ler e me fez por vezes abraçar o meu pequeno com um bocadinho mais de força). Tenta então resolver todos os sentimentos que daí vieram e isso envolve uma longa conversa com Deus.

Como é que Mac chega ao ponto de ter esta conversa, eu não vos vou dizer porque não quero contar demasiado mas tenho que dizer que adorei o facto de Deus aparecer primeiramente como uma mulher, LoL. Quanto ao livro em si, gostei imenso da viagem que a personagem fez e os ideais que passou.
Quem nunca questionou o porquê de algo ter acontecido? Quem nunca perder um ente querido e se questionou como estariam? Ou ainda quem nunca esteve a sofrer para resolver certos sentimentos tóxicos dentro de nós?
Este livro é então uma viagem crua e dura mas ao mesmo tempo inspiradora e necessária.

Portanto, eu recomendo este livro a quem quiser ler uma história sobre superação com alguma teologia católica pelo meio mas sem se direccionar para a organização da Igreja e a doutrina dos homens. Mais não seja ler pela controvérsia por detrás deste livro ou até mesmo para fazermos a pergunta a nós próprios de: o que é que eu acredito?

Mais uma vez, muito obrigada Brenda pela partilha deste livro! E percebo como este livro pode significar tanto para ti.

Vocês já leram este livro ou leram nesta temática?


Nota: não se esqueçam de passar pelo Instagram do Reino para verem a review em vídeo!

22 de março de 2020

Como escolher o próximo livro?


Ora bem, para quem me segue há mais tempo, sabe que eu não faço TBR's mensais ou coisas do género, por isso mesmo é que fica mesmo muito difícil participar em maratonas ou desafios. 
Portanto, perguntam vocês, como é que eu programo as minhas leituras e/ou escolho a minha próxima leitura?

Ora bem, apesar das minhas escolhas serem um bocado ao sabor do vento, por eu gosto assim, tenho na mesma um pequeno sistema.
Quando criei o desafio de não comprar mais livros enquanto não lêsse o que tinha nas estantes, portanto tratei de escrever numa lista. Depois a essa mesma lista acrescentei ebooks que queria mesmo ler e ainda algumas sugestões vossas de audiobooks. Ou seja, resultou em duas páginas, LoL.

Quando vou escolher a minha próxima leitura tento intercalar géneros. Isto é, um dos meus géneros favoritos é fantasia, por isso, intercalo com outros géneros. Por exemplo, ora um livro de fantasia, seguido por um romance/thriller/não-ficção/etc, depois volto a fantasia e assim sucessivamente. Para não enjoar, é o que eu costumo dizer, LoL.

Ou seja, dentro da lista tento intercalar géneros, assim não enjoo e vou na mesma ao sabor do que me apetece na altura.

Como é que vocês escolhem as vossas leituras?

18 de março de 2020

Temas Polémicos dos Livros, ep. 7

Esta é a continuação da nova rúbrica no Instagram do Reino, chamada Temas Polémicos dos Livros, onde tendo a falar de todos os temas tabu ou controversos ou não... do mundo literário.


Episódio 7 - Outros formatos de livros