17 de janeiro de 2018

As primeiras

Aqui, no UK, os bebés têm a sua primeira consulta com o médico às 6 semanas. Antes disso, como mencionei no post "Depois do grande dia..." é acompanhado pela midwife e pela health visitor. Portanto, às 6 semanas lá fui com o Príncipe à consulta que por sua vez é uma consulta conjunta: serve tanto para examinar o bebé como avaliar a mãe no pós-parto.
O Príncipe foi examinado pela médica e está tudo normal. É engraçado como ficamos ansiosas por saber o peso de alguém... neste caso do nosso bebé. Para uma mãe que está exclusivamente a amamentar é extremamente bom ver o peso do nosso bebé a aumentar, dando-nos força para continuar a dar a mama, que é o melhor para os nossos pequenos.

Aqui no UK não é preciso esperar pelas consultas para saber o peso e o desenvolvimento do bebé. A partir do momento em que deixamos de ter as visitas domiciliárias da midwife e depois da health visitor, tem também centros onde há aulas, grupos e clínicas onde podemos levar o bebé para ser avaliado... as vezes que quisermos. Se queremos todas as semanas, vamos todas as semanas e nem é preciso marcação. Vejo um grande apoio aqui no UK para haver uma continuação em amamentar mas isso é assunto para outro post.

A médica na consulta pergunta também então sobre a amamentação, sobre a nossa recuperação física e faz bastantes perguntas a nível da nossa saúde mental, pois como já mencionei antes, os baby blues têm que ser vigiados para que não se tornem numa depressão pós-parto.

Após essa consulta, às 8 semanas os bebés têm as primeiras vacinas. E meu Deus... eu como profissional de saúde sei perfeitamente como os bebés reagem, o que fazer, os sinais a vigiar, etc mas como já vos disse, o meu Eu-enfermeira e o meu Eu-mãe não se comunicam entre si. Nunca tinha visto o meu Príncipe a chorar daquela forma e mesmo depois durante o dia passou cheio de dores e com febre. Ainda não tinha visto o meu pequenino doente... e que dor no coração!

Sei perfeitamente o quão importantes são as vacinas e sei que é para o bem dele mas tenho a dizer que não gostei nada da experiência. Coitadinho, ainda por cima foram logo 4 de uma só vez!

13 de janeiro de 2018

PoTD: update 5

Ora cá estamos para mais um update ao desafio Photo of The Day, que tal como já tinha explicado antes, consiste em colocar no Instagram uma foto por dia: que vai desde as minhas aventuras pelo UK, como das viagens que fiz ou ainda dos meus guilty pleasures fotográficos e muito mais... Espero que gostem!





Nota: não tenho o meu Instagram público mas se me quiserem seguir basta adicionarem @korina742.

10 de janeiro de 2018

Mummy blogs



Por acaso nunca fui de seguir mummy blogs ou baby blogs... portanto o meu conhecimento é quase nulo neste aspecto mas adoraria começar a seguir uns quantos.

E quem melhor para me aconselhar uns bons blogs, que os meus caros súbditos? Venham daí as vossas sugestões!

6 de janeiro de 2018

Eu não gosto de ver dói-dóis


Eu tenho um problema em ver vídeos deste género... não gosto mesmo nada. Vocês dizem: ohhh que querida, ela tem bué compaixão pelas pessoas.
LoL.
Naaaa... não gosto de ver porque só me faz lembrar do trabalho que me vão dar depois quando forem para o hospital!

3 de janeiro de 2018

Mães Fotógrafas Compulsivas Anónimas



Preciso definitivamente de ajuda, LoL. Estou-me a tornar numa daquelas mães que está sempre com milhares de fotos do bebé no telemóvel e sempre a mostrar ao pessoal... Ainda por cima com a quadra Natalícia e com os fatinhos giríssimos (tal como puderam ver no Instagram), uma pessoa perde-se!
Acho que devia ser criado um grupo para a recuperação de mães que tiram muitas fotos aos filhos, LoL.

"Olá, eu sou a C, e sou uma mãe fotógrafa compulsiva!"

Com certeza, a minha família e os meus amigos já estão a preparar uma intervenção, LoL.

31 de dezembro de 2017

The year of amazingness


Apesar de que é de esperar que 2018 não consegue ser superado por 2017, contudo acho que este novo ano, vai ser ainda melhor! Então e vocês perguntam, o que pode ser melhor do que o nascimento do teu filho? Ou te mudares para a tua casa?

Vai ser ainda melhor porque tenho o meu filho nos braços a fazer cada vez mais gracinhas todos os dias, estou a conhecer a sua personalidade e a vê-lo crescer a olhos vistos! Isto sim, enche-me o coração.
Quanto à casa... eu nem me quero lembrar do stress que foi, imensamente grávida e a casa cheia de caixas. Agora com uma casa box free, estamos de dia para dia a melhorar cada vez mais o nosso lar.

Por isso, 2018, chega depressa... Chega cheio de novas aventuras, que nós estamos prontos para todos os desafios!

27 de dezembro de 2017

Desafio incompleto


...e em pausa!

Devido à grande mudança este ano, o meu desafio do Goodreads ficou assim meio de lado. Tinha um objectivo de ler 52 livros mas só consegui ler 11 livros. 
Pode ser que eventualmente o Príncipe ganhe uma rotina boa e que me dê tempo para incluir um pouco de leitura no meu dia. Ou será que dará para incluir no Goodreads os livros infantis que vou ler ao Príncipe? Eheheh.