3 de março de 2010

Parabéns...

... à mãe!

2 comentários:

Anónimo disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL
Onde é que eu já ouvi coisas semelhantes!?

Embora não aprecie a linguagem que os referidos utilizaram, digo-lhe que devia conviver mais com enfermeiros... dava umas boas gargalhadas, ao fim de algum tempo conversas sobre necessidades fisiolágicas não lhe metiam nojo (mesmo durante as refieçoes) e, percebia que o mundo é muito simples!


Cumprimentos

A. Silva

Corina de Oliveira disse...

Cara A.Silva,

Enganou-se onde deveria comentar, mas não faz mal.
Quanto ao seu comentário, e quem é que lhe disse que por acaso um desses referidos enfermeiros, não era eu? :)
Ah! E acredite, esta conversa não foi das piores. LoL.
Um bem haja.