21 de junho de 2010

H&P: Falar depressa

Tal como no caso do tagarela, o indivíduo que fala muito depressa procura libertar-se de energia a mais. Passam-se coisas a mais e falar rapidamente é uma forma de se livrar delas. Deste modo, a comunicação pode ser dispersa, pois o conservador vai saltando de um tópico para outro, na tentativa de abordar vários assuntos. Um bom comunicador tem de ser um excelente ouvinte. (...) Falar depressa também pode ser um sinal de insegurança, como se quiséssemos acabar com a conversa o mais rapidamente possível. (...) Para ultrapassar este tipo de comportamento, o orador tem de passar mais tempo a ouvir a sua voz interior e não a exterior, de forma a sossegar esta mente ocupada e a dar-lhe maior equilíbrio.

3 comentários:

Nícia disse...

Eu tenho muito esse problema...

£ll disse...

Tenho conta no deviantart, mas não vou lá há muuuito tempo. Estou a ver agora as tuas imagens e estou a gostar :)

O meu é http://ellsonearth.deviantart.com/, mas não esperes nada de mais :$

Corina de Oliveira disse...

Nícia: Para grandes males, grandes remedios ;)


£ll: obrigada pelo teu interesse e visita :D