13 de agosto de 2010

El Corte Inglés

el corte ingles inglés gaia porto portugal shopping
Gostaria de vos contar o que me aconteceu na última vez que fui ao El Corte Inglés, mais precisamente no de Gaia. Para vos ser sincera, fui lá para passar o tempo (e também porque estava super fresquinho lá dentro), por isso dei uma volta, meia para o desinteressada, pelas lojinhas.
Até que o vi! Um vestido lindíssimo, fora do vulgar, mesmo ao meu gosto... em saldo!!!
E o que é eu fiz? Fui experimentar, óbvio! Porque só havia aquele e era o meu número, mas qualquer mulher sabe que não nos podemos fiar muito pelas etiquetas pois os números podem mudar de marca para marca.
Vesti. Ficava super bem. Era aquele número e mais nenhum. Não podia ser o número abaixo, nem o número acima. Assentava que nem uma luva! Mesmo assim pedi a opinião de quem foi comigo e disseram o mesmo que eu: era aquele!
Então mudei-me toda feliz e contente, a pensar na pechincha que estava a levar, com um sorrisinho nos lábios.
Durante este processo todo, a menina da loja tinha ido não sei onde, por isso tive até que esperar para pagar. Quando chegou e lhe dei o vestido para passar na máquina, ela pergunta-me o seguinte

Senhora da Loja: O vestido é para si?! E tem a certeza que lhe fica bem? É que isto é demasiado pequeno para si...

Só me apeteceu chamar-lhe de puta, vaca, cabra... E todos os adjectivos decentes para aquela mulher! Então chama-me de gorda, em alto e bom som?! E para não bastar tinha uma fila considerável atrás de mim!
Estão a imaginar a minha vergonha, certo? Eu sei perfeitamente que não estou feita uma baleia, tenho uns pneuzitos, sim. Mas por amor de Deus, acho que não estou assim tão mal.
Acreditem, mal essa disse aquilo a minha reacção imediata (antes de me apetecer encher-lhe de nomes) foi olhar para baixo/mim e pensar: estarei assim tão mal?!

Por isso, cuidado meninas, se vocês forem ao El Corte Inglés, não podem estar nem com mais dois quilos em cima senão são chamadas de balofas.



Nota: viva a sexta-feira 13!!!

8 comentários:

Afal disse...

Eu respondia-lhe à letra!

MindBizarre disse...

Oh... meu... deus...
ERA LOGO UM MURRO!
Eu perguntava-lhe se não queria experimentar ela u_u
Mas pronto xD se fosse eu fazia o mesmo se calhar... penso em tudo o que poderia fazer e no fim não faço nada D:
Que gente <_<

Katia disse...

se fosse a mim k ela dissesse isso axo k lhe perguntava se ela tinha espelhos em casa....
a gente msm parva k n devia estar no atendimento ao publico...enfim
bjs*

Heartless disse...

Eles têm um toque especial para tratar dos clientes...

Não ligues

Bernardo disse...

LOOL

Firewalking disse...

Eish! Que insulto!
Se calhar a mulher achava-se perfeita.

Oh wait... vendedoras de roupa... does not compute. :S

Btw, mandava-la usar óculos. :D

Anónimo disse...

Quando fores ao de Lisboa é que vais ver o putedo e vacaria que lá anda.Num outro dia fui comprar uma caneta para oferta vieram duas empregadas e só faltava fazerem-me um br... logo ali, e mais não digo.....he he he.....

TimTim disse...

é inveja xD