4 de agosto de 2010

O guião da felicidade

Existem seis lições básicas de felicidade:
  1. Dê-se permissão para ser humana. Quando aceitamos como naturais emoções como o medo, a tristeza e a ansiedade, temos mais probabilidade de as conseguir superar. Rejeitar as emoções, sejam elas positivas ou negativas, leva à frustração e à infelicidade. Somos uma sociedade obcecada com o prazer e acreditamos que numa vida ideal não pode existir desconforto, por isso quando sentimos dor achamos que há algo de errado connosco. Quando aceitamos os nossos sentimentos estamos mais abertos às emoções positivas.
  2. A felicidade está na combinação entre prazer e significado. Em casa ou no trabalho, o objectivo é centrar-se em actividades que proporcionem tanto prazer como um significado concreto. Estudos mostram que uma hora ou duas de uma experiência que proporcione prazer e tenha significado pode afectar positivamente a qualidade de um dia inteiro, ou mesmo uma semana.
  3. Tenha em mente que a felicidade não depende do extracto bancário, nem do estatuto, mas sim do seu estado de espírito. Excepto em circunstâncias extremas, o nosso nível de bem-estar é determinado pela nossa interpretação dos acontecimentos. Por exemplo, tende a focar-se na parte cheia ou vazia de um copo? Vê um fracasso como uma catástrofe ou como uma oportunidade de aprender?
  4. Simplifique! Normalmente temos tendência para preencher todo o nosso tempo com o maior número possível de actividades, e fazemos mais e mais coisas em cada vez menos horas. A quantidade influencia a qualidade, e colocamos em causa a nossa felicidade ao tentar fazer demasiado. Saiba quando deve dizer "não" aos outros, para poder dizer "sim" a si mesma.
  5. Lembre-se da ligação entre corpo e mente. O que fazemos (ou não fazemos) com o nosso corpo influencia a nossa mente. Exercício regular, uma boa noite de sono e hábitos alimentares saudáveis criam mais saúde física e mental.
  6. Mostre-se grata, sempre que possível. Muitas vezes tomamos por garantido o que temos. Aprenda a dar valor às pequenas e maravilhosas coisas da vida, das pessoas à comida, da natureza a um sorriso.

- Tal Ben-Shahar

3 comentários:

Katia disse...

é td tao bonito na teorica
mas na pratica n é bem assim
bjs*

Ju Oliveira disse...

A good reminder on "how to live life" ^^

Corina de Oliveira disse...

É realmente um problema colocar na prática mas pode ser no entanto um incentivo, quem sabe? :)