12 de setembro de 2010

O ciclo

Às vezes, tenho momentos em que dou por mim a querer chorar desalmadamente porque me falta algo, quando de facto tenho tudo o que poderia pedir... e muito mais!

Até que cheguei à conclusão de que não quero chorar por algo que não tenho, mas sim por coisas que não estão resolvidas na minha vida (ou até mesmo coisas mal resolvidas).
Situações das quais gostaria de resolver ou que resolvia de outra forma. Perguntas que gostaria de colocar em voz alta. Questões das quais desespero por uma resposta lógica. Conselhos úteis para alguém que precisa e eu não consigo dizer nada.

Ao chegar a esta conclusão, deparo-me com uma verdade deveras deprimente: sou mesmo uma mera e insignificante humana, cheia de defeitos e com muitos erros como bagagem...
Depois tento (fazer) recordar a mim própria as coisas boas da minha vida. As pessoas que sempre estiveram ao meu lado a segurar-me na mão quando mais me sentia vulnerável. E que, (passo a expressão) graças a Deus, não me falta nada. Porém, quando vejo que a minha vida é um verdadeiro mar-de-rosas comparada à de outras pessoas, sinto vontade de chorar por querer sempre mais, por querer sempre reparar as coisas, por querer sempre que as coisas estejam bem (tanto comigo como quem está ao meu redor).

E formo assim um ciclo depressivo, que dependendo da minha força de espiríto ou o consigo quebrar, levantando a minha cabeça, ou então acabo mesmo por deixar timidamente algumas lágrimas correrem.

6 comentários:

BS of Life disse...

Todas as pessoas têm esse ciclo depressivo. Até as mais bem dispostas, têm os seus dias tristes. Além disso, as estações do ano sempre nos atingem, e não é ao acaso que estamos a chegar ao Outono. Bagagem todos temos, uns mais que outros, mas o importante é olhar para a frente e não para trás. O que ficou para trás, foram coisas pelas quais precisámos de passar, para hoje podermos seguir em frente com outra consciência do que queremos.
E se tens tudo o que queres para ser feliz... Isso é maravilhoso. A tua vida seria realmente má e depressiva, se não tivesses essas coisas.

;)

Beijinho.

Anna * disse...

Todos temos os dias menos bons, em que nos apetece chorar ! E eu acho que faz bem (: ficamos mais leves !

£ll disse...

Penso que é de nós, ser humanos, querer sempre mais... E identifico-me com quase tudo o que escreveste neste texto, acho que é normal isso acontecer.

Acho que anormal é estar sempre bem disposto e sorridente :S

***

Erica Vittorazzi disse...

Corina, somos humanas e é natural passar por isto. Mas, lembre-se tristezas são alimentadas de tristezas. Levante-se e siga...

... sempre.


beijos

Martinha disse...

Às vezes temos dias em que nos sentimos assim, tristes, deprimidos. Mas não te envergonhes com os erros que tens "como bagagem". Seguramente com eles cresceste, e ficaste melhor. É com os erros que aprendemos! :P

Heartless disse...

Não vou dizer nada que já não tenha sido dito. Todos temos bagagem como foi dito... não é algo do qual tenhas de ter vergonha ou remorsos. querer sempre mais tambem significa que sabes que o que é bom nunca dura para sempre. Mais problemas irão aparecer no futuro, aparecem sempre. Portanto querer mais "felicidade" não é mau.

Rise and shine.