30 de abril de 2010

H&P: Fungar


Ao contrário do espirro, que expulsa o assunto, fungar tenta sustê-lo. (...) Sentimo-nos tristes, mas, em vez de deixar a tristeza de lado, agarramo-nos a ela. O nariz situa-se na mesma zona da nossa intuição e do autoconhecimento. Talvez o fungar represente a resistência ao desabrochar da nossa intuição ou ser intuitivo. Será que existe algum sentimento ou conhecimento intuitivo que tenhamos medo de expressar? (...) Sente necessidade de atenção ou de alguém que pegue nos temas que não é capaz de exprimir? (...) Podemos querer que os outros nos ajudem, mas temos medo de lhes pedir que o façam.


Nota: muito se fungou no sábado... LoL.

28 de abril de 2010

Benção das pastas & Queima das fitas

Como S.Pedro tem estado um bocado para o bipolar, não tínhamos a certeza de como estaria o tempo para o dia 24/04... Principalmente, de manhã, quando é a missinha da bênção das pastas.
Ora bem, acho que a todas as queimas que já fui (que já não foram poucas), acho que só numa única vez é que chuviscou, de resto, foi tudo sob um sol abrasador.
Esta não foi excepção. Estava um sol que esturricava os miolos! Já para não falar de que brisazinha, é para esquecer.

E porque é que eu me estou a queixar? Porque a je estava de traje completo. Casaco, camisa e a capa (que com os anos, parece mais pesada, lol).
Mas, pronto vá, não me vou queixar muito, até porque não fui eu que fiquei com escaldão! LoL.
Vou é queixar-me das minhas olheiras de 3 horinhas de sono. Tanta foto que se tira neste dia e tinha logo que ter olheiras. Vá, é como o senhor Bispo diz: pessoal que vai para a vadiagem não tira o curso, só aqueles que vão pra missinha ler e beijar o chão pra puxar o lustre. Ah! E diz ainda para recusarmos os vencimentos chorudos! LOLOLOLOLOLOLOL! Ó senhor Bispo, eu vou ser Enfermeira, comigo, pelo menos, não tem que se preocupar! Ahahahah.


Depois da missinha, claro é o bendito almoço. Que por volta dessa altura, toda eu era um suor só! E para melhorar isso, andei a saltitar de almoço em almoço para conseguir chegar a todo o lado. Mas isso, sim! Valeu a pena. Também valeu a pena o ar de surpresa da minha mãe pelo Livro de Curso (não há nenhum igual, foi especialmente feito para ela).


A seguir, é a correria de sempre para a queima das fitas, já para não falar da infiltração necessária para se conseguir ver o que quer que seja! Mesmo assim, deu perfeitamente para dar as típicas 3 bengaladas (com convicção).

Parabéns: Leila, Cocas, Sofia, Duro e mãe!

Parabéns também (àqueles que não consegui tirar uma foto) ao Carlinhos, ao Francisco, à Melinda, à Claúdia, ao Bruno, à Mónica, à tia Laurinda e ao sr. Álvaro (fiquei mesmo emocionada ao vê-lo).

27 de abril de 2010

H&P: Espirrar


Espirramos porque alguma coisa nos irrita. (...) Em termos gerais, as alergias são expressões de agressividade reprimida e inconsciente. O corpo toma como hostil seja o que for que inspire e expulsa-o veementemente. O alergéneo pode representar uma pessoa irritante ou uma situação desconfortável que receamos e de que nos queremos livrar, e depressa! (...) Se fosse pêlo de gato, pode tratar-se de um aspecto mais primário e instintivo de nós próprios, ou que vemos reflectido noutro, relacionado com a independência, a feminilidade, o calor e a intuição. (...) Quanto ao pó e aos ácaros, pode existir uma relação com o lado obscuro da vida, ou com o nosso. Não queremos que ninguém levante o pó à nossa volta. (...) As alergias ás penas pode simbolizar o desejo de ser um espírito livre, capaz de voar para a liberdade, mas que acha a ideia da independência assustadora. (...) A alergia ao pólen representa o medo da própria sexualidade e fertilidade. (...) Perante todos os elementos alérgicos que existem, a nossa reacção é livrarmo-nos deles tão depressa que não tenhamos que viver aquilo que representam. (...) Trata-se de aprender a amar o que se receia ou odeia. (...) Quando espirramos, expulsamos germes num ataque da guerra dos micróbios! "Chega perto de mim e sofrerás as consequências debilitantes do meu ataque."



Nota: este é dedicado à Nhé! LoL.

26 de abril de 2010

Parabéns Nhé!


Ai tão velhota que ela está... 21 anos é muita fruta, não é? E agora por uns mesitos, vamos ter a mesma idade! Ahahahahah! Como se isso fosse ajudar nas nossas discussões! LoL.
Mas agora a sério... Espero que encontres todos os ingredientes necessários pra que cada novo minuto da tua vida, tudo se torne muito mais colorido! Nada de preto & branco, como tu vês. LoL. Começa agora a explorar, a sonhar e a descobrir! Porque daqui a algum tempo tu estarás mais arrependida pelas coisas que não fizeste do que pelas que fizeste. Solta as amarras! Afasta-te do porto-seguro! Agarra-te ao vento (mas sem pólen)!


Nota: hoje vai haver uma festa de arromba!!!

25 de abril de 2010

Just smile...



Vejam o vídeo e vão perceber a imagem... LoL.



Nota: o esquisito disto tudo é que eles estão estranhamente sincronizados. Definitivamente envolveu muito treino, e é precisamente isso que me assusta! LoL.

23 de abril de 2010

H&P: Suspirar


Há dois tipos de pessoas que geralmente suspiram: os que suspiram ao inspirar e os que suspiram ao expirar. Normalmente, o primeiro representa um estado de stress e o segundo um de relaxamento. O suspiro de inspiração é um modo de dizer a toda a vizinhança que não somos felizes, mas não somos capazes de pôr os sentimentos em palavras. É um som universal que transmite a raiva e o stress a uma dada situação.

22 de abril de 2010

Sala de cinema: Date Night


Simplesmente hilariante!
Ainda estou à espera de um filme em que o Carrel entre e me desiluda. Até agora: zerinho!
Quando começamos a ver o filme, achamos uma certa piadinha, mas é no entanto enfadonho, até que o enredo começa a complicar... Depois é riso atrás de riso!
Contudo, o mais impressionante é conseguirem pegar num tema bastante sério que é a rotina de um casal que tem medo que tenha chegado a altura de se divorciar e enfiarem uma comédia simplesmente brutal lá para o meio.
Aconselho vivamente!

21 de abril de 2010

Saint-Exupéry



“Cada um que passa na nossa vida passa sozinho, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui outra. Cada um que passa na nossa vida passa sozinho, mas não vai só, nem nos deixa sós. Leva um pouco de nós mesmos, deixa um pouco de si mesmo. Há os que levam muito; mas não há os que não levam nada. Há os que deixam muito; mas não há os que não deixam nada. Esta é a maior responsabilidade da nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso.”
Antoine De Saint-Exupéry




Nota: não tenho necessidade de dizer mais nada... esta belíssima citação diz, realmente, tudo!

20 de abril de 2010

H&P: Hiperventilar


O conceito de acidez/oxigénio é um princípio audaz ou masculino, enquanto a alcalinidade é aquosa e feminina. (...) Quando hiperventilamos, tentamos equilibrar as energias masculinas/femininas ou fogo/àgua que existem dentro de nós.

19 de abril de 2010

O clero

Gostei muito de ver umas certas e determinadas declarações dum cardeal (em nome do Vaticano) relativamente às notícias tão polémicas dos casos de pedofilia... O senhor falou que muitos psicólogos e, principalmente, psiquiatras, segundo os seus estudos, chegaram à conclusão de que o celibato não tem qualquer relação com a pedofilia. Porém, a homossexualidade tinha.

Ora portanto, vamos lá começar... Em primeiro lugar, a igreja não abomina a ciência? E principalmente psiquiatras porque supostamente são charlatães que enganam as pessoas para venderem medicamentos ou para inventarem doenças? Ou só abominam quando lhes interessa?
Bem, mas ainda não é tudo! Supostamente, nesse estudo, a homossexualidade está relacionada com a pedofilia (não sei que estudo é que ele está a falar mas fiquei curiosa), então por ordem de ideias, a igreja considera os homossexuais hereges e aberrações. Então se há pedófilos na igreja, se os pedófilos são homossexuais e se os homossexuais são aberrações... Porque é que há aberrações como padres?!

É nestas coisas que eu adoro as declarações da igreja porque contradizem-se ou enterram-se até mais não!
Quando é que vão aceitar que padres, frades, cardeais e até mesmo o papa... são homens? Seres humanos como qualquer comum mortal que para aqui andam. Podem ser pessoas com uma filosofia e escolha de vida bem diferente da nossa mas não mais que isso!

No entanto, a partir do momento em que no Brasil houve aquele caso em que um homem viola uma menina de 8/9 anos, engravida-a e a igreja a primeira coisa que faz é descomungar a menina e a equipa de profissionais de saúde que estivessem dispostos a realizar o aborto, sem sequer mencionar o acto horrível e atroz do violador... Eu já acredito em tudo!

17 de abril de 2010

Tesourinho

Agora, se é deprimente, é com vocês... Não é que me encontrei com a seguinte pérola: o genérico da primeira série, em português, das Navegantes da Lua. LoL.



Opá, eu sou do tempo de ver as Navegantes da Lua e o Samurai X na TVi, nem sequer me lembro de ver isto na SIC. Mas vou-vos confessar uma coisa... A Navegante de Saturno é a minha favorita. LoL. Na altura ficava piursa, porque sou do FCP (desde que me lembro que sou gente) e gostava duma do "sporting", mas a Navegante de Mercúrio (a de azul) era uma parola, logo lá me conformei mas sempre fiel aos meus gostos futebolísticos.
Depois de ver o genérico das Navegantes e de me rir um bom bocado, pensando "Eu quando era pequena era bem tonhó." LoL. (e já agora, a coisa não evoluiu muito) A sério, que fiquei um tanto quanto nostálgica e acabei por pesquisar mais genéricos... Mas não é que há um blog de propósito para isso?
Então se quiserem voltar no tempo, onde víamos TV num televisor sem HD, sem tvcabo ou satélite, sem som stereo (primeiro era o mono) e com alguma estática, os nossos desenhos animados preferidos e sonhávamos, visitem: desenhosanimadospt.


Nota: lembrei-me agora que chegava a ver desenhos animados em espanhol porque quando era miúda conseguia apanhar, em Vila Real, o canal TVE! LoL. Não me perguntem como...

16 de abril de 2010

H&P: Suster


Se der por si a suster a respiração sem ser no fundo de uma piscina, é possível que esteja a viver situações que lhe provocam um medo constante. Pergunte a si próprio de que, ou de quem, tem medo. Vale a pena não viver a sua vida por causa disso? Liberte-se dos seus medos, respire livre e profundamente, goze momento. Ter medo do futuro faz com que os momentos preciosos da sua vida lhe passem ao lado e impede-o de a viver plenamente. Inspire o seu espírito ou coragem, enfrente o medo e avance.

15 de abril de 2010

Sala de cinema: Um cidadão exemplar

Em primeiro lugar, esta ida ao cinema, foi no mínimo atribulada... Na parte do fim do filme, ou seja, a conclusão do mesmo, a projecção fica sem imagem e dá apenas o som. Depois de várias pessoas reclamarem, fizeram um rewind ao filme excessivo, assim praí para meio do filme, depois fizeram vários fowards de 5 em 5 minutos do filme, até chegar a uma parte aceitável.
Enfim... literalmente uma "aventura" a não repetir, tendo em conta os preços dos bilhetes!

O filme em si, é extremamente aliciante. Actores fantásticos, argumento excelente e efeitos a condizer. E agora, aí vem o "mas".
Mas o fim desilude. Não é uma questão de não ser o fim que eu queria, ou qualquer coisa do género. É que foi mesmo um fim muito estúpido!
Vejam o filme e dêem a vossa opinião.

14 de abril de 2010

Undisclosed desires



I know you've suffered
But I don't want you to hide
It's cold and loveless
I won't let you be denied

Soothing
I'll make you feel pure
Trust me
You can be sure

I want to reconcile the violence in your heart
I want to recognise your beauty's not just a mask
I want to exorcise the demons from your past
I want to satisfy the undisclosed desires in your heart

You trick your lovers
That you're wicked and divine
You may be a sinner
But your innocence is mine

Please me
Show me how it's done
Tease me
You are the one

I want to reconcile the violence in your heart
I want to recognise your beauty's not just a mask
I want to exorcise the demons from your past
I want to satisfy the undisclosed desires in your heart

Please me
Show me how it's done
Trust me
You are the one

I want to reconcile the violence in your heart
I want to recognise your beauty's not just a mask
I want to exorcise the demons from your past
I want to satisfy the undisclosed desires in your heart


Nota: não sou fã, acreditem... Nem vou com o videoclip, mas gosto imenso da letra!

13 de abril de 2010

H&P: Arrotar


Dado a sua audibilidade e odor frequentemente ofensivo, arrotar é um acto de agressão. Tem origem no estômago que, no sistema oriental de chacras, está associado ao nosso arquétipo de guerreiro. Portanto, quando arrotamos o nosso furioso gás ofensivo, o que surge é uma tentativa de avisar a companhia presente de que queremos libertar alguns sentimentos de raiva. (...) Beber muita água pode ajudar, pois reduz a concentração de acidez e, simbolicamente, drena o assunto para fora do corpo.

10 de abril de 2010

10 de Abril



E vão... 6!



Nota: Não tinha necessariamente pensado em escrever alguma coisa... Acho que já disse tudo, no entanto, não gostaria de deixar passar em falso este dia imensamente especial. E a única coisa que vou dizer é que tu fazes parte de mim. Mesmo que queira não consigo viver sem ti, o meu coração suplica por ti, de cada vez que te vejo esboço sempre um sorriso ou quando me rio (por mais triste ou zangada que esteja) quando fazes as tuas parolices e só tu me deixas com taquicardia. Isto tudo não será por acaso... isto tudo e muito mais acontece porque te amo do fundo do meu ser. És a minha pessoa favorita! Tu és o meu Mais-que-Tudo!

9 de abril de 2010

H&P: Respirar


Respirar liga-nos ao mundo que nos rodeia. (...) Não podemos não respirar. Mesmo que o ar seja imundo ou poluído pelos humanos, somos obrigados a integrá-lo, como qualquer ser vivo. Logo, respirar reflecte a nossa coexistência. Por muito que queiramos viver numa ilha, respirar lembra-nos de que não podemos. Mesmo que possamos afastar-nos de alguém que não queremos que nos toque, continuamos a ter que respirar o mesmo ar e, por conseguinte, a nossa relação é mais íntima do que a do toque. (...) A inalação representa o modo como respiramos na vida ou incorporamos o mundo à nossa volta. Se o fizermos de forma rápida, superficial e com pressa, não estamos a absorver tudo o que a vida tem para nos dar. Quer isto dizer que a forma como respiramos é um espelho da forma como vivemos a vida e os hábitos relacionados com a respiração dão-nos um conhecimento único sobre os nossos problemas, de que podemos nem ter consciência.

8 de abril de 2010

Sala de cinema: Solomon Kane

Muito sinceramente, eu esperava bem mais deste filme. Não é que esteja mau ou péssimo mas bom é que não está de certeza. E não sei se foi de já não ir algum tempo ao cinema, criando expectativas demasiado altas... eu sei lá!
Os efeitos estão razoáveis, história com potencial mas por alguma razão o filme não nos "cola" à tela.
Vejam se não tiverem mais nada que fazer.

Nota: gostava de mostrar o meu descontentamento relativamente aos preços dos bilhetes de cinema! Não é por nada mas já chegaram aos 6 euros!!! Um roubo! Quer dizer, não me afecta a mim porque tenho o desconto da A.E. mas para o comum mortal que gosta de ir ao cinema, que não seja estudante, não seja da Zon ou não seja idoso... Está complicado ir ao cinema!

7 de abril de 2010

O site






Devido a um conselho de quem percebe disto mais do que eu (que não é preciso muito, para ser sincera) comecei a fazer um site com o intuito de dar um ar mais profissional à minha fotografia. Contudo, no meio duma guerra aberta com o software e o hardware do computador, lá consegui salvar o cerne da ideia que tinha e consegui criar um espacinho mais sério para a minha fotografia.
Se faz favor, de visitarem e deixarem uma mensagem no Guestbook, sim?
Gracias, vocês são uns amores.

Espero que gostem!

6 de abril de 2010

H&P: A mudança


Há mudanças que nos são impostas, como um acidente de carro ou um despedimento, mas porque havia de voluntariamente mudar aquilo que não lhe é imposto? Porque a mudança é sinónimo de crescimento. (...) Mudar é uma forma de crescer. (...) A mudança é assim. Um esforço pequeno pode ter um efeito duradouro e profundo.

5 de abril de 2010

Semana Académica '10

Vou vos dizer porque é que eu não gosto deste cartaz... Porque os meninos da Associação meteram Alvim na segunda-feira!
É assim, muito sinceramente, não esperava tanto para este cartaz, não é assim grande coisa mas temos algumas figuras de peso.
Iran Costa?! É certinho, direitinho! Traço a capa à minha afilhada na Serenata e trago-a de rastos para a tenda. Não é por nada mas um dos hinos de Enfermagem é por base a música dele.
Xutos? Opá, eu já vi Xutos (aliás, quem é que ainda não viu?) mas já não vejo há algum tempo, por isso, seria bom recordar. (Até porque a menina Nhé, não se cala pra ir ver os Xutos! LoL)
David Fonseca? Epá... Já vi mais recentemente, pra não falar de que vou estar, durante o dia, a torrar ao sol na Missa e na Queima das fitas, por isso não me cheira que à noite vá a qualquer lado com aqueles pés (quem usa sapatos do traje, sabe perfeitamente do que eu estou a falar).
Depois domingo é para ir pra fora, esqueçam lá isso.
A seguir, vem o descalabro... Brigada Real? Opá, ia mais tarde e tal, não via e poupava os meus ouvidos. Kussondulola? Algum álcool e a coisa resolvia-se. Mas Alvim? Alvim?! E o pessoal que trabalha, pá? Como é? Muito feio, muito feio. Mas que falta de consideração. Meus amigos, eu quero ver Alvim, não dá pra mudar? Não? Pleaaaaaaase! Eu não vos peço mais nada na vida, mas mudem Alvim para outro dia... Façam o jeitinho ao eu.
Na terça não tem nada de especial. E acho bem! Porque também não posso ver.
Quarta-feira, por fim, não poderei ver a banda do Gil (já é a segunda actuação numa Semana Académica, respeitinho! LoL) e o Quim Barreiros. Mas Quim é sempre Quim, não muda, por isso, não me preocupo.
Daí, meus amiguinhos da AE, mudei o raio do Alvim! Por amor de Deus!

Nota: é a primeira vez na minha vida académica que não irei a um cortejo. Ou seja, nao vou fazer figuras tristes! Yupi!

4 de abril de 2010

Feliz Páscoa


Tradução: "Doi-me o rabo..." e o outro responde "O quê?!"

Ora bem, tudo bem disposto, tal e coiso. Sabem porquê? Porque a Páscoa é uma festividade altamente. Tudo bem que no Natal recebemos prendinhas e assim, mas não nos podemos esquecer que temos que dar também. Agora na Páscoa, recebemos é dos padrinhos e madrinhas. Eu como graças a Deus ainda não tenho afilhados, não tenho que dar nada a ninguém! Eheheheheh. Ou seja, é tudo pra moi.
Amêndoas de chocolate? Pra moi.
Coelhos de chocolate? Pra moi.
Ovos de chocolate? Pra moi.
Folarzinho? Pra moi.
Pão de ló? Pra moi.
Nega maluca? Pra moi! (para quem não sabe é um bolo de chocolate com cobertura de chocolate e que por cima leva ainda calda de chocolate; um bolinho que a minha madrinha faz e muito bem)
E ainda não saí dos doces!

A verdade é que, minha gente, não tenho intenções de comprar calças novas, logo isto de comer até já não caber uma bolachinha de menta (fãs de Monty Python, sabem do que falo), tem que começar a acabar. Opá, nao é por nada mas tenho as análises ainda para fazer. Adiei para não fazer durante as aulas, porque com o stress só como porcarias. Mas nas férias a coisa não está com intenções de melhorar... LoL.

Bem, isto tudo para desejar uma felicíssima Páscoa a vocês, com ou sem amêndoas ou coelhos ou ovos ou folar... Desde que seja junto daqueles que amem!

3 de abril de 2010

H&P: Axioma


Ame-se pela pessoa que é, incondicionalmente e não espere pelo dia em que será rico, sábio, magro, etc., para apreciar toda a pessoa que é.

2 de abril de 2010

Wishlist n.º 7


Parece estranho, não é? Mas tem uma razão de ser.
Estou prestes a correr para o mercado negro e comprar um frasco de soro com anti-histaminicos, que isto está tão mal, tão mal... que só metendo para a veia! (estou prestes a deitar os pulmões pela boca de tanto espirro)

1 de abril de 2010

H&P: Valerá a pena?


Ser stressado significa que não nos sentimos completos mas fragmentados, espalhados e rasgados.