22 de março de 2011

To write is to live


Tenho saudades de escrever.
Sim, eu sei que passo pelo menos metade do meu dia a escrever: nos trabalhos, no serviço, no messenger... Mas vocês bloggers percebem, certo?
Escrever! Aquele escrever que acaba por se tornar terapêutico. Já há muito tempo que não me sento para escrever e sinto que me faz falta.
O problema é... Por onde começar?

16 comentários:

Heartless disse...

Como sempre, começa pelo principio :P

Manuela disse...

Querida Corina, a tua escrita é fluente, por isso tenho a certeza que assim que recomeçares, não pararás :)
Beijinhos.

Inês disse...

Eu tenho um caderno verde onde de vez em quando ponho o que me vem à cabeça, para depois pôr no blog.
A escrita para mim é terapêutica.
O que aconselho é que feches os olhos e deixes a coisa fluir.
Bjs

Lacorrilha disse...

Eu tenho saudades mas é de ler livros. Ando muito preguiçosa, tenho de levar tau-tau.

nênê disse...

Obrigada :)

Afal disse...

Eu já não sei escrever. É triste e deixa-me desolada, mas simplesmente não consigo...

Afal disse...

Não tens peso? XD devias ter vergonha!!!

Afal disse...

LOOOOOL banhocas, sim, claro... XD mas depois de acabares o curso já podes dar?

Afal disse...

Esquece, esquece!! Tinha lido mal. No fundo vocês são um grupo, não de risco, mas que corre muitos riscos, tem lógica não poderem dar...

Messias Daniel disse...

bem se isso lhe faz bem faça uma meta de reservar uma parte de seu tempo p escrever bjs

Vera, a Loira disse...

Eu sou como a Inês, coloco ideias, frases, situações na minha agenda e depois vou escrevendo. Ui... e agora tenho tantoooo para escrever.

Martinha disse...

A escrita consegue ter mesmo esse efeito terapêutico, e é bem bom! Eu costumo aproveitar os momentos livres para escrever qualquer coisinha, sobretudo quando a inspiração anda pela cabeça, esteja em casa, na faculdade... onde quer que esteja, arranja-se sempre forma de escrever.
Por onde começar...? Pois, deveria ser mesmo pelo princípio! xD

Cynha disse...

tens de sentir algo novo... um estimulo... um sentimento... algo que te empurre para o papel e para a caneta.... algo que te leve a depositar no papel o que nem sempre se consegue verbalizar....

T. disse...

O problema é mesmo esse: por onde começar. É o mal de ficar muito tempo sem escrever nada...

vidaslife disse...

Querida amiga acontece isso as vezes comigo também. Me sinto vazia sem ter por onde começar. Mas depois de algum tempo sempre surge novas idéias o que não podes é desistir. Boa noite menina e beijinhos carinhosos para ti.

Lacorrilha disse...

Só venho avisar a menina que já fui levar a pica do tétano. Agora estou aqui a morrer de dores e a culpa é sua.
Já agora, que curso é que estás a tirar?