18 de outubro de 2011

Perspectivas


Iniciei ontem um Curso de Inglês para Enfermeiros (CIE). Sim, porque apesar de eu não escrever aqui que ando feita mula à procura de trabalho, não quer dizer que não queira fazer nada da vida.
Continuando...

Comecei agora o curso intensivo pois encontro-me, neste momento, na etapa final para arranjar toda a papelada (e mais alguma) para ir trabalhar para o estrangeiro. Antes que me perguntem o que é necessário, o que estou a fazer e como o faço, encaminho-vos para o PortugueseNurse (que tem uma secção a explicar tudo tão detalhadamente que até tem imagens a complementar) e para o enfermeiroUK (que além de enunciar o que fazer, coloca um mail para esclarecer dúvidas e, digo-vos com conhecimento de causa, responde bastante prontamente). Pessoas fantásticas, que também sentiram a necessidade de caminhar em direcção ao desconhecido, em vez de serem acolhidos no seu próprio país.
Tenho consciência que ainda não me tinha pronunciado sobre isto e por isso aqui vai. Há uns anos, talvez na geração dos nossos pais, houve uma grande vaga de emigração. "Fazer pela vida", diziam eles. A nossa geração será a nova vaga de emigrantes, pois nenhum licenciado em Enfermagem ganha 2€50 por hora porque quer! E vocês dizem "luta por mudança", eu respondo-vos: sabiam que os alunos que entram na universidade para uma Licenciatura em Enfermagem não acabam o seu cursinho como licenciados? Pois é, pois é... Legalmente o meu Certificado de Curso deveria valer tanto como um peido no vento (peço desculpa pela analogia tão forte mas vocês entendem a indignação) pois diz que tenho uma licenciatura mas não sou licenciada. Fantástico, não é? E mudar isso está nas mãos da nossa querida Ordem que me cobrou logo quotas de 2 meses ainda antes de ter sequer chegado a minha cédula profissional. Mas já estou a divagar...

Estava eu a falar do meu CIE, não é verdade? Não que seja uma obsoleta em inglês, no entanto, é bom aprender o inglês mais técnico e praticar o inglês mais corriqueiro, precisamos de ambos. Comecei, então, ontem e adivinhem, além do professor ser inglês, fala à "sopinha de massa" e está constipado. Portanto, estão a imaginar o desafio que foi. Ah! E um pouco do meu trabalho para casa é ver Grey's Anatomy sem legendas... Eu que até nem gosto muito da série lá vou ter que a gramar! Para me pôr fora daqui mais segura eu faço tudo, pois mesmo com tanta informação não deixa de ser caminhar para um mundo completamente novo, incluindo um sistema nacional de saúde e cultura completamente diferentes. Mais difícil do que a insegurança do que aí vem, só mesmo o desespero da espera... Isso é que está a dar comigo em doida.

Assim são as minhas "perspectivas" (perguntam-me muitas vezes mesmo, mas mesmo), aliás já são as minhas perspectivas já antes de acabar o curso (porque ainda estava em estágio e já anda eu a reunir toda a informação sobre o que era preciso, o que se faz, etc) e não me demovo. Aliás com as notícias recentes só me asseguram da minha escolha!

38 comentários:

Heartless disse...

Vai correr tudo lindamente, you'll see ^^

TimTim disse...

vais conseguir xD

Mia Purpurina disse...

quando comprares blushes podes sempre perguntar à funcionária ou mesmo indo aos eventos d'O Boticário e isso
ou então: pegas numa cartolina de cor pêssego e outra rosa avermelhada (ou coisa parecida, tu sabes!) pões uma cartolina no lado direito do rosto e outra no lado esquerdo. Olhas para o espelho e vês aquela que não te sobressai as tuas imperfeições e isso, essa é que é a cor de blush que deves usar...

Espero que tenhas percebido, qualquer dúvida pergunta ;)
ou podes enviar email para aqui: wordsofathemofan@hotmail.com

Kiss

mariana disse...

obrigada!

Someone* disse...

caramba ! que pais tão estupido ! cada vez mais vemos noticias de utentes que se queixam da falta de medico a auxiliares e o governo deixa ir embora enfermeiros para outros paises ?
quer dizem, andam estes anos todos a perder dinheiro para nós estudarmos (no caso das escolas publicas, claro), e depois quando se está na fase activa lá se tem de "fazer a vida!" e quem fica a ganhar com isso ? O pais de destino, claro ! Se isto tem alguma logica -.-
Mas espero, muito sinceramente, que corra tudo bem e que te sintas bem por lá ! Sei que não é por opção que vais, mas sim por necessidade... por isso, good luck querida ;)

S'M disse...

embora não seja nada ligada à saúde, como tu, gosto de ver esse tipo de series... uma que talvez goste é a Nurse Jackie, pode ser que gostes mais... http://foxlife.canais-fox.pt/nurse-jackie

Mia Purpurina disse...

fazes bem linda, temos de pensar muito na nossa vida!
estes tempos estão difíceis!

Kiss

SukiB. disse...

Antes não tivesse :/
Quanto a ti, espero que tenhas sorte e consigas mesmo sair daqui. Um dia, espero sair daqui também..

Soraia Loureiro disse...

querida

S* disse...

O inglês é cada vez mais indispensável... investe nisso. E lamento pelo sopinha de massa. :D

Francisca. disse...

A serio? :) Muito obrigada!

Sónia disse...

O problema é que ao andar em certas diversões faz-me cá uma confusão ao início x)

Ana Ferreira disse...

pode ser que nos encontremos por lá...fazemos uma noitada de portugas! ;)

beijo e boa sorte! *

joana disse...

obrigada querida

claudiagomes. disse...

obrigada e boa sorte com o curso!

A Tulipa Azul disse...

Onde andas a tirar o curso?' será que dá para biólogos?? E quanto a sair daqui é o que fazes melhor eu penso no mesmo::)

Kayra Biskowski. disse...

é muito mais do que parece, é insuportável!

Princess Charming disse...

Essa situação da Enfermagem em Portugal é-me demasiado familiar para ficar indiferente. Força nisso! Não há volta a dar, para já... É o melhor que fazes.

Turista disse...

Querida Corina, tomaste as decisões correctas a meu ver e desejo-te muito sucesso, no teu futuro.
Por cá ficarei a torcer por ti! :)

*Nightwish* disse...

É um pouco triste sim... Ainda não recebeste as credenciais?! Deuses... --'
Acho que fazes super bem em fazer esse curso. Mesmo que não vás para o estrangeiro, coisas que recomendo vivamente, sempre é uma mais valia.
Bjs*

Filipa disse...

Vai correr tudo bem*

http://the-wonderland-world.blogspot.com/

vera • disse...

boa sorte :)

Maria Inês disse...

Sem duvida querida $:

Ana FVP disse...

Pois é minha querida, eu já faço parte daqueles que já saíram... fazes-me companhia?

Mas olha que custa bastante vir trabalhar para fora. É preciso medir bem as prioridades e as necessidades.

Well, se vieres para angola avisa. Tenho algumas dicas ;)

Shell disse...

É triste que assim seja... E tu és um dos imensos imensos exemplos disso :x por vezes não há outra solução se queres mesmo fazer aquilo que gostas e aquilo por que lutaste! Tenho a certeza que te vais safar à grande :) agora oupas... Ver Anatomia de Grey :p * beijinho

Sara Grilo disse...

No serviço onde estou a estagiar os enfermeiros estão constantemente a perguntar-nos se já começámos a aprender francês para mal terminemos o curso irmos para fora. E já avisei toda a gente que o ia fazer... A M. diz que depois vai para lá também, por isso não me pesa tanto na consciência o só pensar em mim :x Porque na realidade sei que vai ser uma situação difícil, mas é o meu futuro que está em jogo e tenho que pensar mais em mim do que nos outros. Sou capaz de ir para a suíça. Mas já vi outras propostas para outros países... É uma questão a ponderar muito bem.
E sim, é óptimo estar apaixonada, principalmente por uma mulher como ela :)

Someone* disse...

Não vai ser fácil, tens de ter noção disso ... mas é o melhor que tens a fazer ! Por isso, força :)
não nos abandones no blog, sim ?

ʝѳɑɳɳɑ disse...

Apoio-te nessa nova vida.
Podes crer que também eu me vou fazer à vida lá fora. No caso de enfermagem é ainda mais necessário devido à falta de emprego, mas comigo deve-se essencialmente ao facto de a relação esforço - compensação financeira ser muito injusta. Hoje em dia em Portugal os jovens engenheiros são explorados (com os enfermeiros não será muito diferente!). Trabalham horas a mais e pouco são reconhecidos, apesar de ainda terem trabalho (em algumas áreas). Eu também farei os possíveis para me por a andar daqui (a não ser que tenha um golpe de sorte). Levantam-se logo vozes patriotas contra. Esperar que isto melhore? Lutar pela mudança? Isto é global. Só não se mexe quem não quer. E eu, tal como tu, não queremos ver a nossa vida atrasada por uma crise da qual não temos culpa. E aqui neste cantinho português tudo demora mais tempo a passar. Vai daí a experiência lá fora traz-nos outra bagagem e acredito piamente que ter isso num currículo mais tarde aquando do regresso às origens será muito importante, até porque cá em Portugal o estatuto é muito relevante. E como ainda há aquela ideia de o estrangeiro ser sempre melhor do que aquilo que é nosso acaba por nos ser benéfico.

Tudo isto para te desejar sorte. ;)

allmota disse...

obrigada (:

O meu reflexo disse...

boa sorte

Bárbara Silva disse...

- e é tão bom :)

Ana disse...

Boa sorte nessa etapa :)

Candybabe disse...

Realmente apetece é fugir... Tenho a certeza que vais encontrar algo na tua área e vais receber o correcto por isso... Vai!!!
Kisses

Catiiiii disse...

É muito mau pensar que o país está assim :/ Eu também conto emigrar , a menos que seja convidada para algum cargo universitário , ou assim . Mas sinceramente , duvido muito disso ^^

Conheço também várias pessoas licenciadas em enfremagem que nem sequer estão a trabalhar , quanto mais a receber dois euros e meio à hora :/ Acho que as perspectivas delas também começam a passar por sair de Portugal +.+

E agora em resposta ao teu comentário... Apesar de já ter entrado em vigor , eu ainda não comecei a utilizar o novo acordo ortográfico na universidade , apesar de os profs já terem dito que são obrigados a leccionar segundo o novo acordo . Mas cheira-me que para já eles vão ser compreensivos connosco +.+

filipaa. disse...

nem eu , mas se vires no cinema é que é uma adrenalina (:

Katia disse...

n desanimar nunca e continuar a procurar =D
bjs*

TDelMona disse...

completamente *-* Obrigada

Lacorrilha disse...

Que as coisas te corram bem, é o que te desejo.
A mim tb só me apetece abalar daqui para fora.