6 de março de 2012

Ódio de estimação n.º 20

Quando fazem reportagens em Trás-os-Montes e Alto Douro, porque raio é que só entrevistam velhotas ou pastores? Depois não admira que para lá do Marão, o pessoal pense que isto é só matagal e casas de xisto! E quando aparece um jovem, é do género: escacar pedra.
Odeio… mesmo, pois até os media nos menosprezam e Trás-os-Montes tem tanto para dar que vocês nem imaginam!

22 comentários:

Maria disse...

Tem toda a razão em ficar chateada com isso. Eu já estudei por essas bandas e o que não "falta" é gente jovem e cheia de genica.

Daniela disse...

Tens razao sim senhora...Ninguem me compreende quando eu digo que em vila real se pode ser muito feliz.......!

aNa disse...

E tens razões para manisfestar o teu descontentamento porque a imagem que passa é completamente distorcida da realidade! eu já fui muito feliz aí e bem sei as potencialidades que essa terra tem!

Nokas disse...

É verdade...também já notei isso!

Candybabe disse...

É verdade... Mas é com tudo, sempre que mostram o interior, vão buscar apenas idosos, enfim!

Janny disse...

pensa-se o mesmo do Alentejo. Só velhos e sobreiros. O que não é nada verdade :/

FME disse...

eu por acaso nunca aí fui mas sempre achei as reportagens daí mesmo ridículos. É que para além de parecer que aí não há jovens, também dá ideia que só há velhos aí! Ridículo mesmo...

Isa disse...

Realmente tens razão...

Dina disse...

Não podia concordar mais!! Mesmo assim ultimamente têm falado mais de nós, e isso já me surpreende.

Heartless disse...

Sabes muito bem a regra. Só existem Porto e Lisboa. As outras cidades só existem quando há roubos, mortes, politicos ou festas que tragam muito turista. E mesmo assim, não vão buscar o melhor.

Rita disse...

Tem sim senhora! Já lá fui e adorei! :)

Katia disse...

acredito plenamente
bjs*

O mundo de uma sonhadora disse...

Olha por acaso vou-te ser sincera: eu tinha essa ideia!
Mas isso é porque estudo matérias relacionadas com a população de Portugal,e quando estudamos as cidades e aldeias os stores passam-nos essa ideia errada!
Para além (como tu disseste e muito bem!) da media controlar muito a informação.
É mesmo uma pena :/

Beijinho*

beatrizpereira disse...

obrigadoo :)

Anne. disse...

É mesmo verdade. Pensava que era a unica a pensar isto --'. Os media escolhem a dedo os velhos ou os parolos de cá com querem falar, mesmo para dar esta imagem deprimente de TOM. Depois nós somos os tristes parolinhos perdidos no meio de monte, sempre olhados com desprezo --'. Beijinhos!

LOL aos 40 disse...

Olá,
realmente tens toda a razão.
Não entendo pq é que qd fazem entrevistas em localidades muito a Norte ou muito a Sul, colocam sempre zonas com poucos habitantes e praticamente desérticas...ficamos com que visão das zonas?
???
Bjs
Fica bem

*Nightwish* disse...

É o carácter lisboeta: tudo o que não faz parte deles, é serano =/
Bjs*

*Nightwish* disse...

*serrano xD

Ana Sofia disse...

...não poderia estar mais de acordo...=) bj*

AmSilva® disse...

Esse é aquele tipo de notícia com bitola!!
Se andas de mota és mau...
Se andas de camião és feio, porco e mau!
Se não vives em Lisboa não vales nada...

A classe jornalista, tem ainda muito que aprender, têm de aprender que uma notícia é apenas uma notícia, não uma maneira de classificar pessoas ou zonas...
E não, Trás os montes não é só velhos, tem muita gente jovem, muitas mulheres bonitas!!!
Mas... isso não vende notícia!
Beijos

almond_girl disse...

Basicamente Portugal é um país de preconceitos, a meu ver. E não é só com Trás os Montes. O raciocinio é o seguinte: Lisboa é onde se passa tudo. Porto é onde se passa qualquer coisa. Alentejo e Trás-os-Montes é onde não se passa nada e toda a gente mais de 70 anos de idade. Algarve é a zona onde não se passa nada no Inverno, e depois é animada pelos camones no Verão. All bullshit,
Prova disso: há uns tempos filmaram uma telenovela numa zona proxima da minha terra, no Ribatejo, mais precisamente em Coruche, nao sei se conheces. Achei delicioso o facto de Coruche ser uma CIDADE bastante civilizada e RIBATEJANA, e eles fizeram as personagens de lá naturais todas uma campónias, com roupa do sec XIX e sotaque ALENTEJANO serrado. I mean, cmon... --'

Éfe Guê disse...

C, não consegui não deixar soltar uma gargalhada com o "escacar pedra"... :)