26 de outubro de 2016

Pessoas para enfeitar


Desde sempre que gostei bastante de estar sozinha e por isso mesmo, pensava cá para mim que não era normal. 
Todas as outras pessoas tinham que estar sempre com alguma presença… Não podiam ir ao café e simplesmente sentarem-se, tinham que estar em constante comunicação com alguém ou combinar na porta até a outra pessoa chegar. Não podiam sair à rua, ir a uma loja sem outra pessoa. Ir explorar uma cidade, um museu, uma galeria… sozinhos? Impensável. Era isso o esperado mas… eu não era e não sou assim. 

Não me levem como uma pessoa anti-social pois adoro estar com os meus amigos, adoro colocar a conversa em dia, fazer um "programinha" e adoro partilhar esses momentos maravilhosos com eles mas… também gosto de estar sozinha. 

Então porque era esperado que eu devia estar sempre acompanhada e na estupidez de pensarmos que há sempre algo de errado connosco, antes de qualquer outro raciocínio. Para “combater isso” então combinava com pessoas com quem particularmente não me dava muito bem, incluía-me em grupos que não me diziam muito mas pensava para mim: é-me esperado isto. Cada vez mais, não me sentia eu própria porque estava constantemente em interacção com pessoas que não traziam nada de bom para a minha vidinha (a não ser ideias para posts fantásticos aqui para o Reino em jeito de gozar com o povo).

Contudo, felizmente, uma pessoa vai crescendo e, como em tudo, há um momento de epifania. Sim, porque esse momento existe, se ainda não o tiveram é porque ainda têm mais alguma coisa a aprender com essa situação. Eu, definitivamente, já tinha tudo o que tinha a aprender e o que aprendi foi… 

Eu, às vezes, gosto de estar sozinha. And that’s ok. 

Há pessoas que não conseguem estar apenas na sua companhia ou têm que aprender a estar sozinhos. And that’s ok, too. Somos o que somos! 

Mas eu estava a mudar a minha maneira de ser pelos outros. Eu gosto de vez em quando de ficar por casa sozinha, sem falar com ninguém, ou também ir a um café, sentar e ler um livro com o barulho das conversas de fundo. Não quero, simplesmente, estar com outras pessoas só para enfeitar. Não! Quero estar com outras pessoas porque é isso que eu quero, porque quero estar com essa pessoa em particular ou grupo de amigos porque me sinto bem ao lado deles e não simplesmente porque são um corpo presente.

Só porque estou sozinha não significa que não tenho amigos ou que não conheço ninguém, simplesmente, significa que escolho estar sozinha, eu e os meus pensamentos.
Sabem que mais? Não tem problema algum pois ninguém tem nada a ver com isso...  E esta, hein?

48 comentários:

Joana disse...

Acho que é normalíssimo isso que dizes. Eu sei que há pessoas que não conseguem ir às compras sozinha e eu adooooro fazer compras e passear sozinha. Aliás acho que é bom para nós próprios aprendermos e sentirmo-nos bem apenas connosco mesmos. Se é bom ter amigos e companhia? É. Mas nem sempre nem nunca. Eu entendo o que dizes. Cada um é como é e não vale a pena forçarmo-nos a ser uma coisa que não somos só pelos outros. Beijinho.

inestcastro disse...

Compreendo-te muito bem.

Eu sou uma pessoa que me considero bastante social, tenho varios amigos e comunico facilmente com as pessoas mas preciso de estar sozinha, as vezes mais do que uma vez por dia.

É essencial reencontrarmo-nos connosco. A solidão é necessária, mas não pode ser viciante :)

Inês Silva disse...

obrigada pelo comentário <3
eu consigo ser uma pessoa super comunicativa, mas também gosto de ter sempre aquele momento só para mim :)

www.pinkie-love-forever.blogspot.com

Tim disse...

também gosto mas o pessoal não acha normal

Lápis Roído disse...

Independência não é anti-sociabilidade, como bem dizes ;)

Michiyo disse...

Adicionei-te lá :D

-A melhor amiga do totoro.-

Love Adventure Happiness disse...

Também gosto de estar sozinha, não sempre, não para tudo, mas gosto :D

As Coisas Dela disse...

Também gosto muito de estar sozinha apenas na minha companhia e penso que isso faz falta a toda a gente!

Carol Justo disse...

Adorei o texto, eu sou o contrário, gosto sempre de fazer tudo acompanhada. Eu não gosto de andar sozinha, gosto sempre de ter alguém por perto e eu quero muito mudar isso, quero ser mais responsável e independente... É bom estar sozinha, às vezes

Carol | Pink is not Rose

lua singular disse...

Olá C,
Você é meu oposto.
Devo ter mais anos que você, pois muitas postagens que tenho principalmente no fim do blog faz parte da minha vida.
Não gosto de solidão, haja vista, que fiquei viúva e após alguns anos casei-me novamente.Não tive filho; adotei um garotinho.
Muitas vezes tive vontade de parar os blogs: sofri muitas injustiças, e calada; ganhei.Tenho outro blog: Minicontistae(novinho), está em recesso.
Às vezes gosto da solidão para pensar, mas logo pego o carro e saio com meu marido, por não poder andar, operei o pé e fica de "motorista particular"kkk.
Se quiser que eu a sigo entre em contacto comigo no Facebook: Dorli Da Silva Ramos
Obrigada pelo carinho
Lua Singular

lua singular disse...

Desculpa o erro:
Minicontista2
Obrigada
Lua Singular

Violeta e Martina disse...

Eu adoro estar sozinha e passar tempo comigo própria! x

Violeta,

martinaandvioleta.blogspot.pt ❤

S disse...

Adorei este post C. e identifico-me muito contigo, acho mesmo que a maioria das pessoas detesta estar "consigo própria" e tem que estar sempre rodeada de outras pessoas para se sentir bem e como vemos tanta gente assim achamos que por gostarmos ( no meu caso precisar mesmo ) de passar tempo sozinhas achamos que nós é que estamos mal mas não, hoje em dia acho até que exactamente ao contrário! Quem não consegue ou gosta de passar tempo sozinho é que tem um problema qualquer :))
Bj S

Rui Quinta disse...

:)

Eu comecei a ler e pensei logo em comentar na onda do "that's ok".
Somos levados a pensar que há uma normalidade e temos que a seguir, se não for assim, temos algum problema. Mas não há nenhuma normalidade, ou tudo tudo é normal.

E também já tive o meu momento de epifania, aquele clique em que tanto muda e mudamos.

Rui Quinta, Rui de Viagem

Just Fantasy disse...

É sempre importante termos momentos sozinhos, em silêncio...

Glasses disse...

revejo-me no que dizes, uma vez fui a um restaurante, pedi o queria, e quando o prato chegou à mesa, perguntaram-me " não quer esperar pela sua companhia? ", eu disse " vim almoçar sozinho " , aquele olhar reprovador da funcionaria,nunca me vou esquecer, como quem diz, este é anti-social, ou está sozinho porque ninguém gosta dele,... nada disso, eu simplesmente estava a almoçar sozinho, mais nada.

Briana disse...

Também adoro às vezes estar sozinha, e tenho mesmo essa necessidade.. Chega a um ponto que a voz das pessoas me irrita profundamente

Melanie Moreira disse...

Adorei as palavras que tu disseste! Fez-me pensar bastante! Normalmente eu não faço as coisas sem ter alguém ao meu lado, nem que seja uma amiga! Estou em Coimbra e quero tanto visitar a cidade mas não queria ir sozinha, mas depois de ler isto o que vou fazer é descobrir Coimbra sozinha! Obrigada

Beijinhos
That Girl

Magda Carvalho disse...

adorei o texto, acho que não faz mal nenhum por vezes escolhermos estar sozinhos. Por vezes também saio sozinha e sento e sinto me normal para as pessoas isso tudo e que e estranho
já te adicionei também no insta
http://retromaggie.blogspot.pt/

asminhasquixotadas disse...

Compreendo-te perfeitamente porque eu também sou assim. Desde sempre que gosto de estar sozinha, de estar numa esplanada sozinha ou de andar a pé sozinha. Para muitos isso é estranho, mas a mim sabe-me tão bem. Andar ao meu próprio ritmo, lanchar e ler uma revista ao mesmo tempo... Sempre o fiz, mas durante uma época tinha tanto trabalho que nem isso conseguia fazer. Agora já posso novamente. E aos 30 simplesmente já não te interessa que achem uma mania estúpida ou não. Tu é que sabes e pronto. :)

Just a Lady disse...

Sou parecida, gosto de estar sozinha com os meus pensamentos, e já antigamente me chamavam de anti-social por não ir com a multidão... Se antes (quando era bem novinha) achava que o problema era eu, agora percebo que não, sou mesmo assim. Fui tantas vezes sozinha ao cinema, o que as pessoas achavam estranho, porque era suposto ir acompanhada.
Estar em casa a ler um livro, no silêncio, ou sonhar acordada, é muito bom.
Beijinhos*

Janny disse...

gostar de estar sozinho não é sinónimo de ser anti-social, de todo!

Pedrita disse...

eu tb gosto de estar sozinha. beijos, pedrita

Adriana R. disse...

É totalmente normal! Gosto de companhia mas também aprecio muito o meu tempo sozinha :D
beijinhos, The Fancy Cats

Renata Prado disse...

eu sou uma pessoa anti-social, então ficar sozinha para mim é meio que um alivio, tenho alguns amigos, mas não consigo ficar muito tempo perto deles, pois me sinto sufocada, a unica pessoa que nao mei deixa assim é o meu namorado

Com carinho, Renata Prado | Entre Zombies e Unicórnios |

Mariana disse...

Aprendi a estar sozinha este ano. E concordo com tudo o que disseste!

Tety Lima disse...

estar sozinha é muito bom, é bom se curtir, gostar da sua propria companhia né? e é bom estar em conjunto também, há tempo para todas as coisas...
obrigadissimo pela visita, um super beijo, tety
hellootwenty.blogspot.com

Sofia disse...

Adoro conversar e de ter companhia mas valorizo muito os momentos que tenho só na minha companhia.

Bom post :)

Beijinhos

Isa Sá disse...

Às vezes também é preciso estar sozinha!


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Marta Carvalho disse...

Eu também gosto muito de estar sozinha! :)
beijinhos

amarcadamarta.blogspot.com

Catarina Mendes disse...

Sinto e até mente o das as palavras que escreveste, eu também sou uma pessoa sozinha, mas não é sinónimo de solidão ou anti social é mesmo a questão de que gosto de ter esse mesmo espaço para mim e por vezes não gosto estar rodeada de pessoas. Adoro sair sozinha adoro ter esse meu espaço. e com as tuas palavras senti me mais aconchegada porque não sou a única ahah
With love, KATE ❤

Bárbara Marques disse...

"Eu, às vezes, gosto de estar sozinha. And that’s ok". É tão isso! Ainda hoje de manhã tive essa conversa com a minha mãe :) Não é fácil para algumas pessoas entenderem!

O Olhar da Marina disse...

oh meu deus :o finalmente conheço alguem como eu . Eu amo tanto estar sozinha , não é sempre claro , mas por vezes (ou quase sempre ) adoro estar sozinha . Só eu e os meus pensamentos ! Adoro estar comigo mesma e como é bom estar assim , já dizia o velho ditado "mais vale só que mal acompanhada" :D
Beijinhos ♡ O Olhar da Marina

D. disse...

Valorizo imenso os meus momentos sozinha. Há coisas que prefiro fazer sozinha, mas também há imensas coisas que me custam fazer sozinha (ir ao cinema, por exemplo). E se for para estar com pessoas que não me dizem nada, só porque sim, então é que prefiro estar sozinha. Como se costuma dizer, "antes só que mal acompanhada" :)

Minnie Me disse...

Sempre ouvi dizer que mais vale sozinha que mal acompanhada ;) Não tens de te justificar... As verdadeiras pessoas não duvidam, conhecem-te.

Beijinho*

Mary Brown disse...

C este foi o teu post, de que me lembro, que mais gostei de ler. Podia ter sido escrito por mim, aliás já falei sobre isto num blog de uma pessoa que muito estimo. Eu adoro estar sozinha, não tenho problema nenhum em ir sozinha fazer compras, viajar, tomar café ou até almoçar. Eu estou bem comigo mesmo e acho que exemplo disso é o facto de me sentir muito bem sozinha. Sou anti social? Não, gosto de conviver mas foi na minha solidão que eu me conheci e aprendi a viver feliz. As pessoas que não estão bem sozinhas são pessoas com problemas, que não conseguem ouvirem-se. Eu nunca fiz nada para agradar ninguém mas fiz muita coisa que me desagradava porque achei que alguém precisava de mim nesse momento. Sacrifiquei-me muitas vezes pelos outros e não porque eles viam com bons olhos determinada atitude. Hoje penso muito mais em mim e por isso faço apenas o que me apetece e como adoro estar em casa e sozinha é aqui que fico. Beijinhos

Emma disse...

Eu adoro estar sozinha. Não sou de sair de casa e ir para um café ou cinema sozinha mas vou sem problemas às compras sozinha. E se não tenho umas boas horas por semana para estar sozinha começo a ficar rabugenta ahah.
E depois tenho uma amiga que não sabe estar sozinha. Quando nas férias de faculdade vinha a Lisboa fazer algo tinha de arranjar alguém para estar com ela porque não consegue estar sozinha o que me irrita porque, lá está, os amigos servem apenas para enfeitar nesses momentos e porque acho tão infantil. Mas pronto, cada um com as suas coisas.

Mari disse...

R: Continua a ser uma prioridade, porém n soube a vitória. Apesar de ter sido algo em grande para mim, custou-me tanto a obter que quando consegui já estava cansada demais para apreciar :)

Bom post :) Também aprecio estar sozinha!

Catarina H. disse...

Concordo tanto com muitas coisas que dizes.
Eu também não sinto essa necessidade de quando quero ir a algum sítio ter que levar alguém, para me fazer companhia.
É lógico que há vezes que quero mesmo levar companhia, para beber café, para ter uma opinião se quiser comprar algo, etc... mas não deixo de ir a algum lado ou fazer algo, por não ter companhia.
Eu não sou uma pessoa só, mas sinto muitas vezes a necessidade de estar comigo própria, sem interferências.
O que eu vejo é que muitas dessas pessoas que andam em "pacotes", são pessoas que têm dificuldade em estar com elas próprias, com os seus pensamentos, e por isso têm que estar sempre rodeadas de outros.
E na verdade, prefiro estar sozinha (comigo) a estar mal acompanhada :)
Beijinhos e bom fim de semana!

A Lisboeta disse...

A mim choca-me que haja pessoas que não sejam capazes de estar sozinhas... nem sequer falo de estado civil, falo de tomar um cafe ou ir a wc sozinhas! É tão importante saber relacionar connosco próprios! :)

*Nightwish* disse...

Claro que estar sozinho não tem mal nenhum. Eu também gosto de estar rodeada do Moço e amigos, mas também há momento em que gosto (e preciso) estar sozinha. Isso é extremamente pessoal e é aquilo que somos, e pronto!
***

Lucy disse...

curioso, sou o oposto a estudar.

quanto mais gente melhor e muito da minha capacidade de mne abstrair do mundo se deve a isso =)

Beijinho

i. disse...

Bom post! É que é isso mesmo. Também respeito quem não consegue estar sozinho, mas não é bom... Conheço pessoas assim e que ficam completamente perdidas e sem saber o que fazer. Passar tempo de qualidade sozinho é importante, mais que não seja para auto-conhecimento :)

Alice in a Big World disse...

Eu estou a entrar nessa fase de aprender a estar sozinha. Tem sido um processo muito trabalhoso, ahahah! Beijinhos :)

Joana Santos disse...

Nunca fui uma pessoa de estar sozinha: não era mesmo capaz. Se soubesse que ia ficar sozinha, tinha logo de combinar algo com alguém. Mas nos meus últimos tempos a viver em Lisboa e nos meus primeiros tempos a viver em Lodnres tive de me habituar à minha presença e aprendi muito com isso. Acho que, neste momento, consigo ter o equilíbrio certo entre o estar sozinha e o estar acompanhada e isso é mesmo importante. :)

Avelã disse...

Acho perfeitamente normal! É cansativo estar sempre acompanhada, as pessoas precisam de tempo para elas próprias. Ainda bem que chegaste a essa epifania :D

м♥ disse...

Tens toda a razão! Eu adoro os meus amigos, gosto muito de sair com eles e até tenho pena que não seja possível fazê-lo mais vezes, mas também gosto muito de estar sozinha. Mesmo em casa, passo a maior parte do tempo sozinha. E adoro! Não percebo aquelas pessoas que têm que andar sempre em manada. Eu vou onde tiver que ir sozinha e não me aborrece nada. Das coisas que mais tenho saudades é de ir ao parque da minha cidade fazer as minhas caminhadas sozinha. Dava-me tempo para pensar, para estar comigo mesma. Há pessoas que não entendem que estar sozinho não significa estar só, triste, sem amigos. É preciso aprender isso. Acho que a maioria das pessoas não gosta de estar sozinha porque ainda não aprendeu a gostar de si, a entreter-se a si mesma, a fazer coisas que dêem prazer.

Joana disse...

Eu preciso de momentos a sós todos os dias! E compras só faço sozinha mesmo porque me sinto mais à vontade, assim não aborreço ninguém.