30 de janeiro de 2017

#bilingualproblems



Como já mencionei, o facto de falar duas línguas fluentemente no teu dia-a-dia (e vou usar o Português e o Inglês como modelo), tem tanto vantagens como desvantagens. Como por exemplo...

Quando não nos lembramos de uma palavra em Inglês, principalmente, quando estamos a falar com alguém que não fala a nossa língua materna, então passamos uns bons 15 minutos num jogo de tentar adivinhar a palavra que queremos, para depois até nos esquecermos de o porquê de precisarmos daquela mesma palavra, LoL. E, claro, quanto mais tempo passa, começamos a esquecermo-nos de palavras e expressões na nossa língua materna, o que nos faz passar como verdadeiros emigras!

Aquele momento fantástico quando estamos a falar com alguém em Português e alguém Inglês se junta e na mesma frase mudamos de uma língua para a outra, sem falhas e sem ninguém se aperceber. Mad skills!

Quando as pessoas que não falam a tua língua materna, tentam dizer uma palavra ou até uma frase. Mesmo com um sotaque horrível ou a arrastar palavras, somos capazes de encher o peito de orgulho e bater palminhas pela tentativa!

Podes dizer asneiras na tua língua materna que ninguém percebe… eheheheh. A não ser claro que a primeira coisa que ensines a pessoas que não sabem Português, seja as asneiras. Aí estão por vossa conta e risco… 

As anedotas ou piadas tendem a perderem-se na tradução. Uma coisa pode ser hilariante em Português e traduzida para outra língua não fazer sentido nenhum, ao ponto de as pessoas ficarem a olhar para nós a julgarem a nossa saúde mental… enquanto estamos ali a rir sozinhos, LoL. 

Temos uma responsabilidade acrescida quando alguém nos pede para lhes ensinar alguma coisa na nossa língua materna… não porque temos que ensinar a pronunciação correcta mas porque podemos ,ou não, ensinar o que eles querem! Portanto, um “estás muito bonita hoje” pode tornar-se num “pareces uma cabra das montanhas”… isso já é convosco se vão dizer a verdadeira tradução ou não, LoL.

Aquele momento fantástico em que para nós Portugueses estamos a ver um filme em inglês e estamos a criticar o gajo que fez as legendas! Ou então quando até estamos a ver televisão e já nem nos apercebemos em que língua é que estamos a ouvir… Até que alguém nos pede para traduzir e temos que nos concentrar para lembrar em que língua é que ouvimos!

As pessoas quando percebem que não és um “local”, que a língua que estás a falar não é a tua língua materna, mencionando que dominas essa segunda língua maravilhosamente bem. Sim, é um motivo de orgulho! Falar duas línguas é difícil, ser fluente em duas é praticamente impossível, certo? Mas nós conseguimos… podemos não fazer muito sentido às vezes pois o nosso cérebro faz um curto-circuito e misturamos as duas línguas quando menos esperamos, mas para todos os efeitos conseguimos, LoL.

Naquele momento em que estamos ou imensamente furiosos ou assustados ou até mesmo apenas excitados e congelamos em termos de linguagem… o nosso cérebro não se consegue expressar de todo em qualquer das duas línguas e portanto não temos a certeza do que está a sair pela nossa boca fora, LoL. 

Há também todo um momento assustador quando começamos a falar a nossa segunda língua diariamente e temos que falar ao telefone… para quem passou por isto sabe bem o stress. Mas como tudo, com prática, se resolve!

Mas em contra-partida, chegamos a um ponto em que mesmo com anos de prática, que já não sabemos nenhuma das duas línguas decentemente, LoL.

E, finalmente, a tristeza quando existem palavras tanto numa língua como na outra que são extremamente difíceis de traduzir ou até nem existe tradução sequer... cada língua tem a sua beleza e nós estamos imensamente divididos!

25 comentários:

Pensamentos Com Asas disse...

Concordo! Sempre gera essa confusão para quem fala duas ou mais línguas.
Beijos amiga e uma ótima semana. :)

Miuda Maquilhada disse...

Concordo totalmente 😙

Olivia disse...

O inglês, para mim, é de fácil percepção. À excepção de certas palavras que só se usam em determinados contextos (por exemplo, uma indústria) que nunca ouviste nada vida.

Andreia Morais disse...

Como em tudo na vida, há sempre os prós e os contras!

riotdontdiet disse...

como te percebo ahaha e eu nao vivo em inglaterra e mesmo assim as vezes tou tipo "epa como se diz em portugues?!"

https://rrriotdontdiet.blogspot.pt/

As Coisas Dela disse...

Pensa nos aspetos positivos que são imensos :)

Cátia Rodrigues disse...

Ahah a parte das asneiras tem de ser mesmo a melhor ahah!
THE PINK ELEPHANT SHOE // SORTEIO DE UM PERFUME ‘BLUE WONDERS’ NO FACEBOOK //

Melanie Moreira disse...

Concordo plenamente! Mas há coisas positivas!

Beijinhos
That Girl

Nequéren Reis disse...

Com certeza é ótimo vc falar duas linguas, tenha uma semana abençoada, obrigado pela visita.
Blog:https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

S* disse...

Tive um namorado americano e, durante aqueles anos, saíam-me imensas palavras em inglês. E às vezes dava por mim a esquecer a palavra em português!

Anita disse...

Acho que é otimo ser-se fluente em varias linguas , eu não pratico muito o meu ingles em termos de comunicar-me, mas de tanto ouvir, as vezes vem-me a palavra em ingles e não me consigo lembrar da tradução tb XD
Beijinhos*

http://anitaon.blogspot.pt

Catarina disse...

Tão verdade :)

Rita Teixeira disse...

Nunca estive assim noutro país em que precisasse de falar outra língua o dia todo, mas mesmo no meu dia a dia, misturo por vezes palavras ou expressões inglesas :)

http://mundodablue.blogspot.pt/

Isa Sá disse...

Mas dá jeito falar mais do que uma língua...

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Xica Maria disse...

Lembro-me quando fui a Inglaterra a primeira vez o taxista a falar para mim e eu respondi "sim sim, é isso mesmo!"
Eheheheeh

Ana disse...

Compreendo perfeitamente! Gostei muito do texto =)
Beijihos,
http://chicana.blogs.sapo.pt/

Carolina disse...

Muito obrigada, querida!
Às vezes sentimos uma necessidade enorme de agradecer às nossas pessoas e não sabemos muito bem como.
Beijinhos,
Carolina do Aguarela

no one disse...

Pior é quando só falamos uma língua e, mesmo assim, por vezes queremos dizer uma coisa e não nos lembramos da palavra certa. É chato, porque pode ser Alzheimer eheheh.

pequenasvontades disse...

É mesmo muito engraçado =)

Ana Sofia disse...

Eu adoro saber inglês, acho que é mesmo uma mais valia hoje em dia :D
Mas é como dizes, ser-se fluente nas duas acaba por ser um presente envenenado :/
Beijinhos,
An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook

Adriana R. disse...

Eu própria por vezes não me lembro de expressões em português e só falo português no dia-a-dia, imagino tu ahah :D
Beijinhos, The Fancy Cats | KAWAII BOX Giveaway

Paula Laranjeira disse...

Isso acontece-me imenso quando estou na Suiça e não me lembro das coisas em francês e começo a dizer, sem querer, em inglês x)

Por mim disse...

Adoro!
Não deve ser fácil, mas aposto que muitas vezes tem imensa piada :)
Por falar em piadas, quando dizes que às vezes não dá para traduzir é mesmo a sério!!
Uma vez usei a nossa expressão "isso para mim é chinês" com um americano e ele ficou com cara de parvo a olhar para mim e perguntou "chinês porquê?" e eu "porque não percebo nada de chinês, dah".
O pobre coitado riu, mas acho que por piedade, porque ele não viu piada nenhuma na expressão :P

E nunca te cansas de falar inglês? Ou isso já virou natural?
Eu, quando estudei no estrangeiro, havia momentos em que me cansava de falar sempre uma língua diferente...

Avelã disse...

Haha, gostei muito do texto!
É verdade que expressões, piadas e provérbios se tornam especialmente estranhas quando traduzidas :P Em qualquer língua!

A Polegarzinha disse...

O curto-circuito em mim é frequente. Especialmente quando estou a conversar fluentemente com amigos estrangeiros em Inglês e depois se junta um amigo português. Não consigo olhar para a cara dele e falar inglês. O meu cérebro instintivamente vai para o português... E baralho tudo!