12 de janeiro de 2017

O botão



A partir de uma certa altura num outro país (e acho que posso generalizar para qualquer um outro país) o pessoal cria um "botão" especial no cérebro. 
Quando estamos com alguém português, o botão está na língua portuguesa e quando estamos com, neste caso, uma pessoa inglesa, o botão está na língua inglesa... Isto, para vocês, parece bastante estúpido mas após estar já há quase 5 anos no UK, não consigo arranjar melhor forma de explicar as nossas cabecinhas bilingues.

É uma verdadeira ginástica mental, principalmente, quando no trabalho às vezes mudamos de português para inglês a meio de uma frase sem perder o raciocínio. Ou quando acabamos de chegar ao UK, vindos de uma bela temporada de férias em Portugal e a nossa cabeça ainda está em "modo português", a nossa construção de frases ainda está em português, expressões e afins... Então o nosso inglês faz pouco sentido, LoL.

Depois chega a um momento em que o cérebro clica nos botões tão depressa que nem te apercebes de que língua é que estás a falar... Exemplo disso, foi quando, em Londres, fui a um café/restaurante brasileiro e a conversa foi a seguinte:

Empregada: Hello, how can I help?
Eu: Hi! Can I have a "coxinha" with cheese and an orange juice, please?
Empregada: Com certeza, menina. E é para comer aqui ou para levar?
Eu: Para comer aqui, obrigada.
(lá vai ela tratar do pedido)Mais-que-Tudo: Interessante como ela se apercebeu que eras portuguesa porque sabias dizer "coxinha".
Eu: Como é que sabes que ela percebeu que eu era portuguesa?
Mais-que-Tudo: Então... porque ela te respondeu em português...
Eu: A sério? E eu respondi em que língua?
Mais-que-Tudo, já a rir-se: Tás a gozar, certo?  Vocês continuaram a conversa em português.

30 comentários:

Love Adventure Happiness disse...

Sabes isso aconteceu-me a primeira vez na Universidade, de tanto ler em inglês uma vez comentei com umas colegas que era super estranho mas fascinante haver u artigo científico em Português numa revista conceituada... Resposta foi: Mas Vera, está em Inglês.

Outra coisa é quando vives num país e falas 3 línguas, há um botão que serve para desligar uma delas, ou seja quando estou com colegas e eles desatam a falar em Holandês tão rápido que me começo a perder, desligo! É que por vezes é mesmo cansativo!

Messy Jessy disse...

Brutal! ahahah
Já é tão natural para ti quem nem te apercebes que lingua estás a falar.

Miss B disse...

haha Fantástico!
Já tou a imaginar e cena.
Uma "coxinha" também já ía....

Beijinhos e espero ver-te pelo meu blog.

Porty's Diary

As Coisas Dela disse...

Tenho amigos que vivem há vários anos em Inglaterra e acho imensa piada que em certas situações utilizam expressões em inglês quando estão de férias, força do hábito!

Daniella disse...

Eheheh também me acontece imenso. Mas também me acontece esquecer alguns termos em inglês (ou até mesmo em português) e só me lembrar como se diz em alemão, e acabo a colocar uma palavra em alemão no meio de uma frase noutra língua. Mas noto que o cérebro parece querer dar um nó quando começamos a alternar entre várias línguas, num curto espaço de tempo..

Briana disse...

Ahah sim acho que isso acontece a várias pessoas. A mim não é tão acentuado, mas quando saiu das aulas de inglês fico a pensar em inglês durante uma temporada.
Ah e eu só me apercebi que tinha o telemóvel em inglês porque uma amiga minha me disse. Nem me tinha apercebido.

Alex disse...

Ahahah muito bom! Isso aconteceu-me há muitos anos com o francês quando estive dois meses em Paris.

Cátia Rodrigues disse...

Acaba por ser um automatismo, que engraçado!

THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

Maria do Mundo disse...

Giro. Entendo-te bem. Estudei em Italia com uma colega portuguesa. E acontecia exactamente o mesmo.

Ana disse...

Muito engraçado :D é bom, exercita o cérebro, mesmo que às tantas estejas no modo bilingue inconscientemente.

Olivia disse...

Até perdeste a noção. O importante é que explicaste o que querias e ela percebeu, hehe.

Olá, sou a Olivia, nova por estas bandas. Gostei do blogue! **

Tulipa Negra disse...

Ahahah, muito bom!

Ana Sofia disse...

Ahahahhah :D O nosso cérebro prega-nos cada partida :P
Beijinhos,
An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook

Cisne disse...

Hahaha que engraçado ^_^

Konigvs disse...

O mais parecido que eu passei por algo desse género terá sido quando passava horas no messenger a falar (escrever) em inglês com uma arquiteta grega (suspiro). Até lhe ensinei umas quantas palavras em português. Mais tarde disse-me que chamou ao seu mais recente gato de "Beijo".
Lá no trabalho os parolos falam constantemente do que fariam de ganhassem o Euromilhões. Pois eu se tivesse esse infortúnio (não vou ter porque não jogo) pegava num milhão de euros e dava a essa grande mulher que há muitos anos ajuda os refugiados que entram Grécia adentro.

KATHE S. disse...

Coisa estranha mas engraçado ahaha

Cynthia disse...

Adoro o diálogo. Ahah! Acaba por ser automático :) mas é curioso!

Rita Teixeira disse...

Não conheço ainda esta realidade, mas acredito que aconteça com frequência! Até para mim que sou bastante razoável a falar e a escrever em inglês, dou-me conta que algumas palavras "fogem" para a outra língua :b

http://mundodablue.blogspot.pt/

Ana Fernandes disse...

Acontece-me imenso isso! Vivo na Suiça e falo francês todo o dia! Chego a Portugal e estou sempre a dizer palavras em francês mas sem intenção!

www.anafernandes.ch

Sarafaela disse...

Eu sei que venho um bocadinho atrasada mas orbigada e também espero que tenhas tido um Feliz Natal e desejo que tenhas um Ano Novo cheio de coisas boas

Leonor Algarvio disse...

Isso acontece tantas vezes ahah :) eu vou a Londres agora, pode ser que me aconteça algo semelhante ahah
Estou a seguir *

Blog The Glitter Door

disse...

ahahah essas coisas acabam por acontecer automaticamente xD
Quando estudo sozinha estudo em inglês e quando estou com as minhas colegas dou por mim a saber explicar melhor coisas em inglês que em português xD

Beijinhos,
O blog da Mó | Instagram

i. disse...

Isto acontece-me bastante, e só estou fora há uns meses! Até a pensar, quando estou muito tempo fora do português, penso em inglês... :P

[B] disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
[B] disse...

Ahahahahah que máximo.
Já me aconteceu ouvir uma pessoa a falar português e ficar parva por ela estar a falar português e o meu marido dizer que ela estava a falar castelhano e eu não acreditei... Achei que estava maluca kkkkk

Marta disse...

Aconteceu-me coisa idêntica mas em Barcelona.

Avelã disse...

Eu não uso o inglês no dia-a-dia tão frequentemente como tu, mas também me acontece! Adorei o diálogo :P

Joana Santos disse...

Ri tanto com isto. Especialmente porque me fez lembrar das minhas "aplicações" (candidaturas), "apontamentos" (marcações), "resumos" (currículos) e do dia em que, muito segura de mim mesma disse "já sabes fazer sopa, pá, estás a improvar (melhorar)". Mas nada chega aos pés do meu namorado que ainda não percebeu que terapista não é o mesmo do que terapeuta e que se diz amêndoas e não almondas. Enfim. Estes emigrantes portugueses, ai, ai, ai...

Por mim disse...

Como eu te entendo...
Quando estudei em Viena,estive com pessoas de muitas nacionalidades e a língua em que falávamos era o inglês.
Um dia, em conversa (em inglês, lá está) com um argentino, ele achou piada a que eu fosse portuguesa e, de repente, começou a falar-me noutra língua. Palavra que não percebi nada do que ele disse até ele ter feito uma cara de admirado e me ter dito: "Brasileiro?! Don't you understand?!"
Só de rir da situação. Ele passou de inglês para brasileiro (que é português, no fundo) e eu, como não cliquei o botão, pensei que ele estava a falar uma língua estranha qualquer e não percebi nada do que ele disse. Só mesmo depois de ele me chamar a atenção é que entrei no modo português e começámos a falar a mesma língua :)

*Nightwish* disse...

Esses botões andam todos trocados =P Que boa risota que foi aqui no Covil. Acho que até acordei o gato xD
****