6 de outubro de 2018

Top Secret



Ainda enquanto estava grávida, quanto não estava a sofrer de bullying, perguntava a amigas mães e amigos pais experientes, conselhos para uma mamã de primeira viagem, nomeadamente eu. Recebi de tudo um pouco mas recebi simplesmente os melhores conselhos, que ainda todos os dias passam em repeat na minha cabeça...

Em primeiro lugar, a casa, a roupa, a loiça, etc fica tudo para segundo plano. Eu já tinha mencionado isto no Síndrome de Mãe Perfeita pois nós além de sermos mães somos as "donas" da casa e nos primeiros tempos de ter um bebé, tentamos loucamente dar resposta a tudo, perdendo um bocado a noção das prioridades.

Em segundo lugar, tenta ter um bocadinho de "me time".  Quando me disseram isto no início pensei "mas então eu vou querer aproveitar todos os bocadinhos com o meu bebé, não?" Devemos aproveitar o tempo que estamos com os nossos pequenos mas devemos também tentar manter os nossos hobbies ou simplesmente estar sozinha a meditar. Pode-se pensar "ó meu Deus, eu sou tão má mãe por querer um pouco de tempo sem o meu bebé" mas a verdade é que não só é normal como é saudável para ambos.

E em último lugar mas não menos importante, faz o teu rebento sorrir, o resto o que não vem naturalmente, vem por tentativa e erro mas o que é importante é mantê-los felizes. Este conselho ficou-me gravado na cabeça para nunca mais sair! É tão verdade! O pessoal quando me vê com o Príncipe pensa que sou maluquinha pois estou sempre a fazer caretas, a brincar e a dar beijocas com cócegas para o fazer rir... o resto? Veio naturalmente e o que não vem pois sou mãe de primeira viagem, vou tentando a ver se resulta.

E aqui estão. Os conselhos super-secretos que pelos vistos ninguém fala mas que aqui a vossa Soberana revela ao mundo qual wikileaks qual quê! Como sempre espero que vos ajude...

13 comentários:

Micaela Santos disse...

Eu também já fui mãe de primeira viagem e foi fantástico, tenho muitas saudades pois a minha menina já tem 14 anos, agora é uma adolescente que frequenta o 9º ano. Bom mesmo é isso mesmo, fazer sorrir, fazer caretas e muitas festinhas!

Andreia Morais disse...

Conselhos preciosos! É muito importante desconstruir essa ideia de que se tem que responder a tudo e que se tem que viver somente com um único foco. Claro que com a chegada de um filho (e mesmo não tendo qualquer experiência nessa etapa) a vida dos pais altera-se, mas é fundamental, como referiste, para o bem estar de ambos que não se descure esse tempo pessoal

Love Adventure Happiness disse...

Esta é a maior experiência que alguma vez farei na vida, a da maternidade, é tentativa e erro e aprender o tempo todo, 24h por dia...
Excelentes conselhos e eu ainda recebi mais um que foi " vais receber muitos conselhos, muitos contraditórios, então escolhe os que mais se adequam a ti, porque no fundo nem tudo funciona com todos os bebés nem com todas as famílias"...

Marisa Luna disse...

Olá querida!
São 3 maravilhosos conselhos/segredos que precisamos manter vivos na nossa cabeça na nossa vida de mãe para sempre. Os filhotes crescem e as prioridades (deles e nossas) mudam, mas estas continuarão a importantes lições para nós. Isso e aproveitar o que de melhor tem cada idade.
Beijocas

Sofia disse...

Ora muito obrigada pelos conselhos (=

Cláudia S. Reis disse...

Ainda não sou mãe mas acho que (apesar de trabalhar com crianças e agora especificamente no berçário) só vou aprender tudo quando tiver o meu filho cá fora. Tudo muda quando o filho é nosso, quando as decisões são nossas. Mas numa coisa concordo, esses conselhos valem ouro e um dia irei segui-los!

Sofia Moniz disse...

Que conselhos bons para as mamãs e futuras mamãs *.*
Beijinhos,
Blog An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook
Youtube

C. Correia disse...

Nem mais! :b uma coisa que me disseram e tento sempre fazer com o meu bebé é: "fala para ele sempre a sorrir!" :')

Mimi in the Mirror disse...

Eu nao sou mãe, mas como colega de profissão insisto muito com as mamas para o seu «me time» para descansarem, para estarem presentes para si mesmas, para nao se perderem no seu eu mamã!

Excelentes conselhos!

beijinho
Mimi in the Mirror

Letícia Olegario disse...

Adorei suas dicas, não sou mãe mas sei que elas são importantes para quem está sendo mamãe esse ano.
Beijos, boa semana
www.bellapagina.blogspot.com.br

Matilde disse...

Segui esses conselhos preciosos e ainda ouvi o meu instinto ;) ser mãe e a melhor experiência de sempre,completa-nos enquanto mulheres e aprendemos a dar-nos mais valor :) porque se nos não estivermos bem, eles também não estão ;)

Cisne disse...

Ajuda sim :) Obrigada!

Joana disse...

Para mim este post tem muito bom timing. O dia D está cada vez mais perto :)