27 de setembro de 2011

Ava Inferi





Quando anoitece
Deixo-me encantar
Pela imensidão
Do azul sagrado

Conto às ondas os meus segredos
Confidentes dos meus medos
Dançam comigo neste meu silêncio
No desespero da minha solidão

Vou mergulhar no meu ser
E tentar esquecer
Que um dia sorri com esperança
Vou mergulhar no meu ser
E tentar esquecer
Que um dia brilhei no meu céu...


Nota: apesar de possivelmente vocês não gostarem muito deste estilo, eu aprecio bastante esta banda portuguesa, que apesar de cantarem na mesma em inglês ainda têm alguns singles em português.

8 comentários:

Sara Grilo disse...

Acho que sim, mas há coisas que me dão cabo da cabeça. Venho todos os dias a morrer :c

A.S. disse...

Corina,

As ondas dissolveram os teus medos e continuas a brilhar no teu céu...

Beijos,
AL

M. disse...

Eu gostei :))

Susi disse...

Olha, não conhecia :O e gostei! Por isso é que eu gosto disto dos blogs, aprendemos sempre e conhecemos sempre coisinhas novas :p beijinhos*

Martinha disse...

Não conhecia e até gostei. :)

S* disse...

Só mergulhando em nós mesmos conseguimos encontrar forças...

Lacorrilha disse...

Eu gostei. Muito mesmo.

Nokas disse...

Não conhecia, mas gostei bastante!!