6 de fevereiro de 2012

Primeiro e último


Tive um grande desgosto recentemente... Como sabem, tenho um gosto muito grande em ler um bom livro. No entanto, comprar livros em Portugal é quase mentira porque geralmente rondam sempre os 20 euros.
Portanto, como já é um pouco difícil comprar livros, tento escolhê-los bem. O último que comprei, eu estava mesmo ansiosa por ler e por isso foi chegar à livraria, pegar nele, pagar e vir embora. Quando, já em casa, peguei no livro para começar a ver, vejo logo na primeira página: "A presente obra respeita as regras do Novo Acordo Ortográfico".
Não preciso de dizer muito, pois não? Eu nem sequer tinha pensado no Acordo! A desilusão foi muita pois adoro o Português (e gostamos sempre de ler na nossa língua) e apercebi-me, ao ler o livro, que este será o meu primeiro livro com o Acordo e o último! É que se é para volta e meia estar a ler a mesma frase duas vezes porque não percebo o que raio estão a falar, prefiro então ler em inglês e mais barato.
Tinha muito gosto em ler em Português mas assim não... Recuso-me.

25 comentários:

oral_muito_melhor_que_palavras disse...

Como te entendo. . .


Continuo a ler . . . ( sem acordo ortográfico)

Heartless disse...

You me both. Não é que eu tenho pretensas de comprar livros, como disseste, eles não estão baratos. Mas com o acordo, é um atentado à minha estupidez que já é muita. E já vais aumentando o teu vocabulário com os livros em inglês. Beijos.

PS. Qual foi o livro que compraste?

FashionInPink disse...

Odeio esse novo acordo ortográfico.

Jasmine disse...

odeio essa ideia do novo acordo ortográfico e não escrevo nem nunca vou escrever de acordo com essa treta. Português é Português, não é Brasileiro !
Sou da mesma opinião que tu, se é para isso, é melhor ler em inglês .

Lemon disse...

Entendo-te perfeitamente. Irrita-me e irrita-me mais ser obrigada a escrever de acordo com o dito cujo...

Turista disse...

Querida Corina, ainda não me calhou ler nenhum ao abrigo do novo acordo. Não sei como vou reagir...

Blue star disse...

ODEIO o acordo ortográfico!!

* * *

a Gaja disse...

Eu odeio o acordo mas não terei solução...para ler um livro em inglês vou precisar de um dicionário por perto e mesmo assim é capaz de me falhar muito contexto :(

Lust disse...

Tive a mesma reacção quando, no Natal passado, me ofereceram um dos livros que mais queria ler (O Quarto de Jack). Jurei para nunca mais. Para lém de serem mais baratos em inglês, se fizeres encomenda via net, para além de não pagares portes, tens livros a metade do preço de venda em Portugal, ou seja, a um quarto do valor do preço praticado para os livros vendidos nas livrarias em "português".

Tanita disse...

Eu tambem. Agora quando comprar um livro vou ter isso em atenção.

Vera, a Loira disse...

Sou também totalmente contra o novo acordo ortográfico.

adriana rodrigues disse...

mesmo querida*

*Nightwish* disse...

Não vou expor aqui o meu desagrado com o Acordo Ortográfico, vulgo, aquela palhaçada total. Mas a verdade é que não consigo deixar de comprar livros e de os ler. Acho que vou mesmo ter que me habituar (e não sei porquê, quando leio em inglês, fico com uma dor de cabeça tão grande, que não me deixa outro remédio senão ler em português - mas sinto que vou embrutecer imenso... --').
Bjs*

THINK IN PINK disse...

que treta de acordo, grrr

O mundo de uma sonhadora disse...

Podes crer.. e eu tenho pena é dos alunos mais novos que irão de fazer exames nacionais e ter de repreender a escrever,só para não terem erros e terem menos pontos.
Eu felizmente vou puder fazer o exame sem o acordo,e nem imaginas como fiquei contente de saber isso!
Eu acho que o Português é isso mesmo,de Portugal,e deve ser falado como deve ser!
Mas enfim... não se pode fazer nada..ou se calhar não se quer fazer nada :/

Beijinho*

TimTim disse...

Não compro livros, requisito-os na biblioteca por uma questão de poupança e uma questão de gosto, mas recuso-me a ler com o novo acordo (apesar de ser jornalista e ter que escrever com ele por obrigação)

Hugo de Macedo disse...

Por acaso é algo que nem me tinha lembrado...sou completamente contra o novo acordo ortográfico e sim, como tu, recuso-me. Resta-me ler coisas antigas ou então em inglês...

tiago leal disse...

Não podia estar mais de acordo contigo. É um atentado à lingua portuguesa...

Inês disse...

Já me aconteceu e fiquei em modo de boca aberta.

Nokas disse...

Ainda não li nenhum com o novo acordo...e ainda bem!!

Beatriz disse...

Confesso que também detesto!!

asminhasquixotadas disse...

As editoras foram tão rápidas a entrar nisto do AO, não te parece? Pois, é que isto não passa de uma grande negócio que se sobrepõe a qualquer valor que a língua possa ter. Já não justifico o que estou a dizer porque já viste no meu blogue o que acho do Acordo e porque lá já sustentei a minha opinião. Resta-me, pois, dizer que compreendo o teu desgosto e que acho que faz todo o sentido, não tanto pelo facto de a língua ter mudado (já que muda todos os dias sem que nos demos grande conta disso), mas pelo triste facto de as mudanças serem tão arbitrárias e permitirem uma série de disparates que vão de encontro àquilo que é suposto que uma língua seja. :(

Katia disse...

eu tb me recuso a ler e a escrever com o novo acordo ortográfico.
bjs*

Angela ;) disse...

infelizmente todos os livros agora são assim :(

Denise disse...

Também odeio este maldito acordo ortográfico, mas infelizmente agora temos de nos começar a habituar.

Tenho de escrever a minha tese já com o acordo, portanto, já que não o posso vencer, vou-me rendendo, embora sempre contrariada.

Em relação aos livros, agora são todos publicados respeitando o acordo. Recebi um no Natal e só ao ler algumas palavras é que estranhei e me lembrei do acordo. Mas não foi assim tão horrível de ler!

bjinho