30 de novembro de 2016

My first British wedding


Na semana passada, eu e o Mais-que-Tudo fomos ao nosso primeiro casamento camóne. A minha amiga Becky casou-se e mal recebi o convite a primeira coisa que me disse foi que teria que usar um chapéu para o casamento, LoL. Mas já lá vamos... Vou primeiro dizer-vos as diferenças de um casamento camóne de um casamento tuga.
Em primeiro lugar, há vários tipos de convidados: as pessoas convidadas só para a cerimónia na igreja, pessoas convidadas para o dia inteiro e pessoas convidadas só para a parte da noite (pós-refeição no copo-de-água). Nós fomos convidados para o dia inteiro, que começou com a aventura de conduzir no lado errado da estrada (e do carro, uma experiência que contarei noutro dia) até à Igreja.
A Igreja, reparei que estava bastante simples em termos de decoração mas quando olhei em redor percebi o porquê, a grandiosa igreja era lindíssima que mais parecia uma catedral, cheia de detalhes e antiguidades. À entrada da mesma, os convidados recebem um livrozinho com a fotografia dos noivos e o serviço do casamento.
O casamento em si, a cerimónia, tanto eu e como o Mais-que-Tudo gostamos imenso pois se durou 30 minutos foi muito, o que tornou a cerimónia bonita, leve e cheia de significado pois os noivos incluíram os seus votos na cerimónia.
Depois de algumas fotos à saída da igreja  e de os convidados coordenarem o lançamento de confettis, fomos todos em direcção aos nossos carros para ir para o copo-de-água, em especial os noivos num carro-antiguidade muito bem decorado.
Na quinta onde iria decorrer o copo-de-água, fomos recebidos pela mestre de cerimónias com mimosas. Sim, um casamento camóne tem um mestre de cerimónias, um género de mordomo com um martelo para anunciar que o salão está aberto, discursos, corte do bolo, etc.
Outra coisa, não há cá casaco do noivo a arrebentar pelas costuras de envelopes, há toda uma caixinha ou mesa onde se coloca os envelopes ou outras prendas para os noivos.
A comida não é como os casamentos tugas, em que se passa 3 dias de fome para se entulhar de comida no dia de festa. É uma coisa bastante mais sóbria, LoL. Por falar em sóbrio... as bebidas não são estilo "bar aberto", por mesa há direito uma ou duas garrafas de vinho e depois o bar está aberto para se comprar bebidas.
Por fim, claro que há o bolo da noiva mas há também o bolo do noivo, que normalmente é uma coisa muito mais informal e divertida, como neste exemplo era do super-herói favorito do noivo. Houve também o belo do fogo de artifício, que tendo em conta que é Novembro estava um belo dum griso (passo a expressão transmontana para um frio do catano).


O vestido eu já o tinha mencionado numa das cruzadas depois foi só arranjar o acessório para o cabelo. Nos casamentos dos camónes há a tradição (como já devem ter visto em filmes ou até mesmo quando o príncipe William e a Kate se casaram) de usarem chapéus ou apliques no cabelo, que se chamam fascinator. O meu era para combinar com o vestido por isso era uma flor toda xpto (vejam só os meus skills descritivos, hein lol).
Que quando a Becky me disse, fiquei bastante apreensiva mas depois no casamento percebi que não era a única, então já me senti mais à vontade.

Em suma, foi um dia em cheio, que em falta de mais descrição, na verdade, foi muito britânico, LoL. Acho que se eles fossem a um casamento tuga, mais precisamente da minha família, que quando se juntam os primos é o verdadeiro bacanal... eu acho que eles ficavam traumatizados, LoL.

29 comentários:

Raspberry disse...

Estavas super gira e adoro o penteado! Nunca fui a um casamento inglês e apesar de em Portugal não ser comum fazer essa distinção de convites, a meu ver, faz bastante sentido... Claro que quem o fizer em Portugal de certeza que será falado durante pelo menos um ano "olha-me este... só me convidou para a cerimónia. Se isto tem algum jeito blá blá blá..." Ahah

Essa de conduzir pela primeira vez aqui deve ter sido uma experiência muito engraçada... ficarei à espera de mais pormenores.

As Coisas Dela disse...

Estavas linda!!!

Valentina Muniz disse...

Ias tão gira!! Adoro o bolo do Batman!
Beijinho* Confissões de uma Pecadora by Valentina ||
FACEBOOK ||
Croquis - Home Decor

Tim disse...

Um casamento decente vá xD os nossos é tudo aos gritos é tudo a comer e a tirar fotos como se não houvesse amanhã

Cátia Rodrigues disse...

Estavas mesmo gira e a noiva era maravilhosa!

THE PINK ELEPHANT SHOE // MEGA GIVEAWAY DE NATAL //

Melanie Moreira disse...

Estavas mesmo linda e a noiva também! Adorei o post!

Beijinhos
That Girl

Janny disse...

parecem-me bem mais formais os casamentos britânicos, mas não me parecem mal ;)

Konigvs disse...

Casar, a menos que seja por interesse claramente assumido - estilo a brasileira que abocanhou o Papa - é sempre um péssimo investimento!

70% de divórcios (em Portugal)?

E eu a pensar que hoje em dia as mulheres já só casavam com computadores, ou com elas mesmas. Sim, já há casamentos a solo! No Japão as gaijas já podem casar sozinhas... deixa ver, cá está, até li isso no:
The Guardian


Denise disse...

Estavas linda, e adorei a descrição do casamento. São mesmo diferentes dos casamentos portugueses. :)
Beijinhos

Gaja Maria disse...

Uma festa de casamento Tuga só mesmo na Tugalândia :)) Mas esse pareceu-me muito bem e tu estavas linda. Beijinhos

Paula Laranjeira disse...

Parecem-me bem giros os casamentos ingleses. Confesso que considero os nossos um pouco extravagantes mas também não deixam de ser uma festa lindíssima :)

Mary Brown disse...

Estavas muito chique, como convém. Tudo é mais simples no estrangeiro, não é? Em Portugal os casamentos são um verdadeiro exagero, na comida, na bebida e nos gastos. Para quê? Passados dois ou três anos separam-se. O último casamento que fui, muito bem organizado, tudo à farta, muito luxo e passados 4 anos separaram-se e passado quinze dias estavam divorciados. Falando em divórcios, já há quem faça festa quando se divorcia, já viste disso por aí? Beijinhos

Paula Laranjeira disse...

R: O importante é que estejamos com quem amamos. Os presentes são um extra. Diverte-te! :)

Candybabe disse...

Eh eh eh
Que fixe poderes ver uma outra abordagem :D
Estavas muito bonita!!!!

A Lisboeta disse...

Estás muito bonita! Adorei o bolo do noivo buee engraçado! É giro de se ver estas diferenças culturais :)

My sweet escape disse...

So cute!
I follow you! Follow me back?

mysweetescapemasha.blogspot.com

Diana disse...

Deve ter sido maravilhoso! E eu pessoalmente adorei o vestido e o penteado! Penteado simples, moderno e sfisticado, sem muita exuberância tal como gosto!

Le Tendy Charm

Miúda disse...

Foste muito Gira :)
E pensei exactamente o mesmo que tu, quando dizes que os camónes iriam ficar traumatizados caso viessem a um casório tuga :)

Just a Lady disse...

Estavas toda catita :)

pequenasvontades disse...

Gostei tanto. Primeirp de tudo estava linda!
Acho tão interessante ver como funcionam algumas tradiões noutras culturas. Também já tive algumas experiências e adorei.

*Nightwish* disse...

Qualquer casamento verdadeiramente tuga e digno desse nome é um bacanal. Ou uma javardeira suprema. Ou ambos xD

A igreja é super linda e acho que uma cerimónia deve ser mesmo simples e rápida, para não teres o tio afastado a roncar valente no meio de um dos 472 sermões do padre. E também gosto da ideia do bolo do noivo! Agora, quanto aos "apliques", era coisa que se dispensava... mas tradições são tradições. Ver, por favor, referência ao bacanal. E à javardice. Ou ambas xD

****

*Nightwish* disse...

P.S. - Acabou de me ocorrer que o "aplique" (ou seja, o fascinator) tem nome de invenção pseudo-maquiavélica do Doutor Doofenshmirtz do "Phineas e Ferb".
Just saying.
**

Love Adventure Happiness disse...

Estavas super elegante... :D

O Biquíni Dourado disse...

Fogo! Que linda! E a noiva também, já agora! É uma tradição muito gira! Devíamos adoptar! =D

Um beijinho dourado,
O Biquíni Dourado
Facebook
Instagram

Cynthia disse...

Gira, gira! :)
Que descrição de um casamento tão bonitinho. Os tugas são mesmo... traumatizantes, à falta de melhor palavra :P

i. disse...

Gostei bastante da descrição e de ver as diferenças :) ahah, acho que sim!! Típico casamento tuga é para comer e beber até rebolar :P

Joana Santos disse...

Estavas linda! :p

Não sabia destes pormenores todos do casamento, mas adorei conhecer um bocadinho mais da festa dos ingleses. Agora só falta ser eu a convidada de um. :p

Mickaela Blog GotaDeNeve disse...

Olá! Adorei a descrição, pois não tinha conhecimento sobre este tipo de casamentos. Deve ter sido uma experiência bastante engraçada.
Um beijinho,
Mickaela *

Blog: Gota de Neve
Facebook: Gota de Neve

Avelã disse...

Gostei de saber das particularidades do casamento por esses lados, não fazia ideia de algumas coisas! Achei piada à questão dos bolos e aos diferentes tipos de convidados :P
Ias muito gira, adorei a flor no cabelo :D