10 de agosto de 2018

A banda sonora das Semanas Académicas

Quer ainda estejas na universidade, já te tenhas formado no ano passado ou há 7 anos como aqui a vossa Soberana (ó meu Deus, foi mesmo há tanto tempo?!)... há sempre bandas sonoras das Semanas Académicas!


Para quem foi a Semanas Académicas, como eu, no início do milénio (sim, não magoem as vossas cabeças a fazer contas, eu ia a Semanas Académicas bem antes de entrar na Universidade), vai concordar que uma presença habitual em todas, foram os Blasted Mechanism. Ainda antes do Gangnam Style, ainda antes do KPop, o pessoal universitário já ouvia música sem perceber nadinha das letras, LoL.


Calma... Obviamente que ia incluir o Quim Barreiros, esse grande Deus das Semanas Académicas! Eu acho que o pessoal até fica desiludido se por acaso ele não aparece em alguma, LoL.


Recentemente, a Ana Malhoa tem marcado presença em algumas Semanas Académicas. O que muito provavelmente o pessoal leva esse concerto para o gozo... Até ao momento em que ela canta a abertura do programa Super Bueréré. Aí o pessoal roça a loucura e cantam em plenos pulmões, LoL. O que é extremamente inteligente da parte dela pois o pessoal que costumava ver o programa dela ou está a acabar licenciaturas ou mestrados. Provavelmente o pessoal que está a começar agora, não se recorda deste programa, ahahah.


Menção honrosa: Fernando Alvim, claro... muitas das vezes a salvação para todo aquele pessoal que não gostava de nadinha no cartaz (tirando o sir Quim Barreiros, claro) pois podíamos ouvir Dartacão, Red Hot Chilli Peppers, Dragon Ball, Queen, etc. Brutalíssimo para cantar em plenos pulmões! E ficarmos assim meio burrinhos de como é que ainda nos lembramos de mais de metade das músicas, LoL.

4 comentários:

Maria do Mundo disse...

No meu tempo, era sempre Quim Barreiros no dia do cortejo. Atenção que me formei em 96! :P

Andreia Morais disse...

Só comecei a ir à Queima das Fitas do Porto quando entrei para a faculdade, fez-me mais sentido, mas, claro, rapidamente percebi que há presenças incontornáveis ahahah
Blasted Mechanism foram dos meus primeiros concertos no ano em que entrei. Curiosamente, nunca consegui ver Quim Barreiros, porque como calha no dia do cortejo, e a minha faculdade não passa a tribuna cedo, acabo por nunca chegar a horas. Mas ainda não perdi a esperança :p

Princess Cat disse...

Semanas académicas têm que ter o Quim Barreiros :P

Matilde disse...

Hehe saudades dos Blasted :)