12 de maio de 2019

Eu sou Vegan porque é fixe...



Antes de sequer começar este post quero deixar bem claro que esta é a minha opinião pessoal, se por acaso não concordam com o que vou dizer, tudo bem... Se toda a gente concordasse comigo, eu já tinha resolvido esta macacada chamada  de Brexit.
Portanto, o post de hoje é sobre o veganismo e o que penso sobre isso. Se bem que devia incluir o vegetarianismo na mesma categoria pois têm a mesma filosofia mas na essência prática, o veganismo é mais extremo e por isso vou focar-me nele.

Para quem não sabe, o veganismo autointitula-se de filosofia de vida (digo auto-intitula-se pois dizem que o vegetarianismo é uma escolha dietética mas eles são uma filosofia) que procuram excluir na medida do possível e do praticável, todas as formas de exploração e crueldade com os animais, para alimentação, vestuário ou qualquer outra coisa e por extensão promove uso de alternativas livres de abuso animal e ambiental.
Soa espectacular mas na prática é uma restrição alimentar bastante severa, não consomem produtos animais e de origem animal: carne, peixe, lacticínios, ovos, mel... Enquanto que os vegetarianos apenas não consomem produtos animais (carne e peixe), por isso podem logo aqui ver que o veganismo é uma dieta mais rígida.

Ora bem, eu sou totalmente de acordo com os ideais. Acho que os princípios éticos são de louvar, além ainda a importância que dão à sustentabilidade.
Contudo! E é aqui que o pessoal pode não gostar...

Eu não concordo com as restrições dietéticas, assim à maluca.

Eu como enfermeira, eu como profissional de saúde, não posso compactuar com isto. Tento sempre respeitar as decisões dos outros mas no que toca à saúde, não percebo como podem escolher esta restrição alimentar só por causa dos ideais ou porque é moda. Sim, porque por mais que me digam que a The Vegan Society foi criada em 1944, só no espaço de 5 anos é que se viu o número de praticantes/seguidores a aumentar num pico extremo, devido às redes sociais e aos "influencers".

Quero deixar bem claro que o vegetarianismo e o veganismo têm os seus benefícios em termos dietéticos... para pessoal que precisa ou pessoal que se informa!
Pessoas com doenças cardiovasculares severas, com tensão muito alta, diabetes, com alguns tipos de cancro e algum tipo de hipo ou hipertiroidismo. Mas para pessoal que não tem nada disto e decidiu só porque sim, seguir este regime dietético sem acompanhamento, é normal depois haver falhas de vitaminas e minerais essenciais, acabam por adoecer mais vezes, ou seja, se não houver equilíbrio e diversidade na dieta, o nosso corpo não vai receber os nutrientes que necessita, o que pode resultar em carências de ordem física, mental ou psicológica.

Eu gosto genuinamente da comida vegetariana/vegan pois é super saborosa mas nunca vou descuidar a carne, peixe e produtos de origem animal pois acho que tudo isto é necessário para o nosso corpo. Mas essa é a minha visão.

Contudo, principalmente, adolescentes e crianças que são mais influenciáveis, vêem o pessoal influencer (estão a ver de onde vem o nome?) vegan ou vegetariano a fazer a sua vidinha e até pensam que são saudáveis pois são magros (sim, é essa a lógica), são capazes de tomar um complemento ou outro mas promovem esse estilo de vida... Só que depois tem o que seria de esperar, esse mesmo pessoal influencer, deixou de ser vegan ou vegetariano pois o organismo ficou debilitado. Ficaram com problemas de digestão, depressão, cansaço, falta de energia, etc.
Mais uma vez, está nas mãos de cada um decidir o que quer fazer e sou muito de "live and let live" mas quero que vocês tenham a consciência das vossas escolhas! Eu compreendo que querem seguir a filosofia e os ideais mas há outras maneiras com certeza, de o fazerem do que denegrirem a vossa saúde e não serem tão extremistas.

E vocês o que acham deste novo movimento? Conseguiriam fazer estas restrições?

P.S. - queria agradecer à @tilym77 pelos links e por me ter incentivado a escrever sobre o tema e à @joanaperez por ter sido a primeira prova de fogo do post!

20 comentários:

Matilde disse...

Muitos Parabens por este post foi de encontro a tudo o que pensamos cá em casa sobre o assunto!!!
Ora essa, foi com muito prazer ;)
https://matildeferreira.co.uk/

Susana G disse...

Eu sou muito a favor de comida vegan, é saborosa e faz bem, mas acredito que o carne, o peixe, os ovos etc, são necessários para uma boa saúde, o que tento é comprar pelo menos a carne, a pequenos e médios agricultores pois a carne é muito melhor e não faz tanto mal ao ambiente. São escolhas. Beijooo

Daniela disse...

Olha, acho que devias te informar melhor acerca deste assunto. Eu não sou vegan, no entanto, a maioria das refeições que faço são normalmente vegan.

Dizes: "Pessoas com doenças cardiovasculares severas, com tensão muito alta, diabetes, com alguns tipos de cancro e algum tipo de hipo ou hipertiroidismo". Significado, melhora substancialmente o nível de saúde de pessoas que sofram de alguma doença mencionada acima. Totalmente, aliás não faltam estudos a comprovar que uma dieta vegan pode, não só prevenir, como reverte doenças cardiovasculares.

Depois passas para: "mas para pessoal que não tem nada disto e decidiu só porque sim, seguir este regime dietético, é normal depois haver falhas de vitaminas e minerais essenciais". Não achas isto um bocadinho contraditório com o statement anterior? Como é que por um lado melhora o estilo de visa e a saúde em geral das pessoas, no entanto, se forem saudáveis então deteriorita a saúde das pessoas.

Ok, eu juro que não estou a tentar ser critica, mas sou uma geek em relação a alimentação e leio tudo e mais alguma coisa sobre isto. Pessoalmente, e a maioria das pessoas que seguem uma alimentação vegan, fazem-no devido a razões éticas e por causa do meio ambiente. O enviroment é normalmente o factor que contribui para isto, e por isso que à imensas pessoas que se chamam de "flexitarian" agora. Vê, por exemplo, quanta àgua é gasta para produzir um kilo de bife vs um kilo de soja. Ou por exemplo a industria do wheat na América para alimentar o stock. Há imensos factos engraçados na internet aliás, que diz se a população se tornar vegan agora, teriamos comida suficiente para alimentar todas as pessoas que estão a passar fome neste momento (idealista? sim, também acho). Se vires as noticias neste momento sabes que a crise ambiental está de momento tão desenvolvida que a única forma de 'prevenir' é realmente não comer mais carne. A carne é mais prejudicial para o ambiente do que automóveis e aviões. Para não falar de todos os medicamentos que os animais são dados para crescerem mais rápido. Então, e falar do facto da carne ser agora considerado cancerígenas?

O meu outro ponto é acerca dos nutrientes que dizes que vai faltar ao corpo. Estúdios indicam que em relação ao B12 e ao iron/magnesium, não existe nenhuma disparidade entre ser vegan ou comer carne e peixe. Uma pessoa vegan não é uma pessoa anémica. Eu não sou anémica, mas a minha mãe é, e ela come carne. Ela também tem imensa falta de cálcio, e a alimentação dela inclui muita dairy. Brocolos têm mais calcio que o leite, e o corpo naturalmente absorve calcio de plantas mais rápido. Sempre tive nível baixo de ferro, e agora não tenho. A minha digestão está o melhor que sempre teve, por causa de toda a fibra que existe em vegetais e fruta. Os únicos nutrientes que pode realmente faltar a uma pessoa vegan é o omega 3 e o omega 6, porque naturalmente, são nutrientes que não encontras em toda a comida: só em certas nozes e sementes. Proteina? Fácil. Ferro? Também. Cálcio? Brocolos e leites plant-based.

Daniela disse...


Obviamente que há que ter uma alimentação variada. Mas também as pessoas que comem carne e peixe também tem de ter - a tipica familia portuguesa que só come carne ou peixe com arroz, os miúdos raramente veem fruta ou vegetais. E, como já deves imaginar, para mim uma dieta vegan é 30x mais aconselhável do que uma dieta que contenha carne e peixe. Além de sustanibilidade, na minha opinião preferia ter pessoas ao qual único problema é ter de comer mais nozes ou grãos, do que ter metade da população com diabetes - que está ligado à escolhas alimentares de cada pessoa. Estes sim, estão a denegrir a sua saúde.

P.S: Isto para dizer, se alguém realmente quiser se tornar vegan é preciso muita pesquisa. Uma wholefood diet é muito mais importante do que ser vegan ou comer carne. Aconselho-te a ler o livro How Not to Die, que fala imenso dos alimentos e quais as melhores formas de fuel your body. E o 'What the Health' da Netflix, que é assim um grande eye opener para entender os rótulos das comidas e o que realmente está por detrás da comida 'saudável'.

Daniela disse...

Also, gentxeeee, influencer é normalmente pessoal assim uma bocadxinho burrinho! Lembrem-se dos idiotas que andavam a fazer o cinnamon challenge, e o Kyle Jenner lips challenge.


Dá uma olhada nos seguintes links:

https://www.youtube.com/watch?v=AAkEYcmCCCk
https://www.youtube.com/watch?v=xnKaOL2IBPY
https://www.youtube.com/watch?v=vxiKwQ9rQNA
https://www.youtube.com/watch?v=VzgMj3peKL0
https://www.youtube.com/watch?v=_TokqrtFfi8

Tio Heartless disse...

Like everywhere, here for the comments!

Miss L disse...

Olaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
Vou começar por um conselho: Coloca uma imagem por cada 3/4 parágrafos. Um texto tão corrido cansa a quem não gosta de e-books. É o meu caso.
Linda, há mesmo quem ache que ser Vegan ou Vegetariano só se prende na escolha alimentar. NADA A VER.
Minha querida, o ser humano é dos poucos animais que não precisam de carne. Simplesmente, fomos habituados pela Sociedade a comer carne e a beber leite de vaca. Isso só faz bem ao bolso de quem vende.
Quanto ao défice de nutrientes tem a ver com o não planeamento.
Não, Veganismo não é moda.
Beijokitaz





www.devaneiosdemissl.com

C. disse...

Daniela - adoro que tenhas dito para me informar melhor mas depois acabas por concordar com tudo o que disse no post. Mas acabaste basicamente com a ideia deste post: "Also, gentxeeee, influencer é normalmente pessoal assim uma bocadxinho burrinho! Lembrem-se dos idiotas que andavam a fazer o cinnamon challenge, e o Kyle Jenner lips challenge. "
A ideia deste post era isso mesmo, mostrar o lado dos influencers e pessoal que toma a decisão de ser vegan sem se informar.

Love Adventure Happiness disse...

O problema destas dietas é que a maioria das pessoas as segue sem qualquer conhecimento de causa ou acompanhamento adequado. Muitos vegans e vegetarianos têm níveis baixos de omega 3 e 6, vit. B12, entre outros minerais. Sim há excelentes substitutos mas têm de ser consumidos e as pessoas têm de saber disso.
Na creche da Bia comem maioritariamente refeições vegan e para mim massa com molho de abóbora não tem grande teor de proteína nem ferro etc... Felizmente ela janta em casa mas se jantasse lá comia sopa e pão. Uma criança que almoce e jante lá todos os dias da semana terá de compensar no fds. Claro que se beber leite e eles dão iogurte já ajuda.
Algo que a Daniela disse e tu também, mas em opiniões opostas, é que pode ajudar pessoas com problemas cardiovasculares, etc. O que queria dizer é que o maior problema hoje em dia é o excesso! Os excessos levam ao aumento de diabetes tipo 2, de doenças cardiovasculares, etc. Uma pessoa que mantenha uma alimentação omnívora com consumo adequado de proteína, gorduras (não trans), etc terá saúde. O excesso também prejudica a sustentabilidade, se comemos em excesso e produzimos em excesso para o que consumimos é terrível, serve para produtos animais e vegetais até porque se fossemos todos vegan não acho que houvesse área de plantação que chegasse...
A minha filha come carne e/ou peixe todos os dias, metade do prato é composto por vegetais a outra metade é proteína, hidratos e gordura (por norma azeite) para temperar/cozinhar. Os lanches na creche são compostos com fruta e/ou vegetais (sim cá os putos lancham tomates e pepinos), iogurte natural, etc... A escolha de dar vegetais ou não é dos pais, eu sempre comi vegetais fosse em sopas, saladas ou cozidos ou salteados...
Esta semana que passou comi 1 refeição de carne, não foi muito pensado mas vou tentando cortar a carne, também faço refeições vegetarianas e o próximo passo é comprar carne biológica (para a Bia já compro, para nós também compro às vezes)

Matilde disse...

Love Adventure Happiness, melhor comentario, alimentacao equilibrada é definitivamente a melhor escolha e ouvir o nosso organismo :) Bem hajas!

Armanda Barbosa disse...

O veganismo não é uma dieta pelo simples facto de que ao contrário do que dizes não se baseia em escolhas alimentares. Baseia-se no facto de não se querer compactuar com o sofrimento animal, por isso não se consumem produtos de origem animal, um vegano não considera justo matar ou fazer sofrer outro ser quando na realidade não precisa de nada animal para sobreviver...

No entanto o que me assusta neste post é seres enfermeira e estares tão mal informada e tão formatada. Vejamos, se a pessoa tem problemas cardíacos mandam reduzir ou parar a carne, se tem cancro mandam acabar com uma data de produtos animais, se tem doença de Crohn tem de abandonar o leite e podia continuar infinitamente. Tens pessoas que comem carne todos os dias e que sofrem de anemia na mesma.
Ninguém e repito ninguém precisa de comer animais para ser saudável, que as pessoas os queiram comer, é uma escolha delas, dizer que precisam deles para serem saudáveis é um falso argumento que em 90% dos casos é dado para se dormir de consciência tranquila. Há 5 anos que não como carne, ovos, leite e por aí fora e adivinha, continuo sem défices, saudável e inclusive a poder dar sangue....

Larissa Santos disse...

Cada vez há mais pessoas a optar por esse tipo de alimentação:))

Hoje :-
Existem sussurros na brisa.


Bjos
Votos de uma óptima Segunda - Feira

Green disse...

Concordo contigo, sem dúvida que isto é quase 100% moda, mais do que qualquer outra coisa, e depois é como dizes, as pessoas não se informam e não comem de forma equilibrada e saudável, o que é terrível.

Graça Pires disse...

Eu sou mais, como dizia uma artista portuguesa: provar de tudo e não comer de nada…
Uma boa semana.
Um beijo

C. disse...

Armanda Barbosa - claramente eu ser Enfermeira permite-me em primeiro lugar ler as coisas xom atenção e não apenas na diagonal.
Ora vamos lá...

Eu digo: "Quero deixar bem claro que o vegetarianismo e o veganismo têm os seus benefícios em termos dietéticos... para pessoal que precisa ou pessoal que se informa! Pessoas com doenças cardiovasculares severas, com tensão muito alta, diabetes, com alguns tipos de cancro e algum tipo de hipo ou hipertiroidismo."

Tu dizes: "No entanto o que me assusta neste post é seres enfermeira e estares tão mal informada e tão formatada. Vejamos, se a pessoa tem problemas cardíacos mandam reduzir ou parar a carne, se tem cancro mandam acabar com uma data de produtos animais, se tem doença de Crohn tem de abandonar o leite e podia continuar infinitamente."

Tu dizes: "Ninguém e repito ninguém precisa de comer animais para ser saudável,"

Eu NÃO digo em altura nenhuma do post que é preciso comer carne para se ser saudável.

Tu dizes: "Há 5 anos que não como carne, ovos, leite e por aí fora e adivinha, continuo sem défices, saudável e inclusive a poder dar sangue.... "

Eu digo: em primeiro lugar, muito bem por doares sangue, é de louvar. Há poucos impedimentos para doar sangue, restrições dietéticas não é. A não ser que sejas minha doente eu não preciso de saber o que comes. O meu VERDADEIRO problema é o pessoal influencer que passa uma imagem e as pessoas feitas ovelhas seguem cegamente sem informação.

Portanto, espero que este comentário mais repartido tenha ajudado a teres percebido um post tão longo.
Já recebi a crítica construtiva que devia colocar mais imagens, pode ser que isso ajude a que o pessoal leia com atenção e até ao fim.

Em jeito de conclusão, gostaria que antes de questionares o meu profissionalismo que leias com atenção e não apenas o título ou na diagonal.

Muito obrigada pela tua visita ❤

C. disse...

Love Adventure Happiness - Linda tu sabes o quanto eu prezo os teud comentários por serem mesmo pensados. O que eu fiquei intrigada foi a creche da tua pequena só servir refeições vegan. Entendo ter essa opção mas para todas as crianças?

Love Adventure Happiness disse...

Não, há semanas que é mesmo assim, outras só 50% dos almoços (jantar é sempre sopa e pão) mas o que me preocupa é não serem equilibradas, por exemplo hoje é perú com lentilhas e arroz mas ontem foi couve flor guisada com massa, sendo que não há aqui nada com alto teor proteico...
Há 1 ementa apenas e só. Eu só não me preocupo porque em casa lhe dou de tudo, meio prato de vegetais e a outra metade hidratos de alta energia, proteína e gorduras.

camdandusler disse...

good post 😊 would you like to follow each other? if the answer is yes, please follow me on my blog & i'll follow you back. https://camdandusler.blogspot.com

Blogue Ela e Ele disse...

Como tudo na vida, tem que se conhecer os benefícios e consequências das nossas acções. Ser vegan ou vegetariano não implica ser-se saudável. Implica ter-se conhecimentos do que abdicamos e do que temos que acrescentar para compensar essa perda. Tudo é possível, mas temos que ter conhecimento de causa. E é como tudo, existem vegans saudáveis, como existe o oposto. Agora esse estilo de vida requer uma maior preocupação com os alimentos ingeridos.

Abdullah disse...

Great post.
Regards.
promoswithin.com
coopanz.com
savingjet.com