28 de fevereiro de 2019

É tudo uma questão de perspectiva...



Hoje vou-vos contar toda uma epifania que tive enquanto estava a chegar ao trabalho. Não, não é nenhuma história sobre um paciente, foi genuinamente um diálogo comigo mesma por isso muito provavelmente vão pensar que sou maluquinha... e estão no vosso direito, LoL.

Portanto, tinha acabado de chegar ao hospital e estava a caminhar num corredor comprido que vai ter ao departamento onde trabalho. A caminhar à minha frente, a uns quantos metros de distância, apercebo-me que uma colega de trabalho estava a fazer o mesmo caminho que eu. Ela estava a usar um casaco curto e estava a usar leggings de desporto. Fazendo-me reparar melhor nas pernas dela e penso: "Credo, a X. está mesmo esquelética!" As pernas eram duas varas, a rapariga parecia que nem tinha coxas!
"Ah! Mas espera, ela vai-se casar em breve... Muito provavelmente está a dar forte no ginásio. Mas credo, ao ponto de chegar àquele ponto?"
Depois olho para baixo, para as minhas coxas redondas, para as minhas ancas que desde que tive o Príncipe decidiram ter um código postal próprio, uma barriga um pouco mais saliente... E em vez de sentir inveja ou o que fosse, senti orgulho do meu corpo! 
Sim, posso não ter o meu corpo todo definido mas eu não quero ficar como ela. É, na verdade, tudo uma questão de perspectiva, às vezes ficamos tão focadas com o que a sociedade nos diz que é "bonito" que nos esquecemos do que nós próprias gostamos... Apercebi-me que eu gosto das minhas cochas com alguma carninha, gosto das minhas ancas um pouco mais largas. Apercebi-me que gosto mesmo muito da minha silhueta de mulher!

Por isso ,da próxima vez que pensem que querem perder peso ou que precisam de começar a ir ao ginásio ou até mesmo cirurgia plástica, tenham a plena certeza que o estão a fazer porque vocês querem e não porque é o que é esperado de vocês... Pois podem mais tarde aperceber-se que afinal não é o que realmente querem ou gostam.

26 de fevereiro de 2019

O golpe do baú



Passado já mais de um ano desde que o Príncipe nasceu, começo a duvidar da sanidade daquelas mulheres que querem ou quiseram dar o golpe do baú... isto é, engravidar para "segurar" um homem.

Muitas mulheres imaginam que um bebé vai fazer com que o homem fique ou se case com ela. Sim, porque não há melhor maneira de segurar um homem que ter uma mulher a passar a montanha russa de hormonas, ter muitas noites sem dormir, fraldas de cocó explosivo e sei lá o que mais!

Cambada de maluquinhas, LoL.

24 de fevereiro de 2019

And never let go...


Never mistake what we are
We'll stand apart with our own scars
Never regret or fight alone
We'll stand apart, all our flaws shown

I'll take your hand in mine
And never let go
I'd give my life to find
What you already know 

I'll take you with me
We'll carry on
I don't mind waiting
Don't mind at all

Go, disengage, liberate
Evolve now, unchained and go your own way
Never forget where you've been
We'll stand apart, we'll awaken

I'll take your hand in mine
And never let go
I'd give my life to find
What you already know

I'll take you with me
We'll carry on
I don't mind waiting
Don't mind at all

We've come much too far
Our past, a world away
Embrace now who we are
We stand another day
Found strength and now we know
Release and let it go
Let it go

I'll take you with me
We'll carry on
I don't mind waiting
Don't mind at all


Nota: muito sinceramente, eu não acho que o senhor Tremonti tenha lançado um álbum que eu não tenha gostado, LoL.

22 de fevereiro de 2019

Baby clubs & Mummy friends


Quando se tem um bebé os primeiros tempos são de adaptação, ganhar rotinas, recuperarmos fisicamente e ajustarmo-nos essencialmente  à vida com um bebé mas depois pode começar a tornar-se bastante solitário.

Como já tinha mencionado antes, as relações à nossa volta mudam quando temos um filho e na rotina de dar de mamar, mudar fraldas e adormecer o bebé, além dos dias se começarem a parecer todos iguais e que estamos num loop do Dr. Strange (digam lá que não gostaram da minha referência geek, assim como quem não quer a coisa, LoL). Uma mãe acaba por ficar bastante isolada e antes que digam que a mãe devia estar em constante estado de felicidade pois a sua cria está ali, ninguém diz que não mas ao final dos primeiros tempos quando os baby blues nos atacam, a mãe sente falta de falar com um adulto, LoL.
Por isso, é que os papás são tão importantes, contudo, se se tiver outras mamãs para conversar, partilhar experiências e tirar dúvidas... isso vale ouro!

Então, aqui no UK, existem Children Centers onde têm actividades para bebés e crianças de todas as idades, incluindo as "clínicas" onde se pesam os bebés e se tiram dúvidas com as enfermeiras. Sim, aqui não vamos ao Centro de Saúde para pesar mas sim nestes centros, que funciona com sistema de ordem de chegada, por isso acabamos por encontrar outras mães.
Principalmente para uma mãe emigra, como aqui a vossa Soberana, que acaba por ficar um pouco mais isolada. Fiz por ir todas as semanas aos play groups mesmo com o Príncipe super pequenino (mais não fosse para me fazer sair de casa). Para variadas idades e nível de desenvolvimento têm diferentes brincadeiras e o facto do Príncipe desde cedo poder interagir com outras crianças foi extremamente importante.
Como já vos tinha contado, o Príncipe só foi para o infantário com 9 meses, por isso tinha imenso receio que fosse um choque muito grande para ele mas com os play groups, ele sempre se habituou a estar com outras crianças desde muito cedo. Aliás, desde bem pequenino que notei que o Príncipe tem assim um fascínio por outras crianças, adorava vê-las brincar e agora mais crescido gosta de interagir. O que é excelente a nível social, tendo em conta que aqui somos só eu e o Maridão.

Outro ponto importantíssimo e que valem o seu peso em ouro, são as mummy friends, as nossas amigas mamãs! Na minha recuperação dos baby blues, os play groups ajudaram mas mais importante ainda foram as minhas amigas mamãs... Por acaso, tive imensa sorte e quando tive o Príncipe, várias amigas tinham tido filhos há relativamente pouco tempo, por isso era super normal trocarmos mensagens às 3 da manhã enquanto dávamos de mamar. Muitos cafés também, enquanto os pequenos se divertiam a brincar, as mamãs conversavam e tiravam dúvidas.

Contudo e porém, gostava de deixar um grande conselho para as mamãs e futuras mamãs: não comparem bebés. Nada de comparar do que o bebé faz ou ainda não faz, o peso ou a altura... É excelente poder partilhar experiências mas tenham sempre em mente que cada bebé/criança tem o seu ritmo e, principalmente, no primeiro ano de vida, apenas uma semana faz uma grande diferença no seu desenvolvimento.

Mas sabem, eu ainda hoje não consigo agradecer o suficiente às minhas mummy friends por o quanto me ajudaram naquela fase tão complicada... Mamãs unidas, jamais serão vencidas!

20 de fevereiro de 2019

RealNatura



Depois de ter ficado hiper-mega fã com as coisas milagrosas da marca RealNatura, decidi apostar em experimentar a gama completa Pro-Lisos Anti-Frizz e não fiquei de todo desiludida! 

Além claro o meu cabelo ter ficado espectacular notei que tanto o champô e o amaciador duram imenso e acho que é devido ao facto dos frascos virem com doseador, o que ajuda a não gastarmos quantidades astronómicas de produto quando não há necessidade. 

Gostei tanto que comprei outras gamas para experimentar! Vocês conheciam? Ou experimentaram?

18 de fevereiro de 2019

Outlander, season 4



Ai meus querido Deus e santa da Agrela... se Outlander nos deixava taquicárdicos, então esta temporada é mesmo imprópria para cardíacos!

Para além do que acontece nesta temporada onde a filha da Claire está muito envolvida, onde o Jaime se portou mal (eu sei como é que conseguimos estar chateadas com ele, não é?), eu fiquei no final dos episódios todos de queixo caído quando a The Phoenix Flight me mandou mensagem a perguntar se já tinha visto os episódios todos.
Pensei logo: medo, o que vai sair daqui?!
E pergunta-me o que achei da escolha de casting para Stephen Bonnet (que para quem viu esta temporada sabe como se sente relativamente a esta personagem). Não fazia ideia quem era o actor... até que ela me diz que é o actor que fez de Eragon!! Ó...meu...Deus... Como é que é possível que eu não o tenha reconhecido? Vocês também ficaram chocadas?

Então e vocês caros súbditos, seguem esta série ou são viciados nos livros?

16 de fevereiro de 2019

The London Tour: Piccadilly, Chinatown, M&M's e Lego

Ainda nos locais mais turísticos e obrigatórios de uma visita a Londres...


Ir a Londres e não passar pela Piccadilly Circus (vulgo praça luminosa toda XPTO), é como ir a Nova Iorque e não passar pela Times Square! Aproveitem para tirar muitas fotinhas e aproveitem também para ver os muitos artistas que muitas vezes estão perto da estatueta. Contudo tenho um conselho... vocês vão ver ali muitas lojas de recordações, não aconselho a comprarem ali, só se tiverem mesmo apertados de tempo e mesmo assim não aconselho muito pois é uma roubalheira aos turistas que só visto. 


Se tiverem virados para os écrans luminosos basta virarem para a direita e seguirem por essa rua que nem 5 minutos a andar vão ter à entrada da lindíssima Chinatown. Funny story, a primeira vez que que eu e o Maridão fomos a Londres juntos e queria ir à Chinatown com ele (pois ele cresceu em Macau), estávamos ali nas redondezas perdidos, até que o Maridão inspira fortemente e diz: "É por ali!" E não é que era mesmo? Ele diz que o cheiro da rua é tal e qual como na China! Incrível. Além claro de quando vamos a Londres passamos sempre por Chinatown para irmos a uma mercearia de lá para comprar umas coisinhas que ele costumava comer em Macau, para matar saudades.


Mesmo ao lado da entrada da Chinatown tem a enormíssima loja dos M&M's! Vocês pensam que estou a exagerar mas são 5 andares só de cenas M&M's e paredes inteiras só com chocolate. Aliás, não é só a Chinatown que tem um cheiro próprio, ao entrar nesta loja, leva-se um estalo de cheiro a chocolate que é incrível!


Recentemente abriu também à frente da M&M's World, a loja da Lego e acho que esta dispensa qualquer tipo de introdução, LoL.

Piccadilly Circus – Piccadilly

Post anterior: The London Tour: Buckingham Palace, St.James & Green Park e Hard Rock Café

14 de fevereiro de 2019

Dia do Amor, versão pais


Caros súbditos, vocês sabem os meus sentimentos relativamente ao Dia de S.Valentim, aliás, para quem me segue há algum tempo, deve ter ficado super surpreendido pelo facto de eu estar a escrever alguma coisa neste dia, LoL.

Eu e o Maridão nunca fomos de celebrar este dia, aliás há imenso tempo que não fazemos nada neste dia. Nada contra a quem celebra mas acho que se tornou de tal forma consumista que se tornou. Agora depois de ter o Príncipe?
Por acaso o dia de S.Valentim calhou num dia em que o Príncipe está no infantário e então o dia tornou-se importante pois o nosso dia-a-dia é agitado com trabalho, o pequenino, arrumar a casa, cozinhar jantares, dar banhos e acabamos por chegar ao fim do dia estafados e com pouca paciência para a nossa cara metade. Por isso, aproveitar este dia tornou-se imperativo.
Nada de jantares em restaurantes chiques ou escapadinhas para algum sítio super-hiper-mega romântico... não! 
O plano é o seguinte... Deixar o pequeno a brincar no infantário, voltar a casa, enroscarmo-nos no sofá e ver filmes agarradinhos um ao outro para depois encomendar o almoço pois namorar no sofá é imperativo! 

Melhor que colocar os filmes em dia no conforto do lar e não ter que cozinhar? Este dia não podia ser melhor! LoL.

E vocês, o que vão fazer hoje?

12 de fevereiro de 2019

Now that I got your attention...




Por isso não se esqueçam de passar pelo instagram do reino em: @omeureinodanoite.

P.S. - estou sofrer problemas técnicos com o instagram e infelizmente não me deixa comentar ou gostar posts... alguém sabe o que se passa?

10 de fevereiro de 2019

FireTV




Desde que começamos o Amazon Prime que estamos espantados com tal serviço! Além das muitas vantagens que já tinha mencionado noutro post, temos direito ao Amazon Video (que é basicamente a app que faz concorrência à Netflix) e além disto, decidimos comprar uma FireTV stick.

O que é? Perguntam vocês e muito bem... é basicamente aquela "penzinha" com um comando todo XPTO e têm tudo o que tinham na Amazon Video e muito mais. Ah! Além disso, podem também levar a pen e o comando para onde quiserem e usar onde quiserem (basta a televisão ter uma entrada USB)

Contudo venho falar da grande vantagem de ter uma FireTV para quem está fora de Portugal... 

Quem está fora de Portugal pode ou não querer ver canais portugueses mas dá sempre ter essa opção caso a nós quisermos efectivamente ver ou se tivermos família a visitar-nos que não percebem patavina da língua do país onde vivem. Se não quiser estar sempre a fazer conexões manhosas entre o computador e a televisão (como nós), esta "pen" maravilhosa é a solução! 

Pois tal como tem todos os filmes, séries e apps incluídas no Prime, tem também a opção de fazer download de outras aplicações... como por exemplo, RTP play, TVIplayer e por aí fora. Porém, o que nos interessava era poder ver os jogos de futebol na televisão, por isso, foi uma evolução natural fazer o download da aplicação Mobdro (que já usávamos no telemóvel) para o Maridão poder ver os jogos todos (mesmo os da SportTV e afins), tendo também todos os canais portugueses numa aplicação só. 
Além dos canais portugueses dá ainda para colocar o Tugaflix no browser que está incluído na "pen" que elimina os pop-ups que é uma maravilha, LoL.

Veredicto final? Vale imenso a pena! Além de ser uma gadget brutal para usufruirmos do Prime, o facto de conseguirmos ver televisão portuguesa é simplesmente a grande cereja em cima do bolo.

8 de fevereiro de 2019

Plano fitnesseiro: glutes


Ora bem, chegámos ao set de exercícios que tem muita importância para as meninas... não pela questão que elas devem fazer mais mas pela questão que muitas só se focam nesta região, LoL. Além claro das tão famosas squats, há outros exercícios tão ou mais importantes que dão para fazer com ou sem pesos. 


Como vocês podem ver o primeiro vídeo ele tem pesos mas dá para fazer sem barra ou com um peso simplesmente sobre nós. Vocês sabem que eu gosto muito de exercícios home-friendly...


Não percam o próximo episódio do plano fitnesseiro porque nós também não, LoL.

6 de fevereiro de 2019

Saldos no Hospital



Eu sei que já não faço um update sobre o meu trabalho há algum tempo mas não se preocupem, estou ansiosamente à espera do Dia dos Namorados para ver que ideias peregrinas me vão aparecer, LoL.

Por isso, até então venho-vos contar o que reparei neste último mês... Assim num espaço de 2/3 semanas houve assim como que uma explosão de partos e cesarianas de gémeos, ao ponto de serem levados ao Bloco dois ou três pares de gémeos num só dia! 

As probabilidades de estes gémeos todos serem "naturais" é mesmo muito reduzida, o que me leva a pensar...  Só pode ter havido saldos no departamento de fertilização há 9 meses atrás. É que só pode mesmo!

4 de fevereiro de 2019

Charity Shops


Acho que nunca mencionei isto mas uma das coisas que chama atenção quando se visita qualquer cidade no UK, é a quantidade de charity shops/lojas de caridade.

É mesmo uma cena cultural pois pelo menos de onde eu venho em Portugal, só mais recentemente é que o pessoal tem a iniciativa para doar mas mesmo assim não existem lojas. Pessoas doam boas peças que ainda têm muita vida a estas instituições que têm lojas comerciais (desenganem-se se pensarem que estas lojas estão em becos escondidos) para venderem ao preço da chuva.

Algumas lojas até vendem móveis e outras são especializadas num só produto (as minhas favoritas de entrar e explorar são as livrarias). Portanto vivem de doações, usufruem de muitos benefícios fiscais e todo o lucro vai para a obra de caridade a que a loja pertence. 
Perto da nossa casa tem uma loja de caridade para crianças e quando ia passear com o Príncipe antes de vir para casa, passava sempre por lá para ver as novidades! 

O cidadão comum tem um sítio onde deixar aquilo que já não quer ou de que já não precisa, em vez de deitar no lixo ou meter no sótão ou na garagem a apanhar pó. Ou seja, os clientes destas lojas de caridade têm acesso a uma panóplia enorme de coisas, desde roupa da estação passada até loiça com mais de 50 anos, passando por doações de grandes lojas comerciais, livros, discos, etc. Como é óbvio, uma loja de caridade está repleta de tralha mas para uma pessoa atenta e que gosta de desafio consegue-se descobrir muitos tesouros. 

Tudo depende da paciência e dos interesses de cada um. Por exemplo, a nossa parede (e no resto da casa também) as nossas molduras foram todas compradas em lojas de caridade, algumas até com a caixa ou plástico por menos metade do preço, o meu limite é dar 2 libras. Alguns brinquedos do Príncipe vieram das lojas de caridade, alguma roupa para quando acabei de ter o Príncipe quando estava assim mais preenchida (detestava pensar em gastar mais dinheiro em roupa quando tinha tanta em casa... o problema é que nenhuma me servia), entre muitas outras coisas.

Eu adoro e já passei esse vício em entrar nas lojas de caridade à minha mãe pois adoramos a caça ao tesouro, obviamente, LoL. O que é que vocês acham? Gostariam de visitar uma destas lojas?

2 de fevereiro de 2019

All these dreams


Would you finally know it when it came? 
Would it have a reason, have a name? 
Would you truly hate it when it's gone? 
And curse it all along 

All I was 
So unlike the way you know me 
All these dreams 
Are so unlike the way they were before 

Would it finally change you, will you break? 
Would it leave you angered, 'cause you pain? 
Could it be the threat's already gone? 
And was it all along? 

All I was 
So unlike the way you know me 
All these dreams 
Are so unlike the way they were before 
Before 

All I was 
So unlike the way you know me 
All these dreams 
Are so unlike the way they were before 
So unlike the way!


Nota: agora com o commute aproveito também para colocar a minha música em dia... este ano o grande senhor Tremonti lançou um álbum e eu antes de ouvir o novo, meti-me a ouvir os anteriores, como fã maluquinha que sou, LoL. Duvido que me vá desiludir! Gostou e/ou conhecem?